sábado, 7 de junho de 2014

A russa voltou

Maria Sharapova derrota Simona Halep e conquista o seu segundo título em Roland Garros

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.

07/06/2014 - A russa Maria Sharapova mostrou mais uma vez que não é só mais um rostinho bonito desfilando pelas quadras. Neste sábado, na quadra Philippe Chatrier, em Paris, a atual número 8 do mundo venceu a romena Simona Halep (4) por 2 sets a 1 (6/4, 6/7 e 6/4) e faturou o segundo título no torneio de Roland Garros.

(Foto: Reuters)

Após uma fraca temporada no ano passado, Sharapova se recuperou da lesão no ombro, mas seguiu com problemas no início de 2014. Depois de uma pausa nas competições, a russa voltou para o WTA de Stuttgart, em abril, na Alemanha, já no saibro, e levantou o primeiro troféu do ano. O mesmo WTA alemão, em abril de 2013, havia sido a última conquista da atleta. No mês de maio, novo triunfo no saibro. Maria venceu o WTA de Madri, na Espanha, contra a própria Halep. O Grand Slam francês veio para coroar a volta triunfal daquela que já foi número 1 do mundo e busca o retorno ao topo.

Uma curiosidade nas conquistas de Sharapova em Grand Slam é o fato das vitórias em anos pares. Em 2004, faturou Wimbledon. O US Open veio em 2006 e, em 2008, o Aberto da Austrália. 2010 passou em branco, mas em 2012 a russa ganhou o seu primeiro torneio de Roland Garros.

Simona Halep, por sua vez, jogou sua primeira decisão de Grand Slam. Mesmo com o vice-campeonato, chegará ao terceiro posto do ranking WTA após a inclusão dos pontos de Roland Garros. A romena não havia perdido sequer um set nas fases anteriores. 

A final de Roland Garros foi o quarto confronto entre as tenistas. Maria Sharapova segue 100% contra a jovem Simona Halep.

O caminho até a decisão

Maria Sharapova não teve facilidade durante o torneio, mas não sucumbiu em um Grand Slam cheio de zebras. Na estreia, bateu a compatriota Ksenia Pervak por 2 a 0 (6/1 e 6/2). Na segunda rodada, contra a búlgara Tsvetana Pironkova, Maria fez 7 a 5 e 6 a 2. Na terceira fase, a partida mais tranquila: duplo 6/0 na argentina Paula Ormaechea. 

Até então tudo certo. Na quarta fase, porém, o primeiro set perdido. A adversária foi a australiana Samantha Stosur. As parciais foram 3/6, 6/4 e 6/0. Nas quartas de finais, novamente perdeu o set inicial (1/6), mas virou diante da espanhola Garbine Muguruza (7/5 e 6/1). Nas semifinais, a canadense Eugenie Bouchard fez 1 a 0, vendeu caro a derrota no segundo set, mas Sharapova decidiu no terceiro (4/6, 7/5 e 6/2).

O jogo

No início do primeiro set, muitos erros de saque de Maria Sharapova e bom desempenho de Simona Halep. Logo de cara, a romena quebrou o saque da russa, confirmou o serviço e abriu 2 a 0. Com o tempo, Sharapova se soltou e dominou completamente as ações. A atleta da Rússia não só virou o placar, mas também disparou e impôs grande vantagem: 5 a 2. Halep acordou e encostou: 5 a 4. Com o saque a seu favor, a número 4 do mundo não aproveitou a oportunidade do empate. Bem postada e precisa, Sharapova quebrou o serviço da adversária e fechou o set inicial em 6 a 4.

Diferente do começo do duelo, Sharapova dominou as primeiras ações do segundo set. A russa contou com o nervosismo de Halep e fez 2 a 0. A romena, no entanto, se recuperou rapidamente e deixou tudo igual. A partir daí, o confronto foi disputadíssimo. Primeiro, cada atleta confirmou dois saques e o marcador ficou em 4 a 4. Na sequência, duas quebras para cada lado e 6 a 6. No tie break, Sharapova esteve perto da vitória e, consequentemente, do título, mas Halep fez 7 a 6 (7/5) e forçou o último set.

O equilíbrio se fez presente também no terceiro set. Uma quebra para cada lado mostrou que não seria fácil a conquista seja para o lado que fosse. Halep confirmou o primeiro serviço, mas Sharapova, com dificuldade, empatou: 2 a 2. A russa se defendeu bem e colocou 3 a 2 a seu favor. Na sequência, em game perfeito, abriu 4 a 2. A romena confirmou o saque, devolveu a quebra e igualou: 4 a 4. No momento decisivo, porém, a experiência fez a diferença e Sharapova fechou em 6 a 4.

No juvenil 

Outra vitória russa na chave feminina de simples. Darya Kasatkina venceu a sérvia Ivana Jorovic por 2 a 1 (6/7, 6/2 e 6/3) e foi a campeã. No masculino, título para o também russo Andrey Rublev, que bateu Jaumi Antoni Munar Clar (ESP) por 2 a 0 (6/2 e 7/5). Na final de duplas, as romenas Ioana Ducu e Ioana Loredana Rosca venceram Catherine Cartan Bellis (EUA) e Marketa Vondrousova (CZE) por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 5/7 e 11/9. Os franceses Benjamin Bonzi e Quentin Halys também foram campeões diante do austríaco Lucas Miedler o do australiano Akira Santillan com duplo 6/3.

0 comentários :

Postar um comentário