domingo, 1 de junho de 2014

Zerado

Em jogo morno, Grêmio e Palmeiras não saem do zero; time paulista reclama de gol anulado

De Belo Horizonte.
Por Rafael Martins.

01/06/2014 - No último jogo antes da Copa do Mundo, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, Grêmio e Palmeiras não conseguiram interromper a sequência sem vitórias. Ao empatar por 0 a 0, os dois times já somam três partidas sem vencer cada um. O jogo não foi lá uma maravilha, tendo muitos lances ruins e momentos sem inspiração, resultando no placar sem alterações. Na pausa para o Mundial, os times poderão se acertar, principalmente o Palmeiras, que passará a contar com o novo treinador, Ricardo Gareca, que desde que foi contratado, ainda não dirigiu o time.

Em julho, o Grêmio volta ao Brasileirão contra o Goiás, em Porto Alegre, no dia 16, enquanto o Palmeiras terá o clássico contra o Santos, no mesmo dia.


Kléber entrou na etapa complementar e não conseguiu marcar contra seu ex-clube.
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O jogo

A partida começou com o Grêmio partindo pra cima, pressionando, e com o Palmeiras não conseguindo sair para o campo de ataque até os dez primeiros minutos. Com muitos desfalques, incluindo Valdívia, Wesley e Mendieta, o time paulista pouco atacava. Aos cinco, Barcos perdeu um gol incrível, mais um do atacante que anda desperdiçando lances e sendo criticado pela torcida.

Outra chance perdida pelo ataque tricolor foi com Rodriguinho, que depois de uma boa triangulação com Barcos e Dudu, mandou para o gol e a bola passou raspando a trave. A tarde parecia ser quente pelo lado gaúcho, mas depois desse lance, pouco chegou com perigo no primeiro tempo. Após os primeiros minutos de pressão gremista, o jogo ficou feio, apático, com os times não jogando bem. Um lance ou outro chamava atenção, como quando Henrique acertou a trave do goleiro Marcelo Grohe.

A segunda etapa começou com o Grêmio já indo para o ataque, como nos primeiros minutos da partida. Barcos caiu na área e pediu pênalti, e a arbitragem mandou seguir. Mas a pressão inicial do Tricolor não abateu os palmeirenses, que chegaram a marcar, em lance mal anulado pela arbitragem. Depois da cobrança de falta, Diogo, em posição legal, cabeceou e fez o gol. Na jogada havia dois jogadores irregulares, mas eles não participaram do lance.

O Palmeiras começou a controlar o jogo, tinha mais posse de bola e permanecia no campo de ataque sem sofrer perigo na sua defesa. Aos 15 minutos, Rodolpho salvou o Grêmio em cima da linha depois da cabeçada de Henrique. Percebendo que seu time não jogava bem, Enderson Moreira fez duas alterações; tirou Barcos e Rodriguinho, que saíram vaiados (principalmente o atacante), e colocou Kleber e Maxi Rodríguez.

Depois de ficar muito tempo sem assustar o goleiro Fábio, finalmente o Grêmio atacou com perigo e Alan Ruiz chutou com perigo para fora. O jogo esfriou de novo e nada de chances para os dois times. Só no final, duas chances para cada, mas as defesas se sobressaíram e o jogo terminou sem gol.

Ficha do jogo:

Grêmio 0x0 Palmeiras 

GRÊMIO: 
Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Marquinhos; Edinho, Ramiro, Alán Ruiz, Rodriguinho (Maxi Rodríguez) e Dudu (Zé Roberto); Barcos (Kleber).
Técnico: Enderson Moreira 

PALMEIRAS: 
Fábio; Wendel, Lúcio, Wellington e William Matheus; Marcelo Oliveira, Renato e Felipe Menezes (Josimar); Marquinhos Gabriel, Diogo e Henrique.
Técnico: Alberto Valentim 

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS) 
Público: 15.136 pagantes - 17.034 presentes
Renda: R$ 391.145,00 
Data: 01/06/2014 
Horário: 16h (de Brasília) 

Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA) 
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Adson Leal (BA) 

Cartões amarelos: Werley, Maxi Rodríguez e Ramiro (Grêmio); Marcelo Oliveira, Henrique, Lúcio e Renato (Palmeiras)

***

9ª rodada: 
Sábado (31/5), às 18h30: 
21h: 
Vitória 0x1 Sport 
Domingo (1/6), às 16h: 
Cruzeiro 3x0 Flamengo 
Corinthians 1x1 Botafogo 
Grêmio 0x0 Palmeiras 
Chapecoense 2x1 Bahia 
18h30: 
Santos 2x0 Criciúma 
Figueirense 1x3 Atlético-PR 
Fluminense 1x1 Internacional

Classificação: 
1 - Cruzeiro - 19 pontos
2 - Fluminense - 16 pontos e 5 vitórias
3 - Corinthians - 16 pontos, 4 vitórias e 6 gols de saldo 
4 - São Paulo - 16 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo
5 - Internacional - 16 pontos, 4 vitórias e 3 gols de saldo 
6 - Grêmio - 15 pontos e 2 gols de saldo
7 - Goiás - 15 pontos e 0 gol de saldo
8 - Atlético-MG - 14 pontos e 4 vitórias
9 - Santos - 14 pontos e 3 vitórias 
10 - Palmeiras - 13 pontos e 4 vitórias
11 - Atlético-PR - 13 pontos e 3 vitórias
12 - Sport - 11 pontos e -3 gols de saldo (8 jogos)
13 - Criciúma - 11 pontos e -7 gols de saldo 
14 - Botafogo - 9 pontos 
15 - Bahia - 8 pontos e -2 gols de saldo (8 jogos)
16 - Chapecoense - 8 pontos e -3 gols de saldo
17 - Coritiba - 7 pontos e -2 gols de saldo 
18 - Vitória - 7 pontos e -3 gols de saldo 
19 - Flamengo - 7 pontos e -7 gols de saldo 
20 - Figueirense - 4 pontos 

0 comentários :

Postar um comentário