quinta-feira, 12 de junho de 2014

O camisa 10

Neymar faz dois e Brasil derrota a Croácia na estreia da Copa do Mundo

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.

12/06/2014 - Assim como o previsto, o Brasil teve muita dificuldade, mas venceu na estreia da Copa do Mundo. Diante da boa equipe da Croácia, a Seleção Brasileira, de virada, fez 3 a 1, na Arena Corinthians, em São Paulo, e estreou com o pé direito. A primeira batalha no caminho rumo ao hexa teve participação decisiva do dono da camisa 10 brasileira. Neymar empatou o jogo ainda na etapa inicial e converteu o polêmico pênalti da virada. Oscar fez o terceiro, acalmou a torcida e definiu a vitória.

O iluminado Neymar mostra que a 10 está em boas mãos e é decisivo na estreia.
(Foto: Getty Images)

O Brasil começou a partida com a intenção de ter a posse de bola. A Croácia montou um interessante esquema defensivo e apostou nos contra-ataques. O lateral direito Daniel Alves deixava uma avenida e Olic deitou e rolou por lá. Foi nesse lado do campo, inclusive, que surgiu o gol croata. Infeliz no lance, Marcelo cortou o cruzamento para a própria rede de Júlio César. A Seleção Brasileira não se abateu, cresceu na partida e igualou em lance de muita raça de Oscar, que brigou pela bola até o fim e passou para Neymar fazer um golaço. Os dois atletas foram os melhores da estreia ao lado do zagueiro David Luiz.

Na segunda etapa, a Croácia seguiu na defesa e o Brasil teve muita dificuldade para furar o bloqueio. O gol da virada veio em um lance bizarro. O atacante Fred sentiu a mão do zagueiro croata nos braços e se jogou. O árbitro Yuichi Nishimura, no entanto, marcou a penalidade. A partir daí, o Brasil ficou tranquilo e Oscar foi premiado com o último gol do confronto.

Nesta sexta-feira, às 13h, na Arena das Dunas, em Natal, México e Camarões fecham a primeira rodada do grupo A. O segundo compromisso brasileiro será contra os mexicanos, na terça-feira (17), às 16h, no Castelão. A Croácia, por sua vez, encara os camaroneses, quarta-feira, às 19h, na Arena Amazônia.

O jogo

Após a participação em peso da torcida na execução do hino brasileiro, o Brasil não teve bom início. Logo no primeiro minuto, Kovacic arriscou de longe e Júlio César só acompanhou a bola saindo pela linha de fundo. A Seleção Brasileira apostou na posse de bola para quebrar o ritmo, mas deu muito espaço no setor defensivo direito. Foi aí que Olic apareceu no duelo. O meia-atacante, aos 3, puxou contragolpe pela esquerda e cruzou. Ligado, David Luiz afastou. Aos 6, o camisa 18 recebeu cruzamento de Perisic e cabeceou perto do gol. Aos 10, Olic avançou pela esquerda, cruzou e Marcelo fez contra.

Com a vantagem no placar, os croatas recuaram e os brasileiros avançaram. Aos 20, Paulinho fez boa jogada e chutou forte, mas Pletikosa espalmou. Dois minutos mais tarde, Neymar foi interceptado pela zaga adversária e Oscar pegou, de primeira, o rebote para nova defesa de Pletikosa. Aos 26, Neymar acertou Modric e levou cartão amarelo. Na jogada seguinte, aos 28, o craque acertou o gol. Após luta pela posse de bola de Oscar no meio, Neymar avançou e chutou de canhota no canto. A bola ainda bateu na trave esquerda do goleiro croata e entrou: 1 a 1.

Pletikosa se esticou, mas não alcançou a bola do primeiro gol do Brasil.
(Foto: Reuters)

Após a igualdade, o Brasil diminuiu a velocidade e trocou muitos passes. Aos 36, Oscar fez jogada individual e rolou para Paulinho. Modric chegou mais rápido e cortou. Aos 44, Neymar foi desarmado por Lovren e a bola sobrou para Hulk, que mandou longe.

O segundo tempo teve início cadenciado e poucas oportunidades de gol. Enquanto a Croácia colocou Brozovic no lugar de Kovacic, Felipão mandou Hernanes à campo para substituir Paulinho. Aos 20, Neymar sofreu falta dura e Daniel Alves bateu por cima do travessão. Aos 23, Fred caiu na área e o árbitro assinalou penalidade. O lance gerou muita reclamação por parte dos croatas já que o atacante brasileiro se jogou. Na cobrança, Neymar bateu forte, Pletikosa ainda tocou na bola, que entrou.

A virada deu tranquilidade ao Brasil, que se soltou ainda mais. Aos 30, Oscar cruzou e David Luiz, desequilibrado, cabeceou torto. Neymar chegava livre por trás. Dez minutos depois, Modric finalizou de longe e Júlio César fez boa defesa. Aos 43, Modric apareceu novamente e serviu Corluka, que cabeceou para fora. Dois minutos mais tarde, Oscar definiu o resultado. O número 11 do Brasil foi rápido, avançou pelo meio e, de bico, colocou no canto direito do arqueiro croata.

Ficha do jogo: 

Brasil 3 x 1 Croácia

BRASIL: 
Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes) e Oscar; Hulk (Bernard), Neymar (Ramires) e Fred. 
Técnico: Luiz Felipe Scolari 

CROÁCIA: 
Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Vrsaljko; Perisic, Rakitic, Modric, Kovacic (Brozovic) e Olic; Jelavic (Rebic). 
Técnico: Niko Kovac

Árbitro: Yuichi Nishimura

Gol da Croácia: Marcelo (contra), aos 10' do 1T.
Gols do Brasil: Neymar (2), aos 28' 1T e 25' 2T, e Oscar, aos 45' 2T.

Local: Arena Corinthians, em São Paulo 
Data: 12/06/2014 
Horário: 17h (de Brasília)

0 comentários :

Postar um comentário