quarta-feira, 2 de abril de 2014

Vaga encaminhada

Defensor vence Real Garcilaso no Peru, encaminha classificação e complica Cruzeiro no Grupo 5 da Libertadores

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

02/04/2014 - O Defensor Sporting, do Uruguai, tem se transformado em um visitante totalmente indigesto na Taça Libertadores da América. Após arrancar um empate no fim do jogo contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, a vitima da vez foi o Real Garcilaso-PER. Nesta terça-feira (1), o time uruguaio venceu o time peruano por 2 a 0, em Huancayo. Os gols de Juan Amado e Arrascaeta foram marcados no segundo tempo.

Com o resultado, o Defensor-URU superou a Universidad do Chile e chegou à liderança do Grupo 5 com 10 pontos, contra nove do chilenos, que têm um jogo a menos, justamente contra o Cruzeiro. O Real Garcilaso, que ainda sonhava com a classificação, se despediu da competição e é o lanterna, com apenas três. O Cruzeiro, que torcia por, no mínimo, um empate entre uruguaios e peruanos, é o terceiro colocado, com quatro e tem obrigação de vencer a LaU, em Santiago, se quiser ter chances de promoção ao mata-mata.

 Juan Amado abriu o marcador para o Defensor.
(Foto: AP)

A última rodada será na próxima semana, com os dois jogos no mesmo dia de horário. Na próxima quarta-feira (9), às 22hs, o Defensor-URU recebe a Universidad do Chile no Uruguai. O Cruzeiro fará o jogo da vida contra o Real Garcilaso-PER no Mineirão. Antes, pega o time chileno fora de casa, às 20h45 desta quinta-feira (3).

Peruanos dominam

A altitude poderia ser um adversário para o Defensor, assim como foi para o Cruzeiro. O Real Garcilaso ainda acreditava na classificação e procurou partir para cima, mas não levou perigo quando desceu para o ataque. Os uruguaios confiavam na habilidade e na parceria entre Arrascaeta e Felipe Gedoz, os mais habilidosos do time, para investir nos contra-ataques.

A melhor chance de gol do primeiro tempo foi do Garcilaso. Após lançamento de Ramua na grande área, a defesa do Defensor afastou mal, e a bola sobrou para Rodriguez, que finalizou de voleio, mas a bola foi para a linha de fundo. Até o final da etapa inicial, muitas bolas alçadas contra a defensiva uruguaia e, na maioria das vezes, os visitantes levaram a melhor.

Para encaminhar a vaga   

No segundo tempo, o Defensor resolveu partir para cima do Garcilaso. Sabendo que tinha qualidade técnica superior à dos peruanos, os uruguaios abriram o placar aos cinco minutos. Juan Amado recebeu passe com precisão de Alonso e, pela direita, arrematou cruzado nas redes peruanas. Três minutos depois, a parceria Felipe Gedoz e Arrascaeta funcionou perfeitamente. Gedoz arrancou pelo meio e serviu o camisa 10 que, com um toque por cobertura, tirou o goleiro do lance e ampliou o marcador.

Se com o empate estava difícil conquistar o resultado positivo, pior ficou para o Real Garcilaso, que ainda tentou alguns ataques, mas todos sem sucesso. O time peruano, que começou a Libertadores vencendo um dos favoritos do grupo, o Cruzeiro, acabou eliminado precocemente. 

0 comentários :

Postar um comentário