quinta-feira, 17 de julho de 2014

Pro Doutor

Em noite de luto, Corinthians de Dr. Osmar bate Internacional de Fernandão, a primeira vitória em sua Arena

De Nova Lima (MG).
Por Rodolpho Victor.

17/07/2014 - De um lado o Internacional, que volta aos gramados oficialmente depois de perder Fernandão, um dos maiores ídolos de sua história, num acidente aéreo. Do outro lado, o Corinthians, que ainda não havia vencido na sua nova Arena e que perdeu na semana passada um torcedor ilustre: Dr. Osmar de Oliveira, que defendia bravamente as cores do alvinegro na televisão. Assim, nesse clima de luto, as duas equipes, que sempre reproduzem grandes espetáculos, entraram em campo. E deu Corinthians. O Timão venceu por 2 a 1 e se sustentou entre os melhores do campeonato.

Num jogo muito pegado no frio de São Paulo, com grandes chances para os dois clubes, o Corinthians largou na frente, marcou dois gols com nove minutos de jogo e administrou a sua primeira vitória em casa. O Inter marcou na última volta do ponteiro. Com a vitória, o Alvinegro foi para a vice-liderança, com 19 pontos. Ainda com 16, o Inter caiu três posições e foi parar no oitavo lugar. No próximo domingo (20), às 16h, as duas equipes voltam a campo. O Corinthians visita o Vitória e o Internacional recebe o lanterna Flamengo.

Fágner comemora o segundo gol do jogo com Jadson.
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O jogo

Bastaram apenas sete minutos para que a torcida corintiana explodisse com o gol de Guerrero, abrindo o marcador. E dois minutos depois, parecia que a primeira vitória na nova casa chegaria, depois de três jogos, quando Fágner recebeu cruzamento e ampliou.

D'Alessandro tentou responder, mas mandou bem longe do gol. Elias dominava e fazia o Corinthians pressionar. Só os paulistas iam pra cima, tirando o temperamento do capitão colorado, que discutiu feio com Petros e Ralf. O árbitro Wagner Reway só chamou atenção.

O Inter se perdeu totalmente com os dois gols no início do jogo. Quando chegava, o ataque não conseguia entrar em sintonia. João Afonso foi sacado aos 35 minutos, pra evitar uma expulsão.

Na segunda etapa, Luciano teve grande chance na cara do gol, mas mandou ao lado do gol de Dida. Antes dos 15 minutos da etapa final, Gil e Wellington Silva estavam amarelados. A disputa por cada metro dentro de campo estava pegando fogo. Guerrero nem quis saber. Ao 16, chutou Paulão e também levou amarelo.

O Corinthians seguia administrando a vantagem, mas quando os dois times tinham oportunidades, faltava pontaria. Nos últimos minutos, o jogo começou a ficar bom, com forte pressão colorada, que ainda não venceu fora de casa nesse Brasileiro.

Aos 41', D'Ale cruzou e Valdívia cabeceou pro chão, obrigando Cássio a salvar o Timão. Enquanto Reway anunciava os quatro minutos extras, Winck recebeu cruzamento e diminuiu o placar. O esforço do Inter no finalzinho não resultou em muita coisa, pra alegria da Fiel.

Ficha de jogo:

Corinthians 2x1 Internacional

CORINTHIANS:
Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique), Petros e Jadson; Luciano (Romarinho) e Guerrero (Romero).
Técnico: Mano Menezes

INTERNACIONAL:
Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; João Afonso (Cláudio Winck) e Willians (Wellington Paulista); Jorge Henrique (Valdivia), D’Alessandro e Alan Patrick; Rafael Moura.
Técnico: Abel Braga

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 32.644 pagantes 
Renda: R$ 2.556.385
Data: 17/07/2014
Horário: 19h30

Gols: Guerrero, aos seis, e Fagner, aos nove minutos do primeiro tempo (COR); Cláudio Winck, aos 45 minutos do segundo tempo (INT)

Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Paulo Cesar Silva Faria (MT) e Lincoln Ribeiro Taques (MT)

 Cartões amarelos: Gil, Guerrero e Elias (COR); João Afonso, Wellington Silva, Willians e Paulão (INT)

***

Brasileirão - 10ª rodada: 
Quarta (16/7), às 19h30: 
Grêmio 0x0 Goiás
22h: 
Quinta (17/7), às 19h30: 
Santos 2x0 Palmeiras
Corinthians 2x1 Internacional
21h: 
Quarta (6/8), às 21h: 
Chapecoense x Atlético-MG

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 12 pontos vitórias (10 jogos) 
2º - Corinthians - 19 pontos e 7 gols de saldo (10 jogos)
3º - São Paulo - 19 pontos e 6 gols de saldo (10 jogos)
4º - Sport - 17 pontos e 5 vitórias (10 jogos)
5º - Santos - 17 pontos e 4 vitórias (10 jogos)
6º - Fluminense - 16 pontos e 5 vitórias (10 jogos)
7º - Atlético-PR - 16 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo (10 jogos)
8º - Internacional - 16 pontos, 4 vitórias, 2 gols de saldo e 13 gols pró (10 jogos)
9º - Grêmio - 16 pontos, 4 vitórias, 2 gols de saldo e 7 gols pró (10 jogos)
10º - Goiás - 16 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (10 jogos)
11º - Atlético-MG - 14 pontos (9 jogos)
12º - Palmeiras - 13 pontos (10 jogos)
13º - Criciúma - 11 pontos (10 jogos)
14º - Botafogo - 9 pontos (10 jogos)
15º - Chapecoense - 8 pontos e -3 gols de saldo (9 jogos)
16º - Bahia - 8 pontos e -5 gols de saldo (10 jogos)
17º - Figueirense - 7 pontos e 2 vitórias (10 jogos)
18º - Coritiba - 7 pontos, 1 vitória e -4 gols de saldo (10 jogos)
19º - Vitória - 7 pontos, 1 vitória e -5 gols de saldo (10 jogos)
20º - Flamengo - 7 pontos, 1 vitória e -8 gols de saldo (10 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário