domingo, 1 de junho de 2014

Mais uma

Na prorrogação, San Antonio bate Oklahoma e encara Miami na final da NBA pelo segundo ano seguido

De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

01/06/2014 - Nos primeiros cinco jogos da série entre San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder, pela final da Conferência Oeste da NBA, o roteiro foi o mesmo: vitória do time da casa e com larga vantagem. Enfim, no sexto duelo, disputado na noite desse sábado em Oklahoma City, deu jogo. O vencedor só foi definido na prorrogação, e venceu o time mais experiente que, mesmo sem contar com o armador Tony Parker em todo o segundo tempo, alcançou sua segunda final de liga consecutiva. No overtime, San Antonio fez 112 a 107 e fechou a melhor de sete em 4 a 2, ganhando a oportunidade da revanche contra o Miami Heat na segunda decisão seguida entre os dois.

Foto: Ronald Martinez/NBAE/Getty Images

A surpresa da equipe do Texas foi Boris Diaw, com importante participação no ataque. Ele saiu de quadra com 26 pontos. Tim Duncan, que começou na posição 5, no lugar do brasileiro Tiago Splitter, reserva pela primeira vez nestes playoffs, saiu de quadra com 19 pontos e 15 rebotes. Kawhi Leonard conseguiu 17 pontos e 11 rebotes. Já Tony Parker, com um problema no tornozelo, só jogou 18 minutos (no primeiro tempo) e fez oito pontos.

Por OKC, Russell Westbrook anotou 34 pontos, oito assistências e sete rebotes, Kevin Durant fez 34 pontos e 14 rebotes e Reggie Jackson, que ganhou a posição de Thabo Sefolosha nessa reta final, fez 21 pontos.

San Antonio busca o quinto título da liga (campeão em 1998/1999, 2002/2003, 2004/2005 e 2006/2007) e evitar a quarta conquista e terceira seguida do Heat (2005/2006, 2011/2012 e 2012/2013). A final começa na próxima quinta (5), às 21h30. San Antonio, por ter conseguido a melhor campanha na temporada regular, jogará mais vezes em casa.

Quando a bola subiu...

O jogo foi equilibrado desde o início. No primeiro tempo, o Thunder conseguiu duas vitórias por placares apertados nos dois quartos. No primeiro, 23 a 20. Depois, 26 a 22. Ao intervalo, a vantagem de OKC era de sete pontos: 49 a 42.

Na etapa final, já sem contar com Tony Parker, que ficou no banco com uma bolsa de gelo no pé esquerdo, San Antonio seguiu endurecendo. Trabalhando bem defensivamente e contando com os muitos turnovers do time mandante, sobretudo de Kevin Durant (cinco erros só dele), San Antonio virou a partida com um belo desempenho nos chutes. Fez 37 a 20 e abriu dez pontos: 79 a 69.

San Antonio chegou aos dois últimos minutos com vantagem de quatro pontos. Aí a defesa apareceu e o Thunder conseguiu a virada com Durant com 32 segundos restando no relógio (99 a 97). Porém, bola na mão de Manu Ginóbili, que acertou de três e recolocou San Antonio em vantagem (100 a 99), com 27 segundos restando. Pra piorar, Durant ainda escorregou, mas contou com um erro de Ginóbili em lance livre para que a desvantagem não fosse ainda maior. Westbrook acertou dois lances livres e forçou a prorrogação com o empate em 101 a 101.

No tempo extra, a vantagem trocou de mãos até o minuto final. Na hora da decisão, bola na mão de Tim Duncan, responsável por sete dos 11 pontos dos Spurs, que venceram por 112 a 107.

(1) San Antonio Spurs 4x2 Oklahoma City Thunder (2) - SA CLASSIFICADO
31/05, às 21h30: San Antonio Spurs 112 @ 107 Oklahoma City Thunder

FINAL:
(1) San Antonio Spurs x Miami Heat (2)
05/06, às 22h: Miami Heat @ San Antonio Spurs 
08/06, às 21h: Miami Heat @ San Antonio Spurs 
10/06, às 22h: San Antonio Spurs @ Miami Heat 
12/06, às 22h: San Antonio Spurs @ Miami Heat 
15/06, às 21h: Miami Heat @ San Antonio Spurs 
17/06, às 22h: San Antonio Spurs @ Miami Heat 

20/06, às 22h: Miami Heat @ San Antonio Spurs

Na página da NBA, a tabela completa dos playoffs.

0 comentários :

Postar um comentário