quinta-feira, 3 de julho de 2014

Pensando em parar

Kimi Raikkonen planeja aposentadoria para final de 2015. Finlandês deve deixar a F1 quando terminar contrato com Ferrari

De Roma (Itália).
Por Agência ANSA.

04/07/2014 - O piloto Kimi Raikkonen anunciou nesta quinta-feira (3) que vai deixar a Fórmula 1 assim que terminar o seu atual contrato com a Ferrari, no final de 2015. A declaração foi dada pelo finlandês em Silverstone, na Inglaterra, que recebe no próximo final de semana a nona etapa da temporada 2014 da Fórmula 1.

"Assim que meu contrato terminar, provavelmente eu vou parar", disse o "homem de gelo", que está apenas na 12ª colocação do campeonato deste ano, 61 pontos atrás de seu companheiro de equipe, Fernando Alonso (4º). Raikkonen também aproveitou para defender o circuito de Monza, ameaçado pelo chefe da F1, Bernie Ecclestone, de ser cortado do calendário.

"Não vejo como possam tirá-lo, do meu ponto de vista seria uma coisa estúpida que penalizaria a todos, inclusive a Fórmula 1. Espero que isso não aconteça nunca, ainda que não sejamos nós os responsáveis por decidir", afirmou. Na categoria, Raikkonen conquistou 20 vitórias, 77 pódios e 16 pole positions, além de um título mundial, pela própria Ferrari, em 2007.

O piloto voltou à escuderia italiana em 2014, após passar dois anos bem sucedidos no cockpit da Lotus. No entanto, até o momento ele não conseguiu se acertar com o novo carro da equipe de Maranello. (ANSA)

0 comentários :

Postar um comentário