domingo, 25 de maio de 2014

Postura de líder

Visitando o Inter no Sul, Cruzeiro conquista vitória de virada e é líder do Brasileirão

De Aracaju.
Por Helena Sader.

25/05/2014 – O que se esperava era um jogão. Na noite deste domingo (25), duas das melhores equipes do país se enfrentaram pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Internacional e Cruzeiro fizeram partida que valia o topo da tabela. E, de virada, deu Cruzeiro. A Raposa conseguiu acabar com o último invicto da competição em Caxias do Sul e, com a soma dos três pontos, é líder do campeonato, ultrapassando em um ponto o Fluminense (16 a 15). O Inter, que liderou o torneio há algumas rodadas, agora é apenas o oitavo, com 12 pontos.

O atual campeão brasileiro cresceu na hora certa e derrotou o Internacional por 3 a 1, gols de Ricardo Goulart, Willian e Marcelo Moreno. Wellington abriu o placar para o Inter. Dos quatro jogos que o Cruzeiro fez fora de casa, em três conseguiu a vitória. Foi esse fator que contribuiu bastante para o tri da Raposa na edição passada do Brasileirão.

Antes da parada para a Copa, o Cruzeiro tem dois difíceis jogos pela frente: Corinthians (fora) e Flamengo (casa). O primeiro deles, contra o Timão, será na quarta-feira (28), às 22h. Já o Inter pega a Chapecoense (casa), também na quarta, às 21h, e o Fluminense (fora) no fim de semana.


Willian e Moreno (à esquerda) viraram o jogo para a Raposa.
(Foto: Lucas Uebel/Light Press/Divulgação Cruzeiro)

O jogo
Como mandante, o Internacional começou pressionando a Raposa. Conseguia ter mais posse bola, porém, sem levar perigo ao gol de Fábio. Com 15 minutos de jogo, o Cruzeiro equilibrou um pouco mais a posse de bola e conseguiu sair mais para o ataque. O time mineiro conseguia desenvolver as jogadas no meio-campo, mas ficava perdido no momento da finalização.
Por mais que o Internacional tenha um forte elenco, candidato ao título, o que se espera é que o meia D'Alessandro seja a grande peça do time. No primeiro tempo, por pouco o argentino não abriu o placar, soltando uma bomba de fora da área e vendo a bola bater no travessão do Cruzeiro.
Os times se equilibraram no meio do campo, mas o jogo perdeu um pouco da pegada. Até que, aos 38 da primeira etapa, o Colorado fez linda jogada, com muita troca de passes, que começou com D'Ale, e conseguiu o primeiro gol da partida. Diogo tocou para Wellington empurrar para dentro e deixar o seu, para alegria do torcedor.
Mas a alegria não durou muito. Quatro minutos depois de marcar o gol, escanteio para o Cruzeiro. Acontece que, para a Raposa, escanteio é jogada quase mortal. Depois da cobrança, o colorado Valdívia tentou tirar a bola, que ia saindo para mais um escanteio, se não fosse Ricardo Goulart recuperar a bola em cabeceio estranho e incrível, que acabou dentro gol.
No intervalo, estava tudo igual em Caxias. Na volta, Marcelo Oliveira optou por trocar o atacante Dagoberto por Willian. O Inter tirou Otávio para colocar Eduardo Sasha. Os donos da casa melhoraram com a troca e quase ficaram à frente mais uma vez, em cabeçada feroz de Juan. Porém, quem não faz, leva. Nos contra-ataques, o Cruzeiro se mostrou similar ao time de 2013 e, aos 24 minutos da etapa final, Everton Ribeiro fez linda jogada e deixou Willian tranquilo. Ele só precisou proteger a bola do zagueiro para fazer o gol da virada.
O Inter tentou ir ao ataque para buscar o empate, mas se deu mal. Aos 41, Marcelo Moreno fechou o caixão. O jogador, que tem um gol por jogo que fez pelo Cruzeiro no Brasileirão, também deixou o dele na partida e acabou com as chances coloradas.


Ficha do jogo:

Internacional 1x3 Cruzeiro

INTERNACIONAL
Dida; Diogo, Ernando, Juan e Fabrício; Willians, Wellington (Jorge Henrique), Otávio (Eduardo Sasha), D'Alessandro e Valdívia (Aylon); Wellington Paulista

Técnico: Abel Braga

CRUZEIRO
Fábio; Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; William Farias, Henrique, Everton Ribeiro (Tinga) e Ricardo Goulart; Dagoberto (Willian) e Marcelo Moreno (Borges)

Técnico: Marcelo Oliveira

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 25/05/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Gols: Inter: Wellington, aos 38 minutos do primeiro tempo; Cruzeiro: Ricardo Goulart, aos 42 minutos do primeiro tempo. Willian, aos 24, e Marcelo Moreno, aos 41 minutos do segundo tempo

Árbitro: Paulo Henrique Bezerra (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

Cartões amarelos: Wellington (Inter); Dagoberto, Ricardo Goulart (Cruzeiro)

***

7ª rodada: 
Sábado (24/5), às 18h30: 
21h: 
Domingo (25/5), às 16h: 
Atlético-PR 2x0 Coritiba 
Figueirense 0x1 Goiás 
18h30: 
Botafogo 1x1 Vitória 
Chapecoense 2x0 Palmeiras 

Classificação: 
1 - Cruzeiro - 16 pontos
2 - Fluminense - 15 pontos
3 - Goiás - 14 pontos
4 - Grêmio - 13 pontos
5 - Palmeiras - 12 pontos e 4 vitórias
6 - Corinthians - 12 pontos, 3 vitórias e 5 gols de saldo
7 - São Paulo - 12 pontos, 3 vitórias e 3 gols de saldo
8 - Internacional - 12 pontos, 3 vitórias e 1 gol de saldo
9 - Atlético-MG - 11 pontos
10 - Atlético-PR - 9 pontos
11 - Bahia - 8 pontos, 2 vitórias e 1 gol de saldo (6 jogos)
12 - Criciúma - 8 pontos, 2 vitórias e -6 gols de saldo
13 - Santos - 8 pontos e 1 vitória
14 - Sport - 7 pontos, 2 vitórias e -1 gol de saldo (6 jogos)
15 - Vitória - 6 pontos e -2 gols de saldo
16 - Flamengo - 6 pontos e -4 gols de saldo
17 - Botafogo - 5 pontos e -1 gol de saldo 
18 - Chapecoense - 5 pontos e -2 gols de saldo
19 - Coritiba - 4 pontos 
20 - Figueirense - 3 pontos

0 comentários :

Postar um comentário