terça-feira, 3 de junho de 2014

Pausa cirúrgica

América-MG toma gol da Lusa no final, chega à terceira derrota seguida e vê liderança se distanciar

De Nova Lima (MG).
Por Rodolpho Victor.

03/06/2014 - Diante de 645 torcedores no Canindé (que geraram uma renda de pouco mais de 16 mil reais), o América-MG dominou a partida, atacou, criou mais chances, mas viu a Portuguesa marcar no apagar das luzes, vencer por 2 a 1 e manter o Coelho em má fase. São três jogos sem pontuar e quatro sem vencer. Agora, com a primordial parada da Copa, o América, que foi líder, ocupa a segunda colocação, com 17 pontos. A Portuguesa sobe uma posição, mas segue na zona de rebaixamento, em 18º, com nove pontos.

Agora, as duas equipes terão que aproveitar a pausa da Copa do Mundo e entram em preparação total. Os dois times voltam aos gramados no dia 15 de julho, com horários ainda indefinidos. No Moisés Lucarelli, a Lusa visita a Ponte Preta e, no Independência, o América recebe o Paraná.

Foto: CBF.com.br

O jogo

No terceiro minuto de jogo, Caion recebeu na cara do gol e perdeu uma chance clara. O América respondeu com Andrei, que bateu sem perigo da entrada da área. O Coelho viu as brechas deixadas pela equipe da Portuguesa e foi pra cima. A Portuguesa tenta impor seu jogo e não recuava. Início de jogo bem aberto.

Aos 12, Felipe Nunes bateu falta pela lateral do campo e obrigou Matheus a se esticar todo e mandar pra escanteio. Fora as chances com bola parada, a Portuguesa só saia no chutão. Era um festival de sortear bola na zaga lusitana, devido à pressão da marcação do América. Aos 19, Caion - destaque na primeira etapa - cruzou rasteiro, Allan Dias recebeu na cara do gol e bateu pra cima, desperdiçando outra grande chance.

Na metade da primeira etapa, o América visitava mais o ataque, mas os contragolpes da Portuguesa levavam mais perigo. Aos 34, Caion, mais uma vez, dividiu com dois zagueiros, saiu na cara do gol, e Matheus saiu fechando muito bem e fez a defesa. Depois de boas chances, a Lusa adiantou a marcação e começou a pressionar nas saídas de bola.

Faltando sete minutos pro fim do primeiro tempo, Caion invadiu a área, foi derrubado por Renato e o árbitro marcou pênalti. Aos 41, Serginho foi pra cobrança. Bola forte, no meio, Matheus vendido do lado direito e o primeiro gol da partida.

Precisando vencer, o América apostou todas as suas fichas na pressão para empatar e virar o jogo na segunda etapa. Mancini foi quem mais criou as jogadas do Coelho. Ele cruzou pra Junior Negão e a zaga cortou aos dois minutos. Aos cinco, foi mais esperto que Tom, roubou a bola do goleiro e bateu pro gol, empatando a partida.

O Coelho dava as ordens na casa dos outros. Aos 12, Junior Negão cabeceou à direita da meta de Tom. Mancini arriscou de longe e mandou por cima, aos 16 e 26 minutos. O cansaço dos jogadores da Lusa era evidente. O time não conseguia acompanhar o ritmo frenético do América.

O América pausou a pressão para, aos 33 minutos, Serginho carimbar a zaga de Matheus. Depois disso, o Coelho voltou a tocar a bola, mas apenas estudando o adversário. No último minuto do tempo normal, Andrei chutou de fora e Tom fez boa defesa.

O empate estava saindo de bom tamanho para a Lusa, mesmo jogando em casa. Mas aos 48 minutos e 30 segundos, com a sorte que só um pé de coelho poderia dar, Serginho cobrou escanteio, Wagner desviou e Maycon, que havia acabado de entrar, colocou a Portuguesa novamente na frente.


Ficha do jogo:

Portuguesa 2 x 1 América-MG

PORTUGUESA:
Tom; Arnaldo, Gustavo, Wagner e Luciano Castán; Coutinho, Renan, Felipe Nunes (Marcelinho) e Allan Dias (Maycon); Serginho e Caion (Caio).
Técnico: Marcelo Veiga

AMÉRICA-MG:
Matheus; Pablo, Victor Hugo (André), Renato Santos e Carlos Renato; Leandro Guerreiro, Andrei Girotto, Mancini (Doriva) e Willians; Ricardinho (Diney) e Júnior Negão.
Técnico: Moacir Júnior

Motivo: 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Canindé, em São Paulo (SP)
Público: 645
Renda: R$ 16.290,00
Data: 03/06/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Gols: Serginho, aos 41 minutos do primeiro tempo, e Maycon, aos 48 minutos do segundo tempo (Portuguesa); Mancini, aos cinco minutos do segundo tempo (América-MG)

Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (PE) e Marcelino Castro de Nazaré (PE)

Cartões amarelos: Wagner e Luciano Castán (Portuguesa); Ricardinho e Carlos Renato (América-MG)


***

10ª rodada: 
Terça (3/6), às 19h30: 
Sampaio Corrêa 3x0 América-RN
21h50: 
Icasa 0x2 Avaí
ABC 1x1 Náutico
Boa Esporte 0x2 Vasco
Sexta (6/6), às 19h30: 
Joinville x Vila Nova
Paraná x Luverdense
Terça (22/7), às 19h30: 
Atlético-GO x Oeste

Classificação:
1 - Ceará - 21 pontos (10 jogos)
2 - América-MG - 17 pontos e 5 gols de saldo (10 jogos)
3 - ABC - 17 pontos e 4 gols de saldo (10 jogos)
4 - Joinville - 17 pontos e 3 gols de saldo (9 jogos)
5 - Ponte Preta - 16 pontos e 4 vitórias (10 jogos)
6 - Santa Cruz - 16 pontos e 3 vitórias (10 jogos)
7 - Sampaio Corrêa - 15 pontos e 7 gols de saldo (9 jogos)
8 - Luverdense - 15 pontos e 3 gols de saldo (9 jogos)
9 - Vasco - 14 pontos (9 jogos)
10 - América-RN - 13 pontos, -1 gol de saldo e 14 gols pró (10 jogos) 
11 - Avaí - 13 pontos, -1 gol de saldo e 9 gols pró (9 jogos)
12 - Náutico - 12 pontos (9 jogos)
13 - Icasa - 11 pontos (10 jogos)
14 - Atlético-GO - 10 pontos e -1 gol de saldo (9 jogos)
15 - Bragantino - 10 pontos, -4 gols de saldo e 12 gols pró (10 jogos)
16 - Oeste - 10 pontos, -4 gols de saldo e 9 gols pró (9 jogos)
17 - Paraná - 9 pontos e 0 gol de saldo (9 jogos)
18 - Portuguesa - 9 pontos e -6 gols de saldo (10 jogos)
19 - Boa Esporte - 8 pontos (10 jogos)
20 - Vila Nova - 2 pontos (9 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário