quinta-feira, 19 de junho de 2014

Dança colombiana

Rodríguez e Quintero marcam, mas Armero é quem comanda a dança nas comemorações da vitória colombiana sobre a Costa do Marfim

De Brasília.

Por Henrique Ferrera.

19/06/2014 - A Colômbia conseguiu uma gordura na ponta do grupo C da Copa do Mundo, graças aos gols de James Rodríguez e Quintero, que ajudaram a construir a vitória por 2 a 1 sobre a Costa do Marfim, e os colocou três pontos à frente da equipe de Sabri Lamouchi (seis a três, nos dois primeiros lugares).

Os dois lados sabiam que, tendo vencido suas partidas de abertura, outra vitória poderia colocá-los na fase de mata-mata no final do dia, dependendo do resultado de Japão e Grécia. Gutiérrez e Ibarbo criaram a primeira chance de gol para os colombianos, porém, a chance foi desperdiçada para fora. Em seguida, Sánchez arriscou de longe após um erro dos africanos na rebatida do escanteio, mas Barry não foi enganado pelo desvio na defesa.

O jogo permaneceu apertado até Cuadrado clarear para Rodríguez com um excelente passe enfiado para a ponta esquerda, mas quando o jogador do Monaco encontrou Gutiérrez no meio, ele acabou furando o chute com o gol todo à disposição. Do outro lado, a Costa do Marfim testou Ospina após uma saída errada do goleiro, que deu a bola de presente à Aurier. Uma pedalada rápida serviu para passar por Yepes, mas seu chute rasteiro foi bem defendido pelo goleiro da Colômbia.


Cuadrado e James, melhores em campo, celebram gol da Colômbia.
(Foto: Getty Images)

Foi uma partida muito física entre os dois times, que provou ser um confronto equilibrado após o término do primeiro tempo sem gols. Mas com dez minutos do segundo tempo, o jogo entrou em ritmo rápido, com Bony falhando em acertar a bola após um voleio espetacular após um belíssimo passe aéreo de Yaya Touré.

A Colômbia quase construiu sua queda quando Armero errou feio na defesa, permitindo a Gradel ter uma chance clara, mas Yepes foi perfeito no carrinho e impediu o jogador dos Elefantes de marcar. Porém, do outro lado eles também chegaram perto, quando James Rodríguez encontrou Cuadrado, que mostrou um controle de bola impecável e acertou um chute de um ângulo apertado que acertou a trave.

Entretanto, o zero foi quebrado assim que os dois trocaram de papéis. O escanteio batido por Cuadrado encontrou um dos menores jogadores em campo - James -, que voou para cabecear na primeira trave para abrir o placar. Aurier assustou Ospina ao arriscar chute meio impensável, mas a vantagem aumentaria minutos depois.

Serey Die foi desarmado tentando sair para o ataque, e quando a bola sobrou para Gutiérrez, ele foi capaz de servir o substituto Quintero. O garoto, por sua vez, venceu Barry com tranquilidade.

A Colômbia não foi capaz de desfrutar esta comodidade no placar por muito tempo, pois Gervinho fez uma jogada mágica e pôs a Costa do Marfim de volta ao jogo três minutos depois. Cortando para dentro pela ala esquerda, o ponta da Roma dançou entre dois, deixou Sánchez no chão, e bateu Ospina com chute forte.

Os dois times nunca haviam se encontrado antes, e o segundo tempo virou um jogo pulsante enquanto a Costa do Marfim pressionava por um gol, mas agora o placar histórico marca um a zero para a Colômbia, e os marfinenses acendem o sinal amarelo pela classificação às oitavas.


Ficha do jogo:

Colômbia 2x1 Costa do Marfim

COLÔMBIA:
Ospina; Zúñiga, Zapata, Yepes e Armero (Arias); Aguilar (Mejía) e Sánchez; Cuadrado, J. Rodríguez e Ibarbo (Quintero); Gutiérrez.
Técnico: Jose Pekerman

COSTA DO MARFIM:
Barry; Aurier, Zokora, Bamba e Boka; Tioté, Yaya Touré e Serey Die (Bolly); Gervinho, Gradel (Kalou) e Bony (Drogba).
Técnico: Sabri Lamouchi


Gols: James Rodríguez, aos 19, e Quintero, aos 25 minutos do segundo tempo (Colômbia); Gervinho, aos 28 minutos do segundo tempo (Costa do Marfim)

Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 19/06/2014
Horário: 13h (de Brasília)

Árbitro: Howard Webb (ING)
Assistentes: Michael Mullarkey (ING) e Darren Cann (ING)

Cartões amarelos: Zokora e Tioté (Costa do Marfim)

0 comentários :

Postar um comentário