quinta-feira, 31 de julho de 2014

Deu Vasco!

Vasco vence Ponte pela segunda vez e carimba passaporte para as oitavas de final da Copa do Brasil

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

31/07/2014 - O Vasco da Gama é um dos primeiros times a garantir presença na próxima fase da Copa do Brasil. Em novo jogo contra a Ponte Preta, dessa vez em São Januário, o time cruz-maltino venceu por 2 a 1 e carimbou a vaga nas oitavas de final na noite desta quarta-feira (30). Os gols foram de Douglas, cobrando pênalti, e Rafael Costa (contra), contra apenas um de Cafu. O primeiro jogo em São Paulo terminou em 2 a 0 para os cariocas.

O Vasco agora espera pela definição dos demais classificados. Nas oitavas de final, entram na lista os 10 melhores times da Copa do Brasil, agrupando-se as equipes que disputaram a Taça Libertadores da América: Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio. A definição dos confrontos será realizada por meio de sorteio.

 O pênalti convertido por Douglas (centro) abriu o caminho para a classificação vascaína.
(Foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br)

Pela Série B do Campeonato Brasileiro, os times voltam a campo neste sábado. No mesmo dia e horário, às 16h20 (de Brasília), o Vasco recebe o Paraná Clube, em São Januário, e a Ponte Preta encara o Sampaio Correia, no Maranhão.

O jogo

A eficiência do Vasco novamente foi fator decisivo para a classificação carioca. O meio-campo vascaíno dominou o campo de jogo e fez com que a equipe comandada por Adilson Batista fosse soberana durante todo o tempo. Os volantes Fabrício e Guiñazu protegeram a defensiva e demonstraram consistência ofensiva.

Por sua vez, a Ponte Preta encontrou dificuldades para se acertar em campo e mal trazia sustos à equipe vascaína. O placar foi aberto aos 20 minutos, quando Douglas converteu penalidade máxima sofrida por Dakson após ação estabanada do zagueiro Luan. O gol deu ainda mais tranquilidade ao Vasco, que passou a administrar a partida valorizando a posse de bola. Porém, a defesa carioca não contava com a falha do zagueiro Rodrigo aos 38 minutos e lindo chute de Cafu, que encobriu o goleiro Martín Silva e empatou o jogo em 1 a 1.

Não demorou muito e, após nova falha, dessa vez, da Ponte Preta, o atacante Rafael Costa, ao melhor estilo Oséas no Palmeiras contra o Corinthians em 1998, resolveu ajudar a defesa da Macaca e acabou atrapalhando ao marcar gol contra depois de escanteio batido por Douglas. 2 a 1.

Na volta do intervalo, o técnico Adilson Batista sacou Kléber, apagado, e colocou Lucas Crispim, e o treinador Guto Ferreira apostou em Rodolfo no lugar do veterano Adrianinho. As mudanças não alteraram o jogo e a partida seguiu sob comando carioca. Mesmo sem ser incisivo, o time cruz-maltino finalizou oito vezes, sendo uma bola no travessão com Fabrício. A Ponte Preta teve um gol anulado, mas a arbitragem anotou impedimento. Por fim, a classificação ficou em São Januário.

Ficha do jogo:

Vasco 2 x 1 Ponte Preta

VASCO:
Martín Silva; Carlos Cesar, Rodrigo, Douglas Silva e Diego Renan; Guiñazu, Fabricio, Dakson (Montoya) e Douglas; Kleber (Lucas Crispim) e Thalles (Edmilson).
Técnico: Adilson Batista

PONTE PRETA
Roberto; Daniel Borges, Raphael Silva, Luan e Magal; Adilson Goiano, Alef (Rossi), Juninho e Adrianinho (Rodolfo); Cafu e Rafael Costa (Alexandro).
Técnico: Guto Ferreira

Motivo: Segunda partida da 3ª fase da Copa do Brasil 2014
Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro
Data: 30/07/2014
Público: 7.734 presentes
Renda: R$153.500,00

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (FIFA-AL)
Auxiliares: Fábio Pereira (FIFA-TO) e Cleriston Clay Barreto Rios (FIFA-SE)

Gols: Douglas (pênalti), aos 20, e Rafael Costa (contra), aos 41 minutos do primeiro tempo (VAS);  Cafu, aos 38 minutos do primeiro tempo (PON)



***

Copa do Brasil - 3ª fase (jogos de ida, 31/07/14): 
Bragantino 1x2 São Paulo 

Jogos de volta: 
Vasco 2x1 Ponte Preta (Vasco 4x1 no agregado) 
Novo Hamburgo 2x0 ABC (Novo Hamburgo 2x1 no agregado)

0 comentários :

Postar um comentário