quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Xô, má fase!

Pela Superliga Masculina, Minas vence Sesi em São Paulo e quebra sequência negativa

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

06/02/2014 – Pela sétima rodada do returno da Superliga Masculina de Vôlei, o Sesi-SP, que lutava para voltar ao topo, recebeu o Vivo/Minas, comandado por Ricardo Picinin, que assumiu o cargo ao menos provisoriamente após a demissão do argentino Horacio Dileo. A partida foi equilibrada e a equipe mineira conseguiu se dar melhor, colocando fim à sequência de três derrotas. A vitória foi por 3 sets a 2, com parciais de 20/22, 22/20, 18/21, 21/17 e 15/13. Com a 11ª vitória em 18 jogos, o Minas chega a 32 pontos e assume provisoriamente o quarto lugar. O Sesi é vice-líder, com 46 pontos (dois a menos que o Sada Cruzeiro), 16 vitórias e duas derrotas.

Com 21 pontos, Filip foi o maior pontuador do Minas e do jogo. Seu companheiro Lukinha, líbero, foi o melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei.

Na estreia do técnico Ricardo Picinin, Minas vence fora de casa.
(Foto: Alexandre Arruda/CBV)
Em um jogo muito disputado e equilibrado, o resultado foi definido nos detalhes. O bom saque do Minas (fez seis pontos neste fundamento) e a irregularidade do Sesi nas horas decisivas fizeram diferença. Na estreia do novo técnico, antes auxiliar, a equipe mineira conseguiu vencer fora de casa contra um dos mais fortes times da liga, se aliviando dos últimos resultados ruins. Já o Sesi perdeu pela segunda vez no torneio, a segunda vez em casa e a segunda vez contra um time mineiro (a outra derrota foi para o Sada Cruzeiro.

O próximo desafio do Minas é o clássico contra o Cruzeiro, na Arena Vivo, na próxima terça-feira (11), às 21h. Já o Sesi encara o Moda/Maringá, às 19h.

Quando a bola subiu...

O Sesi começou a partida bem concentrado, e como o Minas demorou a entrar no ritmo do jogo, os paulistas aproveitaram todas as chances. 22 a 20 para a equipe da casa na primeira parcial. No segundo set os times foram regulares e fizeram grande partida, principalmente no bloqueio. O equilíbrio prevaleceu até o Minas fazer boa sequência e devolver o 22 a 20.

A equipe do Minas começou a terceira parcial muito forte no saque, e o Sesi foi aos poucos impondo dificuldades. O time paulista superou os erros e, diante das pequenas irregularidades dos adversários, fechou em 21 a 18. No quarto set, mais uma vez o time mineiro começou muito bem, abriu vantagem e soube administrar. O Sesi até tentou reagir, mas já era tarde. O Minas fechou em 21 a 17.

O tie-break foi do Minas, que mesmo pressionado pelo Sesi em alguns momentos, sacou bem e administrou. 15 a 13 e vitória mineira fora de casa.

Ficha do jogo:
Sesi-SP 2 x 3 Vivo/Minas
22/20, 20/22, 21/18, 17/21 e 13/15

SESI:
Começaram: Sandro (0), Evandro (13), Murilo (6), Lucarelli (17), Lucão (12) e Rogério (2). Líbero: Lucianinho.
Entraram: Aracaju (6), Renan (4), Thiaguinho (0) e Mão (0).
Técnico: Marcos de Melo

MINAS:
Começaram: Marcelinho (1), Filip (21), Rapha (1), Lucas Lóh (9), Henrique (11) e Bjelica (8). Líbero: Lucas.
Entraram: Mauricio (13), Franco (4) e Evandro (0).
Técnico: Ricardo Picinin

Local: Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
Público: 450
Data: 06/06/2014
Horário: 18h30 (de Brasília)

Arbitragem: Paulo Beal (SC) e Jediel Carvalho (SP) 

0 comentários :

Postar um comentário