domingo, 27 de julho de 2014

Insaciável

Incansável Cruzeiro atropela Figueirense, faz mais uma vítima no Mineirão e abre seis na ponta do Brasileiro

De Belo Horizonte.
Por Bruno Santana.

27/07/2014 - O Cruzeiro continua implacável no Campeonato Brasileiro. O time de Marcelo Oliveira recebeu o Figueirense no Mineirão na noite deste sábado (27) e goleou o time visitante por 5 a 0, com um show da equipe no segundo tempo. Os gols do jogo foram marcados por Lucas Silva, já no fim do primeiro tempo, e Marquinhos, Dedé, Ricardo Goulart e Dagoberto na etapa complementar. Foi a estreia do treinador Argel Fucks no comando do Figueira, que está no Z-4. Com o resultado, os celestes estão com 28 pontos na liderança, seis a mais que o Internacional, que assumiu a vice-liderança ao bater o Bahia, e oito a mais que Corinthians e Santos, terceiro e quarto colocados, respectivamente. O Timão joga neste domingo (28) contra o Palmeiras e pode diminuir esta diferença novamente para cinco pontos.


A Raposa agora irá para o Rio de Janeiro no próximo sábado (2) enfrentar o Botafogo, às 18h30, no Maracanã. Já o Figueirense, em 18º, com sete pontos, receberá o Sport no domingo (3), às 16 horas, no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina.


O líder vem sobrando no Brasileirão.
(Foto: Gualter Naves/Light Press/Divulgação Cruzeiro)

O jogo

Estreando no comando do Figueira, o técnico Argel Fucks promoveu a entrada de três volantes: Paulo Roberto, Rivaldo e Kleber, experiente lateral ex-Inter e que joga com a camisa 10 no clube catarinense. Os visitantes estavam marcando bem as investidas cruzeirenses e exploravam bem os contra-ataques, assustando o goleiro Fábio.

Mas quem começou atacando foi a Raposa. Aos 15 minutos, Marquinhos recebeu de fora da área e finalizou; a bola quicou na grande área e Tiago Volpi teve dificuldades para defender, mas conseguiu mandar a bola para escanteio. O Figueirense respondeu aos 20 minutos. Após boa troca de passes, Pablo bateu cruzado e Fábio defendeu. Aos 29 minutos, após cobrança de falta pela esquerda, Ricardo Bueno desviou de cabeça na grande área e a bola passou por cima do gol de Fábio. No minuto seguinte, Pablo e Cereceda trocaram passes que terminou com uma tentativa de cruzamento do último; Fábio interviu e ficou com a bola.

Aos 38 minutos, Ceará cobrou lateral na grande área, Marcelo Moreno chutou, Tiago Volpi deu rebote e a bola ia sobrar pra Ricardo Goulart cabecear. O meia cruzeirense caiu na grande área e o juiz marcou pênalti de Luan. Na cobrança, Lucas Silva mandou no canto direito, a bola bateu na trave e entrou: 1 a 0.

O Figueirense ainda tentou reagir na primeira etapa. Aos 42 minutos, Marquinhos cobrou escanteio pela direita e Marco Antônio cabeceou sobre o gol de Fábio. Antes do primeiro tempo terminar, o Cruzeiro teve duas chances seguidas. A primeira com Marcelo Moreno, que errou o cabeceio após passe de Everton Ribeiro. A segunda com Ricardo Goulart, que tentou o arremate duas vezes. A primeira foi defendida por Tiago Volpi e a segunda foi para fora.

Massacre

Mostrando uma boa disposição tática até o primeiro gol sofrido, o Figueirense sofreu na segunda etapa. No primeiro minuto, Marcelo Moreno recebeu na meia lua e ajeitou para Marquinhos, que bateu de primeira no canto direito e marcou um golaço: 2 a 0. Aos quatro minutos, o terceiro. Éverton Ribeiro cobrou falta pela direita e Dedé subiu alto para marcar o terceiro da Raposa: 3 a 0. O Figueirense ficou perdido e o melhor ataque da competição continuava insaciável em busca de gols para aumentar seu saldo. Aos 14 minutos, Éverton Ribeiro bateu cruzado e ninguém conseguiu alcançar a bola, que correu toda a área.

Aos 27 minutos, outro golaço. O Cruzeiro roubou a bola no campo de defesa e conseguiu troca de passes que culminou no lançamento de Éverton Ribeiro na cabeça de Ricardo Goulart, que concluiu para o fundo das redes: 4 a 0. Aos 33 minutos, o último gol. Em lance de jogadores que entraram no decorrer da partida, Mayke cruzou, a bola passou por toda a área e Dagoberto apareceu por último para chutar cruzado: 5 a 0.

Nos outros jogos do sábado...

Assim como o Cruzeiro, o Santos não teve dificuldades para derrotar a Chapecoense na Vila Belmiro. Thiago Ribeiro, que não jogava há dois meses, contribuiu com duas assistências e o Peixe venceu por 3 a 0, com gols de Rildo, Gabriel e Diego Cardoso. O Santos pegou o elevador e aparece momentaneamente na terceira posição, com 20 pontos, enquanto a equipe catarinense é a 15ª, com 11.

O Vitória é outro que venceu bem, só que fora de casa. Em Criciúma, fez 3 a 1 sobre os donos da casa, com dois gols de Caio e um de Ayrton. Já nos últimos minutos, Serginho diminuiu para o Criciúma, que tem 11 pontos e aparece em 14º. O Vitória largou o Z-4 e tem a mesma pontuação, em 16º.

Fechando o sábado, o Internacional conseguiu vitória magra sobre o Bahia fora de casa, na Fonte Nova. O 1 a 0 teve gol de Wellington Silva aos 20 do segundo tempo, com direito a frangaço de Marcelo Lomba. O Colorado, postulante ao título, dormiu na vice-liderança, com 22 pontos. Já o Bahia passou a noite na zona de rebaixamento, com nove pontos e em 17º.

Ficha do jogo:

Cruzeiro 5x0 Figueirense

CRUZEIRO: 
Fábio; Ceará (Mayke), Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Marquinhos (Dagoberto); Marcelo Moreno (Marlone). 
Técnico: Marcelo Oliveira

FIGUEIRENSE: 
Tiago Volpi; Luan, Nirley, Marquinhos e Roberto Cereceda (Felipe); Paulo Roberto, Rivaldo, Kleber e Marco Antônio; Pablo (Everaldo) e Ricardo Bueno.
Técnico: Argel Fucks

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 21190 pagantes - 23.019 presentes
Renda: R$ 926.038,00
Data: 26/07/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Gols: Lucas Silva, aos 40 minutos do primeiro tempo; Marquinhos, a 1, Dedé, aos 4, Ricardo Goulart, aos 28, e Dagoberto, aos 33 minutos do 2º tempo

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Albino Andrade Albert Júnior (PE)

Cartões amarelos: Marco Antônio (Figueirense)

***

12ª rodada - Série A: 
Sábado (26/7), às 18h30: 
Cruzeiro 5x0 Figueirense 
Santos 3x0 Chapecoense 
Criciúma 1x3 Vitória 
21h: 
Bahia 0x1 Internacional 
Domingo (27/7), às 16h: 
Corinthians x Palmeiras 
Sport x Atlético-MG 
Atlético-PR x Fluminense 
Goiás x São Paulo 
18h30: 
Grêmio x Coritiba 
Flamengo x Botafogo

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 28 pontos (12 jogos) 
2º - Internacional - 22 pontos (12 jogos)
3º - Santos - 20 pontos, 5 vitórias e 9 gols de saldo (12 jogos)
4º - Corinthians - 20 pontos, 5 vitórias e 7 gols de saldo (11 jogos)
5º - Fluminense - 19 pontos e 6 vitórias (11 jogos)
6º - Atlético-PR - 19 pontos, 5 vitórias, 6 gols de saldo (11 jogos)
7º - São Paulo - 19 pontos, 5 vitórias e 5 gols de saldo (11 jogos)
8º - Grêmio - 19 pontos, 5 vitórias e 3 gols de saldo (11 jogos)
9º - Sport - 18 pontos (11 jogos)
10º - Goiás - 17 pontos (11 jogos)
11º - Atlético-MG - 15 pontos (10 jogos)
12º - Palmeiras - 13 pontos (11 jogos)
13º - Botafogo - 12 pontos (11 jogos)
14º - Criciúma - 11 pontos e 4 vitórias (12 jogos)
15º - Chapecoense - 11 pontos e 3 vitórias (11 jogos)
16º - Vitória - 11 pontos e 2 vitórias (12 jogos)
17º - Bahia - 9 pontos (12 jogos)
18º - Figueirense - 7 pontos e 2 vitórias (12 jogos)
19º - Coritiba - 7 pontos, 1 vitória e -5 gols de saldo (11 jogos)
20º - Flamengo - 7 pontos, 1 vitória e -12 gols de saldo (11 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário