domingo, 11 de maio de 2014

Rússia em alta

Após Belogorie levar título do masculino, Kazan derrota Osasco e conquista Mundial de Vôlei Feminino; Sesi é terceiro

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

11/05/2014 – Em dia de decisão no Mundial de Clubes de Vôlei Feminino, Molico/Osasco e Dínamo Kazan se enfrentaram pelo ouro. A equipe russa fez o que se esperava dela em uma temporada tão vitoriosa. As campeãs europeias não encontraram dificuldades e venceram as brasileiras por 3 sets a 0, com parciais de 25/11, 25/16 e 27/25, e completaram a dobradinha com o Belogorie Belgorod, campeão do Mundial Masculino, no último sábado, em Belo Horizonte. 

A equipe brasileira sabia que não teria vida fácil contra o Dínamo Kazan, que além de ser o atual campeão russo e europeu, tem um elenco invejável. E as russas realmente não “decepcionaram”. Com grande poder de ataque, com Larson e Gamova (autora de 24 pontos), além do alto bloqueio, o Kazan encurralou o Osasco. O Molico acordou no final do terceiro set, quando as adversárias pareciam ter abaixado a guarda, mas já era tarde. Apesar de alguns erros da arbitragem, o Dínamo fechou e conquistou seu primeiro mundial.

Mais um título para as russas nesta temporada. 
(Foto: FIVB/Divulgação)

NO PÓDIO - Mais cedo, na decisão do terceiro lugar, o Sesi-SP venceu o Volero Zurich por 3 sets a 2 (25/18, 20/25, 25/21, 23/25 e 15/13) e garantiu o bronze. O time paulista conquistou seu lugar no pódio vencendo o Volero Zurich em uma partida muito equilibrada, decidida apenas no tie-break. A equipe comandada por Talmo de Oliveira lutou em todos os sets e não se incomodou com a torcida local para o time da casa e chegou em terceiro em sua primeira participação no Mundial.

O jogo

O Kazan foi objetivo no primeiro set, com bloqueio bem montado, saque funcionando e ataques poderosos. O Molico não conseguia encontrar seu meio de jogar. As russas abriram larga vantagem, perderam pontos em algumas boas jogadas das adversárias, mas mantiveram a superioridade 25 a 11.

A segunda parcial começou de maneira mais equilibrada, até que o bloqueio das russas começou a ser eficaz. As brasileiras foram anuladas pela concentração do Dínamo Kazan, as bolas eficientes de Larson e o nível altíssimo de Gamova. 25 a 16.

Parecia que o terceiro set iria seguir o mesmo fácil caminho dos anteriores. O Dínamo abriu vantagem mesmo com o Osasco melhorando. As brasileiras fizeram seus primeiros pontos de bloqueio, ganharam em confiança e logo empataram a partida; salvaram dois match points, mas no terceiro, o título já tinha dono. 27 a 25 e mais uma medalha de ouro para as russas nessa temporada.

Ficha do jogo:

Molico/Osasco 0x3 Dínamo Kazan
11/25, 16/25 e 25/27

OSASCO:
Começaram: Fabíola (0 ponto), Sheilla (8), Caterina Bosetti (3), Sanja Malagurski (7), Thaisa (10) e Adenizia (4). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Ana Maria (0), Lia (2) e Gabi (2).
Técnico: Luizomar de Moura

Dínamo Kazan:
Começaram: Startseva (2), Gamova (24), Larson (14), Del Core (6), Malkova (9) e Moroz (9). Líbero: Ulanova.
Entraram: Melnikova (0) e Voronkova (0).
Técnico: Rishat Gilyazutdinov

0 comentários :

Postar um comentário