quinta-feira, 26 de junho de 2014

À espera da decisão

Fifa pode decidir hoje futuro do uruguaio Suárez. Jogador mordeu italiano Chiellini em jogo da Copa da Mundo

De Montevidéu (Uruguai).
Por Agência ANSA.

26/06/2014 - O comitê disciplinar da Fifa deve anunciar nesta quinta-feira (26) sua decisão sobre o futuro do jogador uruguaio Luis Suárez, acusado de ter mordido o zagueiro italiano Giorgio Chiellini durante uma partida válida pelo grupo D da Copa do Mundo. O comitê se reuniu ontem, um dia após a agressão, mas não chegou a conclusões definitivas. 


Chiellini mostrou o ombro com a mordida para o árbitro, que nada marcou.
(Foto: ANSA)

A Associação Uruguaia de Futebol (AUF), por sua vez, está tentando evitar uma suspensão, que pode deixar o atacante fora dos próximos jogos da Copa. O presidente do Uruguai, José Mujica, saiu em defesa de Suárez, em uma entrevista ao jornal "Sur". "Não vi Luis Suárez morder ninguém", declarou o mandatário. "Não o escolhemos para ser filósofo nem mecânico para ter bons modos. É um excelente jogador", argumentou. 

"No futebol, me ensinaram que se cumpre o que manda o árbitro. Se vamos levar em conta o que sai na televisão, há muitos pênaltis e mãos na bola que deveriam ser revistos e ninguém cobra isso", afirmou Mujica, ressaltando que há uma "campanha" contra Suárez. O jogo entre Itália e Uruguai ocorreu na última terça-feira (24) e foi vencido por 1 a 0 pela Celeste. Com a derrota, a Arruzza foi eliminada da competição. (ANSA)

0 comentários :

Postar um comentário