domingo, 1 de junho de 2014

B.A na Copa #20: Estrelas de fora

O Mundial deveria reunir os melhores. Deveria... E essas ausências são o tema da 20ª matéria da série especial da Copa do Mundo

De Belo Horizonte.
Por Márcio Júnio.

01/06/2014 - Jogar uma Copa do Mundo com certeza é o sonho de todo jogador de futebol. Infelizmente, temos grandes craques que nunca tiveram a oportunidade de correr atrás da taça mais desejada do mundo. Já outros sentiram o gostinho de começar esta “corrida”, mas se lesionaram e ficaram fora de combate.



Quando o assunto grandes nomes que ficaram fora das Copas, todos lembram do clássico Ryan Giggs. O craque galês fez história no Manchester United, clube em que jogou durante toda a carreira. Mas, pelo País de Gales, nunca chegou perto de uma Eurocopa, muito menos de uma Copa do Mundo. Nessa mesma situação se enquadra Gareth Bale, o jogador que custou aos cofres do Real Madrid mais de 100 milhões de euros. Quem sabe se esses dois jogassem na mesma época, a seleção galesa conseguiria sua segunda participação em Copas do Mundo? A primeira foi em 58, quando o país e conquistou o quinto lugar.

Outro exemplo é de um craque “menos conhecido”, o liberiano George Weah. Eleito o melhor jogador do mundo em 1995, deixou para trás ícones do futebol como Maldini, Klinsmann, Baggio e Romário. Este último campeão da Copa com a seleção brasileira no ano anterior. Apesar do talento de Weah, a Libéria nunca disputou uma Copa do Mundo.

Bruxa solta

Essa é a expressão usada para explicar o azar dos jogadores. Em 2002, ano do penta, o nosso capitão, Emerson, foi cortado aos 45 do segundo tempo. Machucou o ombro na fase final de preparação para o Mundial, em um treino descontraído, e deu lugar a Ricardinho. Em 2006, foi a vez de Djibril Cissé. O atacante francês, importante nas eliminatórias, se contundiu seriamente dias antes do início da Copa do Mundo. Michael Ballack foi a vítima de 2010. O então capitão da seleção alemã rompeu os ligamentos do tornozelo direito em um jogo pelo Chelsea e acabou ficando fora.

Em 2014...

Neste ano, a lista já é grande. Falcao Garcia, da Colômbia, encabeça o nome de craques lesionados, mas os torcedores colombianos e os amantes do belo futebol desejam que ele se recupere a tempo do espetáculo. Theo Walcott, jogador importante da Inglaterra, também está fora. E no amistoso de ontem entre Itália e Irlanda, o meia Montolivo fraturou a tíbia e é outro que não vem para o Brasil.

Entre jogadores que não se classificaram e outros que se machucaram de última hora, montamos uma seleção com craques que assistirão o maior evento do futebol pela televisão.

GOLEIRO: Petr Cech (Republica Tcheca - Não classificou)

LATERAIS: Álvaro Arbeloa (Espanha - Machucado) e David Alaba (Austría - Não classificou)

ZAGUEIROS: Aleksandar Kolarov e Branislav Ivanovic (ambos da Sérvia - Não classificou)

MEIAS: Giuseppe Rossi (Itália - Machucado), Kevin Strootman (Holanda - Machucado) e Gareth Bale (País de Gales - Não classificou) 

ATACANTES: Falcao Garcia (Colômbia - Machucado, ainda é dúvida), Lewandowski (Polônia - Não classificou) e Ibrahimovic (Suécia - Não classificou)

E para o banco: Victor Valdés (Espanha/Machucado), Fletcher (Escócia/Não classificou), Khedira (Alemanha/Machucado), Arda Turan (Turquia/Não classificou), Gundogan (Alemanha/Machucado), Aaron Ramsey (País de Gales/Não classificou) e Theo Walcott (Inglaterra/Machucado).

E aí, o que acharam? Seria loucura apostar que essa seleção brigaria pelo título? Na minha opinião, não!

Amanhã, a série especial continua com o tema "As canções da Copa". Fique ligado.

Clique e confira mais matérias do "B.A. na Copa".

0 comentários :

Postar um comentário