quinta-feira, 17 de julho de 2014

Isolado

Cruzeiro rompe a barreira defensiva do Vitória, bate o rubro-negro e segue isolado na liderança do Brasileirão

De Belo Horizonte
Por Vinícius Silveira.

17/07/2014 - Passados quase dois meses sem atividade no futebol brasileiro, chegou a hora da bola voltar a rolar pelos torneios nacionais. Pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Vitória jogaram no Mineirão e os celestes venceram a barreira defensiva rubro-negra na etapa complementar. Após um 0 a 0 que persistiu na etapa inicial, a Raposa conseguiu marcar três vezes no segundo tempo e venceu por 3 a 1, voltando a se isolar na liderança do Campeonato Brasileiro, como no início da rodada.

Foto: Gualter Naves/Light Press/Divulgação Cruzeiro


Com o resultado, o Cruzeiro chegou a 22 pontos, três a mais que o agora vice-líder Corinthians, que derrotou o Internacional nesta noite. O Vitória ocupa a vice-lanterna do Brasileirão, com apenas sete pontos. Na próxima rodada, os celestes viajam para São Paulo e fazem o clássico contra o Palmeiras, no domingo (20), às 16h, no Pacaembu. No mesmo dia e horário, o rubro-negro baiano receberá o Corinthians, no Barradão, em Salvador.

Ataque contra defesa

No primeiro tempo, o jogo foi de um time só: o Cruzeiro. O time celeste entrou com a postura tática conhecida de quem acompanha o futebol, e as estreias do zagueiro Manoel e do atacante Marquinhos, vindos de Atlético-PR e Vitória, respectivamente. Por outro lado, sem opções para criar jogadas, o Leão da Barra comandado por Jorginho foi a campo para se defender. O retrato foi o posicionamento e a escalação de quatro volantes no meio-campo rubro-negro.

O Cruzeiro tocava a bola pacientemente, enquanto seus jogadores se movimentavam buscando espaço, mas a defesa baiana estava bem atenta e não permitiu jogadas mais perigosas. A melhor chance foi com Marcelo Moreno, que finalizou exigindo boa defesa de Wilson. Por sua vez, o Vitória era presa fácil para a defesa celeste. Com apenas Dinei e Caio no ataque, a recomposição cruzeirense matava o ataque do Leão da Barra.

Água mole em pedra dura....

A tônica da primeira etapa foi repetida no segundo tempo. O Cruzeiro buscava a manutenção da posse de bola. Do outro lado, o Vitória cansou de ficar na defensiva e, timidamente, foi ao ataque para tentar o gol. Mesmo assim, os cruzeirenses martelaram e insistiram tanto, que o zagueiro rubro-negro Alemão resolveu dar uma forcinha e marcar gol contra a favor dos celestes aos 16 minutos.

Com o primeiro gol, a situação ficou mais fácil e o Cruzeiro acabou ampliando o marcador com Ricardo Goulart, artilheiro do Brasileirão com seis gols, e Everton Ribeiro, aos 27 e aos 30 minutos. No finalzinho, Ayrton, em cobrança de falta perfeita, diminuiu o prejuízo para o Vitória, mas os três pontos e a liderança isolada estavam garantidos para os cruzeirenses.

Ficha do jogo:

Cruzeiro 3 x 1 Vitória

CRUZEIRO:
Fábio; Ceará, Manoel, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro (Tinga), Ricardo Goulart e Marquinhos (Dagoberto); Marcelo Moreno (Julio Baptista).
Técnico: Marcelo Oliveira

VITÓRIA:
Wilson; Ayrton, Alemão, Kadu e Tarracha; Adriano, Josa, José Welison e Richarlyson (Vander); Caio (Willie) e Dinei.
Técnico: Jorginho

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro - Série A 2014
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais
Público: 25.810 presentes
Data: 17/07/2014
Horário: 21h (de Brasília)

Gols: Alemão (contra) aos 16, Ricardo Goulart, aos 27, e Everton Ribeiro, aos 30 minutos do segundo tempo (CRU); Ayrton, aos 47 minutos do segundo tempo (VIT)

Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

***

Brasileirão - 10ª rodada: 
Quarta (16/7), às 19h30: 
Grêmio 0x0 Goiás
22h: 
Quinta (17/7), às 19h30: 
Santos 2x0 Palmeiras
21h: 
Cruzeiro 3x1 Vitória
Quarta (6/8), às 21h: 
Chapecoense x Atlético-MG

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 12 pontos vitórias (10 jogos) 
2º - Corinthians - 19 pontos e 7 gols de saldo (10 jogos)
3º - São Paulo - 19 pontos e 6 gols de saldo (10 jogos)
4º - Sport - 17 pontos e 5 vitórias (10 jogos)
5º - Santos - 17 pontos e 4 vitórias (10 jogos)
6º - Fluminense - 16 pontos e 5 vitórias (10 jogos)
7º - Atlético-PR - 16 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo (10 jogos)
8º - Internacional - 16 pontos, 4 vitórias, 2 gols de saldo e 13 gols pró (10 jogos)
9º - Grêmio - 16 pontos, 4 vitórias, 2 gols de saldo e 7 gols pró (10 jogos)
10º - Goiás - 16 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (10 jogos)
11º - Atlético-MG - 14 pontos (9 jogos)
12º - Palmeiras - 13 pontos (10 jogos)
13º - Criciúma - 11 pontos (10 jogos)
14º - Botafogo - 9 pontos (10 jogos)
15º - Chapecoense - 8 pontos e -3 gols de saldo (9 jogos)
16º - Bahia - 8 pontos e -5 gols de saldo (10 jogos)
17º - Figueirense - 7 pontos e 2 vitórias (10 jogos)
18º - Coritiba - 7 pontos, 1 vitória e -4 gols de saldo (10 jogos)
19º - Vitória - 7 pontos, 1 vitória e -5 gols de saldo (10 jogos)
20º - Flamengo - 7 pontos, 1 vitória e -8 gols de saldo (10 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário