quarta-feira, 16 de julho de 2014

Eficiente

Figueirense marca muito, finaliza pouco, mas aproveita erros do Coritiba e deixa a lanterna na mão do Flamengo

De Belo Horizonte.
Por Leonardo Henrique.

16/07/2014 - Depois do recesso para a Copa do Mundo, Coritiba e Figueirense fizeram um dos jogos de abertura da 10ª rodada do Brasileirão nesta noite no Couto Pereira, em Curitiba. Os dois times, em situação difícil, entraram em campo com o objetivo de virar a página e começar a "segunda parte" do Brasileirão bem, procurando fugir da ingrata zona de rebaixamento. Com um gol logo no início e outro já na etapa final, o Figueirense marcou forte e definiu a vitória por 2 a 0. 

Com o resultado, o Figueirense saiu da lanterna e subiu para a 17º posição, chegando aos sete pontos e deixando a última colocação com o Flamengo. Já o Coritiba caiu de 17º para 19º, permanecendo também com sete pontos, pontuação de todas as equipes do atual Z-4. As equipes voltam a campo no sábado (19). O Figueirense recebe o Grêmio no Orlando Scarpelli, às 18h30, enquanto o Coritiba vai ao Rio enfrentar o Botafogo, às 21h.

Foto: CBF.com.br

O jogo 

O Coxa começou a partida pressionando a saída de bola do Figueirense, mas após cobrança de escanteio de Léo Lisba, que foi substituído ainda no primeiro tempo por opção tática, Thiago Heleno desviou de cabeça no primeiro pau, abrindo o placar para o Figueira logo aos cinco minutos. Aos nove, o time catarinense chegou novamente, obrigando Vanderlei a fazer uma grande defesa após falta cobrada por Kleber.

A postura tática do Figueirense foi gerando muitos erros do Coritiba, que não conseguia escapar da forte marcação por zona feita pela equipe de Florianópolis. Os erros e o nervosismo geravam várias oportunidades de contra-ataques, muito mal aproveitadas pelo Figueirense. Ainda assim, o Coxa chegou, com oportunidades criadas aos 20 e aos 32 minutos, mas que não levaram perigo ao gol de Thiago Volpi. O goleiro do time catarinense só teve trabalho aos 38 minutos, fazendo uma bela defesa depois de ótima cobrança de falta do craque Alex. O camisa 10 do Coxa pedia tranquilidade aos seus companheiros para furar o bloqueio do Figueirense, que já estava começando a gerar espaços a partir dos últimos 15 minutos.

As equipes voltaram com um futebol muito fraco para a segunda etapa. Porém, aos oito minutos, o jogo começou a esquentar. Após cruzamento de Alex, o Coxa quase empatou com um desvio da defesa do Figueirense, que não parou de levar sustos. Aos 12, novamente com Alex, responsável por todas as jogadas do Coxa, Leandro Almeida furou com a cabeça após cruzamento, desperdiçando uma das poucas chances que apareceram.

Com mais posse de bola, o Coritiba conseguia chegar mais do que na primeira etapa, mas deixava muitos espaços para o Figueirense. Aos 21 minutos, após lindo passe de Alex, Júlio César, que tinha acabado de entrar no lugar de Keirrison, perdeu um gol na cara de Thiago Volpi. Cumprindo o velho ditado, quem não faz... Em saída errada da defesa do Coritiba, Ricardo Bueno passou para Everaldo, que deu um belo drible no zagueiro e tocou por cima do goleiro Vanderlei, fazendo 2 a 0. Com o segundo gol, o Coritiba ficou totalmente desorganizado dentro de campo. Com isso, o Figueirense trocava passes com tranquilidade, aguardando o apito final. Três pontos muito importantes.
  
Ficha do jogo: 

Coritiba 0x2 Figueirense

CORITIBA: 
Vanderlei, Reginaldo, Leandro Almeida, Welinton, Dener (Carlinhos); Baraka, Gil, Robinho, Alex, Elber (Martinuccio); Keirrison (Julio Cesar).
Técnico: Celso Roth

FIGUEIRENSE: 
Thiago Volpi; Luan, Nirley, Thiago Heleno e Guilherme Lazaroni; Paulo Roberto, Dener (Nem), Kléber (Rivaldo), Léo Lisboa (Everaldo); Ricardo Bueno e Pablo.
Técnico: Guto Ferreira

Local: Couto Perreira, em Coritiba (MT)
Público: 10.383(Pagantes) – 12.454(Presentes)
Data: 16/07/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Gols: Thiago Heleno, aos 5 minutos do primeiro tempo; Everaldo, aos 23 minutos do segundo tempo.
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante
Auxiliares: Pedro Santos de Araújo e Otávio Correia 

Cartões amarelos: Luan e Dener, Figueirense

***

Brasileirão - 10ª rodada: 
Quarta (16/7), às 19h30: 
Grêmio 0x0 Goiás
Sport 1x0 Botafogo
Coritiba 0x2 Figueirense
22h: 
Flamengo 1x2 Atlético-PR
Criciúma 3x2 Fluminense
Bahia 0x2 São Paulo
Quinta (17/7), às 19h30: 
Santos x Palmeiras
Corinthians x Internacional
21h: 
Cruzeiro x Vitória
Quarta (6/8), às 21h: 
Chapecoense x Atlético-MG

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 19 pontos e 6 vitórias (9 jogos) 
2º - São Paulo - 19 pontos e 5 vitórias (10 jogos)
3º - Sport - 17 pontos (10 jogos)
4º - Fluminense - 16 pontos e 5 vitórias (10 jogos)
5º - Corinthians - 16 pontos, 4 vitórias e 6 gols de saldo (9 jogos)
6º - Atlético-PR - 16 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo (10 jogos)
7º - Internacional - 16 pontos, 4 vitórias e 3 gols de saldo (9 jogos)
8º - Grêmio - 16 pontos, 4 vitórias e 2 gols de saldo (10 jogos)
9º - Goiás - 16 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (10 jogos)
10º - Atlético-MG - 14 pontos e 4 vitórias (9 jogos)
11º - Santos - 14 pontos e 3 vitórias (9 jogos)
12º - Palmeiras - 13 pontos (9 jogos)
13º - Criciúma - 11 pontos (10 jogos)
14º - Botafogo - 9 pontos (10 jogos)
15º - Chapecoense - 8 pontos e -3 gols de saldo (9 jogos)
16º - Bahia - 8 pontos e -5 gols de saldo (10 jogos)
17º - Figueirense - 7 pontos e 2 vitórias (10 jogos)
18º - Vitória - 7 pontos e -3 gols de saldo (9 jogos)
19º - Coritiba - 7 pontos e -4 gols de saldo (10 jogos)
20º - Flamengo - 7 pontos e -8 gols de saldo (10 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário