sábado, 24 de maio de 2014

Tarde dos arqueiros

Goleiros se destacam, Joinville segura Vasco e segue vice-líder da Série B

De Nova Lima (MG).
Por Rodolpho Victor.

24/05/2014 - Numa tarde com poucas chances na Arena Joinville, mas com grandes defesas, Joinville e Vasco ficam apenas no 0 a 0. Apesar de invicto há quatro partidas, o cruz-maltino empatou a segunda seguida e vê o grupo da frente se distanciar antes da parada da Copa. O time carioca caiu para o oitavo lugar, agora com nove pontos. O vice-líder Joinville, que tinha a chance de colar no líder América, fica a uma vitória do Coelho, com 14 pontos.

Agora, o Vasco visita o Bragantino na próxima terça (25), às 21h50, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, num famoso jogo de seis pontos. No mesmo dia, às 19h30, o JEC tem a chance de permanecer no topo da luta pelo acesso enfrentando o América-RN, novamente na Arena Joinvile.

Foto: CBF.com.br

O jogo

Depois de perder para o América e ficar em desvantagem na luta pela liderança da Série B, o Joinville tinha que vencer se quisesse colar no Coelho. Mesmo jogando contra o Vasco, tomou conta do jogo. No início da partida, o JEC aproveitou a formação com três zagueiros e utilizou a todo tempo a "avenida Marlon". No primeiro lance de perigo, Diogo Silva espalmou chute de Edigar e salvou o Vasco.

O zagueiro Douglas Silva foi o único que entendeu o esquema de jogo, ou pelo menos tentou corrigir o time. Estava sobrando pra ele refazer o lado esquerdo. Ficando no mano a mano a todo tempo, acabou sendo amarelado no início da partida. Se tecnicamente o jogo não tinha emoção, o goleiro Ivan fez questão de desfazer isso. Aos 15 minutos, tentou driblar e perdeu a bola pra Edmílson. Sorte do goleiro é que ele conseguiu voltar a tempo e pegar a bola.

Outro problema que vem prejudicando o Vasco é a saída de bola. Tentou durante todo primeiro tempo sair no chutão. Marcelo Costa aproveitou aos 18 e mandou uma bola raspando no travessão. No lance seguinte, Jael recebeu cruzamento e cabeceou pra tirar tinta na trave. O Vasco continuou acuado e tomando pressão. Aos 21, Tartá invadiu a área, cortou e bateu; Diogo Silva salvou no reflexo. Sem tempo de respirar, Edigar Junio tocou para Jael na pequena área; o atacante chutou em cima de Diogo Silva, que fez outro milagre.

Depois de suportar a pressão, Diego Renan deixou a torcida vascaína voltar a sorrir. O lateral driblou Cristian e bateu sem ângulo, pra defesa de Ivan. Logo depois, o goleiro Ivan saiu mal, Luan cabeceou e Edson Ratinho salvou em cima da linha. No último lance, foi a vez de Fabrício salvar o Vasco, no chute de Edigar Junio.

O Vasco melhorou no segundo tempo e conseguiu equilibrar as coisas. Conseguia tocar a bola no campo de defesa, as laterais melhoraram e o Joinville não conseguia mais atacar. A primeira grande chance da segunda etapa foi com o Tricolor. Edigar Junio, que estava sumido, apareceu chutando de fora da área e obrigando Diogo Silva a salvar o Vasco. O Vasco voltou para o tradicional 4-4-2, voltando os laterais, mas não apresentava perigo real de gol.

Aos 35 do segundo tempo, o jogo começou a esquentar. Edigar Junio ficou cara a cara, bateu e mandou na trave. No lance seguinte, Edmilson invadiu a área do Vasco, bateu pro gol e Naldo tirou em cima da linha. Na vez do JEC, Cristian recebeu de Edigar e o goleiro cortou antes. Aos 42, Diego Renan bateu e Ivan salvou com os pés. Edmilson tentou de meia-bicicleta no último lance, mas o jogo terminou sem gols. Placar injusto pelas oportunidades e justo pela noite dos goleiros.

Ficha do jogo:

Joinville 0 x 0 Vasco

JOINVILLE:
Ivan; Edson Ratinho, Bruno Aguiar, Rafael e Cristian; Naldo, Washington, Tartá (Harrison) e Marcelo Costa (Hugo); Jael e Edigar Júnio (Fernando Viana).
Técnico: Hemerson Maria

VASCO:
Diogo Silva; Luan (Guilherme Biteco), Rodrigo e Douglas Silva; Diego Renan, Fabrício, Pedro Ken, Douglas e Marlon; Edmilson e Rafael Silva (Yago).
Técnico: Adilson Batista

Motivo: 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 24/05/2013
Horário: 16h20 (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Fábio Rogério Baesteiro (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)

Cartões amarelos: Naldo (Joinville); Douglas Silva, Diego Renan, Rodrigo e Fabrício (Vasco)

***

7ª rodada: 
Sexta (23/5), às 19h30: 
Boa Esporte 2x0 Avaí 
Bragantino 3x0 Oeste 
21h50: 
Ceará 3x2 Ponte Preta 
Sábado (24), às 16h20: 
Joinville 0x0 Vasco 
Portuguesa 2x0 Atlético-GO 
Sampaio Corrêa 1x0 Luverdense 
Vila Nova 1x3 América-RN 
21h: 
ABC 3x0 Icasa 
Paraná 2x0 Náutico

Classificação:
1 - América-MG - 17 pontos 
2 - Joinville - 14 pontos e 4 gols de saldo
3 - Ceará - 14 pontos e 1 gol de saldo 
4 - ABC - 13 pontos 
5 - Luverdense - 12 pontos
6 - América-RN - 10 pontos e 3 vitórias
7 - Ponte Preta - 10 pontos e 2 vitórias
8 - Vasco - 9 pontos
9 - Paraná - 8 pontos, 1 gol de saldo e 9 gols pró
10 - Sampaio Corrêa - 8 pontos, 1 gol de saldo e 7 gols pró
11 - Náutico - 8 pontos e 0 gol de saldo 
12 - Boa Esporte - 8 pontos e -2 gols de saldo
13 - Bragantino - 8 pontos, -3 gols de saldo e 9 gols pró
14 - Icasa -  8 pontos, -3 gols de saldo e 7 gols pró
15 - Avaí - 7 pontos e 2 vitórias
16 - Atlético-GO - 7 pontos e 1 vitória
17 - Santa Cruz - 7 pontos e 0 vitória
18 - Oeste - 6 pontos
19 - Portuguesa - 5 pontos 
20 - Vila Nova - 1 ponto

0 comentários :

Postar um comentário