terça-feira, 24 de junho de 2014

Carrasco

Imprensa chilena classifica Brasil de 'monstro'. Segundo jornais, a seleção brasileira pode ser pesadelo chileno

De Santiago (Chile).
Por Agência ANSA.

24/06/2014 - A imprensa chilena chamou o próximo confronto de sua seleção de a hora do "cuco", que é como os chilenos nomeiam aqueles monstros imaginários que as crianças têm medo por ficar embaixo da cama ou dentro do armário. Segundo o La Tercera, o "cuco" é um monstro que "exige a perfeição nos detalhes que marcam a vida ou morte em um campeonato", referindo-se a partida pelas oitavas de final contra o Brasil no próximo sábado (28). 

O jornal ainda lembrou que o Chile deve jogar como fez contra a Espanha, "um duelo perfeito em que foi imposto o resultado de 2 a 0". O periódico ressalta que a equipe não pode jogar contra a seleção brasileira como fez no jogo de ontem (23) contra a Holanda, em que "teve 64% da posse de bola" e "que foi uma partida de estilos similares, onde a verticalidade superou a prudência".

Já o El Mercurio fez uma "radiografia do Brasil", o "cuco do Chile nas oitavas de final", ressaltando que é a mesma equipe que eliminou os chilenos os Mundiais de 1998, na França, e de 2010, na África do Sul. O Las Ultimas Noticias pediu para que "parem de fazer faltas em Alexis [Sánchez]", que é o atacante que mais sofreu faltas nessa Copa.

O El Mostrador disse o que La Roja terá que fazer para enfrentar a equipe da casa. "A Holanda ganhou o grupo, evitou o Brasil e ensinou ao Chile o caminho para jogar contra os melhores do mundo, com uma humildade importante. Pensando no sábado, será uma partida em que há de matar ou morrer", escreveu o jornal. (ANSA)

0 comentários :

Postar um comentário