terça-feira, 8 de abril de 2014

Connpeã

Connecticut bate Kentucky e fica com o título de basquete da NCAA


De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

08/04/2014 - Quando o torneio da NCAA começou, nem jogadores, nem treinadores, ou mesmo torcedores podiam imaginar o que aconteceria no final. Os garotos da UConn acabaram rindo por último e com um bom prêmio junto: o título nacional. Shabazz Napier mais uma vez foi primoroso, nesta segunda (07), e empurrou os Huskies à vitória por 60 a 54 sobre os calouros de Kentucky, levando para casa um troféu que ninguém imaginou.

Shabazz Napier celebra após UConn conquistar a NCAA (Foto: AP / Charlie Neibergall)

O armador sênior marcou 22 pontos, seis rebotes e três assistências, e seu parceiro Ryan Boatright, terminou com 14 pontos. A vitória veio logo após o ano passado, que terminou mais cedo para os Huskies, barrados do March Madness por conta de problemas extra-quadra. Isso alimentou um fogo que foi todo colocado para fora em 2014. Napier se ajoelhou e colocou a testa no chão da quadra por um longo tempo após o estouro do cronômetro. Ele estava secando as lágrimas enquanto cortava a rede. 

UConn (32-8) nunca esteve atrás na final. Os Huskies chegaram a liderar até por 15 pontos no primeiro tempo e viu os Wildcats (29-11) cortar a desvantagem para um com 8:13 restantes. Mas Aaron Harrison, que tirou vitórias da manga com bolas de 3 cruciais nos últimos três jogos de Kentucky, errou uma bola de 3 do canto esquerdo que daria a liderança aos Cats. Kentucky não chegou perto nunca mais.

Uma diferença fundamental em uma derrota por seis pontos: Kentucky perdeu 11 lances livres - um flashback para o treinador John Calipari, que viu seu Memphis desperdiçar uma vantagem já no final do jogo contra Kansas após perder vários lances livres na final de 2008. Os Wildcats acertaram 13 de 24. UConn acertou 10 de 10, incluindo os dois de Lasan Kromah que selaram o jogo com 25.1 segundos para o fim.

Calipari disse que não usou faltas no final porque "eles não estavam perdendo". No final das contas, os garotos de Calipari foram superados por um grupo mais arrumado, que veio para esse torneio como o sétimo cabeça-de-chave na sua região, mas afastou os favoritos e conquistou o quarto título nacional desde 1999. Eles foram o cabeça-de-chave mais alto a vencer, desde o Villanova de Rollie Massimino, oitavo no bracket e campeão em 1985.

Napier e Boatright agora se juntam a Kemba Walker, Emeka Okafor, Rip Hamilton, Ray Allen e mais outros grandes nomes de UConn. Todos eles contribuíram para os títulos da universidade em 1999, 2004 e 2011.

Um ano atrás, os Huskies estavam se preparando para sua primeira temporada na nova American Atlantic Conference após as universidades da Big East Catholic decidirem se mudar e nenhuma das chamadas conferências poderosas os quiseram. Jim Calhoun, técnico que formou o time, saiu por problemas de saúde. E pior ainda - a punição da NCAA desencadeou a saída de cinco jogadores-chave para a NBA ou outras universidades.

Napier ficou. Boatright também ficou. E o substituto de Calhoun, Kevin Ollie, descobriu como retribuir à coragem, lealdade e qualidade em quadra dos seus jogadores.

0 comentários :

Postar um comentário