segunda-feira, 14 de abril de 2014

Suor e classificação

Em partida equilibrada até os segundos finais, Bauru elimina Basquete Cearense e avança às quartas do NBB

De Aracaju.
Por Helena Sader.

14/04/2014 - Emoção até o fim do jogo. Nesta segunda-feira (14), o Paschoalotto/Bauru jogava fora, com o peso da pressão da torcida adversária. Mas, num jogo disputado e emocionante, o time paulista venceu o Sky/Basquete Cearense no terceiro jogo das oitavas de final do Novo Basquete Brasil e conseguiu classificação para a segunda rodada dos playoffs, as quartas. A partida foi realizada em Fortaleza, no ginásio da Unifor.

O técnico Guerrinha viu seu time ficar atrás no placar durante praticamente toda a partida, até enfim virar o marcador no finalzinho da partida e não perder mais o domínio do placar. O grande destaque da partida, pelo lado do Bauru, foi o pivô Murilo. O jogador conseguiu um duplo-duplo, 15 pontos e 10 rebotes. Com 22 pontos e 13 rebotes, o ala-pivô Felipe foi o nome do Basquete Cearense e do jogo, apesar da derrota.

A próxima missão dos paulistas é contra o líder da primeira fase, o Flamengo, nas quartas de final, fase que terá início no dia 26 de abril.

O Bauru, de Larry, está na próxima fase.
(Foto: LC Moreira/Divulgação)

O JOGO 

A necessidade fez o jogo. Pelo menos, no início. O Basquete Cearense precisava da vitória e já começou bem na marcação, e estava dando certo. Nos cinco minutos iniciais, só três pontos foram convertidos pelo Bauru. A vantagem dos mandantes era boa, seis pontos de frente. Os donos da casa estavam inspirados e conseguiram um 25 a 15 ao final do primeiro quarto.

Na segunda parte, o nível da equipe nordestina não caiu. Pelo Bauru, quem trabalhava bem era o americano-brasileiro Larry Taylor. Jimmy entrou pra ajudar o time paulista, conseguiu melhor a situação, mas não impediu a vantagem cearense, que caiu para dois pontos: 41 a 39.

Na volta do intervalo, foi a vez de Davi Rosetto fazer a diferença para os donos da casa. O jogador estava inspirado e, embalado pela torcida, ajudou o Basquete Cearense a abrir boa vantagem novamente: 57 a 47. Mas ainda faltavam cinco minutos para a etapa acabar. O suficiente para o Bauru reagir. Murilo e Larry Taylor deixaram em 61 a 57 e a decisão para o quarto final.

O jogo foi ficando cada vez mais apertado. Não havia como saber quem sairia do ginásio com a vaga. Gui Deodato deixou os paulistas à frente, novamente. Jimmy acertou bela cesta de três pontos e tornou o duelo ainda mais acirrado. Realmente, não havia favorito. Duas cestas de três pontos seguidas. Uma de cada lado, Barrios e Jimmy. Felipe Ribeiro deu lindo toco e animou a arquibancada. Era ponto a ponto. Faltava um minuto para acabar a partida, e o Bauru assumiu a liderança no marcador. Ao final, a partida apertadíssima acabou em 79 a 78 para os visitantes e vaga nas quartas garantida.

Franca força quinto jogo contra o Uberlândia

Em casa, o Vivo/Franca se manteve vivo neste playoffs. Após levar uma lavada do Unitri/Magazine Luiza no terceiro jogo, se recuperou e venceu a equipe uberlandense por 82 a 74, também na noite desta segunda-feira. O resultado é responsável por forçar um quinto jogo, que será realizado na próxima sexta-feira (18), às 19h, no Sabiazinho, em Uberlândia.

Ficha do jogo:

Sky/Basquete Cearense 78x79 Paschoalotto/Bauru
1º tempo: 41x39 (25x15 e 16x24)
2º tempo: 37x40 (20x18 e 17x22)

BASQUETE CEARENSE:
 Começaram: Davi (15 pontos), Brown (15), Jimmy (6), Felipe (22) e Devon (0).
Entraram: Drudi (20), Matheus (0), Nick (0), Victor (0) e Alexandre (0).
Técnico: Alberto Bial

BAURU: 
Começaram: Larry Taylor (14), Ricardo Fischer (5), Gui Deodato (12), Andrezão (8) e Murilo (15).
Entraram: Barrios (13), Lucas Tischer (6), Fernando Fischer (0), Mathias (4) e Ayarza (2)
Técnico: Guerrinha

Local: Ginásio da Unifor, em Fortaleza (CE)
Data: 14/04/14
Horário: 19h (de Brasília)

Arbitragem: Sergio Pacheco (SP), Guilherme Locatelli (SC) e Gustavo Edson Mathias (SP)


0 comentários :

Postar um comentário