segunda-feira, 23 de junho de 2014

De cabeça erguida

Eliminada precocemente, Espanha dá adeus à Copa com goleada sobre a Austrália, que também está fora

De Belo Horizonte.
Por Bruno Santana.

23/06/2014 - Após perderem as duas primeiras partidas, Espanha, a atual campeã do mundo, e Austrália fizeram a partida dos eliminados neste começo de tarde na Arena da Baixada, em Curitiba. Jogando bem melhor que os australianos, os espanhóis golearam por 3 a 0 e se despediram de forma honrosa da Copa do Mundo. David Villa, Fernando Torres e Juan Mata marcaram os gols da partida. Talvez seja o fim de uma era que encantou o planeta durante seis anos. Foram duas Eurocopas e a Copa do Mundo de 2010, títulos estes que coroaram uma geração que, até o momento, é considerada por muitas pessoas a melhor equipe do século.

Alguns jogadores estão com idade avançada e podem se despedir da Espanha, que pode sofrer uma renovação. Xabi Alonso, Xavi, Iniesta, David Villa, Casillas e alguns outros jogadores podem não estar nos planos da Fúria, que começa seu planejamento para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

No jogo dos líderes, a Holanda venceu o Chile por 2 a 0 e avançou em primeiro na chave. O jogo entre Brasil e Camarões, a partir das 17h, definirá os cruzamentos das oitavas.

Foto: Ian Walton/Getty Images

O jogo 

A Espanha tentava aos poucos chegar mais perto do gol australiano. Aos 22 minutos, a primeira chance espanhola. Fernando Torres acionou Alba livre na grande hora. Na finalização, o goleiro Ryan salvou a Austrália. Aos 33 minutos, a Fúria tentou novamente. Em contra-ataque cedido pelos australianos, David Villa chegou pela esquerda e cruzou para a área. A bola passou por todo mundo e ninguém encostou na bola.

O gol espanhol estava amadurecendo e ele aconteceu aos 35 minutos. Juanfran chegou à linha de fundo pela direita e cruzou rasteiro na pequena área para David Villa. O camisa 7 deu um toque de letra, abrindo o placar em Curitiba com um golaço: 1 a 0. 

Outros bons lances apareceram ainda no primeiro tempo. Aos 40 minutos, Koke chutou forte de fora da área e Ryan teve que se esticar todo para mandar a bola para escanteio. Aos 44 minutos, Carzola cruzou pela esquerda, a bola passou pelo goleiro, e a zaga afastou o perigo para escanteio.

Segundo tempo

Aos 11 minutos da segunda etapa, um momento emocionante. David Villa foi substituído por Juan Mata e saiu beijando o escudo e muito emocionado. Os torcedores espanhóis aplaudiram o atacante, que pode ter feito seu último jogo com a camisa da Fúria.

Aos 14 minutos, a Austrália chegou com perigo. McKay chutou de primeira bola na grande área e a bola passou com perigo por cima do gol de Reina. Aos 23 minutos, o segundo gol da Espanha. Iniesta deu um passe para Fernando Torres, que estava entrando pela esquerda na grande área. Torres tocou na saída do goleiro e fez o segundo gol dos europeus: 2 a 0.

Aos 36 minutos, o terceiro. Fàbregas lançou Juan Mata, que estava entrando pela direita na área. O espanhol dominou e tocou entre as pernas de Ryan: 3 a 0. Aos 44 minutos, quase o quarto. Iniesta rolou a bola para Mata, que chutou de primeira. O goleiro australiano teve que salvar o seu time de tomar o quarto gol. 

Ficha do jogo:

Austrália 0x3 Espanha

AUSTRÁLIA: 
Ryan, McGowan, Wilkinson, Spiranovic e Davidson; Jedinak, McKay, Taggart (Halloran) e Bozanic (Bresciano); Oar (Troisi) e Leckie. 
Técnico: Ange Postecoglou.

ESPANHA:
Pepe Reina; Juanfran, Sergio Ramos, Raúl Albiol e Jordi Alba; Xabi Alonso (David Silva), Koke, Iniesta, Cazorla (Fábregas) e Iniesta; Fernando Torres e David Villa (Mata). 
Técnico: Vicente Del Bosque



Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Público: 39.375
Data: 23/06/2014
Horário: 13h (de Brasília)


Gols: Villa, aos 35 minutos do primeiro tempo; Torres, aos 23 minutos e Mata, aos 35 minutos do segundo tempo

Árbitro: Nawaf Shukralla (Bahrein)
Assistentes: Yaser Abdulla Tulefat e Ebrahim Moosa Saleh (ambos do Bahrein)

Cartões amarelos: Sérgio Ramos (Espanha)

0 comentários :

Postar um comentário