quarta-feira, 18 de junho de 2014

Segue viva

"Super Mario" estreia, marca dois e croatas seguem na briga pela classificação. Sem Eto'o, Camarões está fora 


De Belo Horizonte.
Por Caíque Rocha.

18/06/2014 - Manaus foi o palco de um confronto que valeu a vida e a morte de duas seleções do Grupo A, pela segunda rodada da Copa do Mundo. Após derrotas em seus jogos de estreia, Camarões e Croácia precisavam da vitória para sonharem com a classificação na última rodada. Melhor para os europeus, que trataram de golear. Olic, Perisic e Mandzukic, duas vezes, comandaram a vitória por 4 a 0, fazendo os croatas respirarem e aguardarem o México, em jogo fatal na Arena Pernambuco. Os africanos, que não contaram com o lesionado Samuel Eto'o, dão adeus ao sonho da classificação e cumprem tabela contra o Brasil na rodada final. Os jogos serão no dia 23, segunda-feira, às 17h. 

Para avançar, apenas a vitória em Pernambuco interessa à Croácia, que tem três pontos, um a menos que Brasil e México. A Croácia pode até avançar com um empate, mas para isso, o Brasil teria que perder para Camarões em Brasília, o que não é lá muito provável.

Croatas comemoram um dos gols de Mandzukic.
(Foto: Getty Images)

Apesar do placar final, os camaroneses começaram melhor. Sem aproveitar, acabaram levando o gol que abriu a porteira para os croatas, logo aos 10 minutos. Olic aproveitou a sobra e mandou pra dentro. A seleção de Camarões ainda tentou o empate em algumas oportunidades, mas sem sucesso. O nervosismo apareceu e, no fim do primeiro tempo, o barco dos Leões afundou de vez. Song agrediu Mandzukic sem bola e levou o cartão vermelho direto. 

O homem a menos fez diferença. Dois minutos da etapa final bastaram para que Perisic, em jogada rápida, ampliasse o placar. Os quase 40 mil espectadores presentes na Arena Amazônia reconheceram a força dos croatas, mas, em alguns momentos, apoiaram a aguerrida seleção camaronesa. A noite ainda viria a conhecer seu destaque: Mario Mandzukic. O atacante croata ficou de fora da estreia contra o Brasil, onde cumpriu suspensão proveniente da última rodada das eliminatórias europeias. 

Aos 15 minutos, o estreante subiu mais que todos os defensores para marcar o seu primeiro gol e decretar de vez a eliminação camaronesa. O caixão foi fechado aos 27. Eduardo da Silva chutou e, no rebote do goleiro Itandje, o oportunista marcou o seu segundo gol, o quarto da Croácia. Sem forças e sem tempo para reagir, a seleção de Camarões tentou o gol de honra, mas parou em Pletikosa, que garantiu o placar que se manteve até o fim da partida.

Ficha do jogo:

Camarões 0 x 4 Croácia

CAMARÕES:
Itandje; Mbia, Chedjou (Nonkeu), Nkolou e Assou-Ekotto; Matip, Song e Enoh; Choupo Moting (Salli), Moukandjo e Aboubakar (Webó). 
Técnico: Volker Finke

CROÁCIA:
Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Pranjic; Perisic (Rebic), Modric, Rakitic, Olic (Eduardo da Silva) e Sammir (Kovacic); Mandzukic. 
Técnico: Niko Kovac

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Público: 39.982
Data: 18/06/2014
Horário: 19h

Gols: Olic aos 10 do primeiro tempo, Perisic aos 2 do segundo tempo e Mandzukic, duas vezes, aos 15 e 27 (Croácia)

Árbitro: Pedro Proença (Portugal)
Assistentes: Bertino Miranda e Tiago Trigo (ambos de Portugal)

Cartões amarelos: Eduardo da Silva (Croácia)
Cartão vermelho: Song (Camarões).


0 comentários :

Postar um comentário