quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Sem vacilar

Brasil Kirin vence o RJ Vôlei e volta à terceira colocação da Superliga Masculina

Do Rio de Janeiro.
Da Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Voleibol.

12/02/2014 - O Brasil Kirin (SP) perdeu a terceira colocação na tabela da Superliga masculina de vôlei 13/14 para o Vivo/Minas (MG), que venceu o Sada Cruzeiro (MG) na terça-feira (11.02), mas por pouco tempo. Nesta quarta (12.02), a equipe campineira reassumiu a posição ao bater o RJ Vôlei (RJ) por 3 sets a 0 (21/19, 21/15 e 21/17). A partida, realizada no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), foi válida pela oitava rodada do returno e teve 1h17 de duração.

Depois de uma cirurgia no ombro, sofrida em junho do ano passado, o ponteiro do Brasil Kirin, João Paulo Tavares esteve em quadra hoje durante o terceiro set. O atacante recebeu o Troféu VivaVôlei após ser eleito o melhor da partida, comemorou, e dividiu o prêmio com diversas pessoas.

Foto: Alexandre Arruda/CBV

“Eu precisava de uns 40 desses para dar um para cada pessoa que me ajudou muito durante todo esse processe de recuperação”, brincou João Paulo Tavares, que falou sobre seu atual momento. “Voltar dessa cirurgia é muito complicado, estou sem fazer um jogo inteiro há muitos meses e, mesmo que esteja tento uma recuperação muito boa, é difícil projetar quando vou estar 100% de novo. Hoje estou feliz. Foi muito bom voltar a poder fazer um pontinho de saque, por exemplo. Mas a ideia é chegar o melhor possível no playoff”, explicou Tavares.

Capitão do time campineiro, André Heller elogiou o companheiro de equipe. “O Tavares tem muito mérito. Eu acompanho o esforço diário dele e ele merece esse troféu”, disse o central, que também sofreu com lesões e, assim como João Paulo Tavares, está voltando aos poucos. “O nosso time vai precisar de todos no playoff e o ideal é que todos estejam em condições de jogo na fase decisiva”, complementou Heller.

Técnico do RJ Vôlei, Marcelo Fronckowiak destacou a responsabilidade do seu time neste restante de Superliga depois de perder o patrocinador master e cinco jogadores (Bruninho, Thiago Alves, Leandro Vissotto, Maurício Souza e Thiago Sens).

“Estamos lutando contra uma série de dificuldades, usando jogadores muito jovens e tudo isso faz o time sofrer. Além disso, temos que entender a qualidade do adversário. Acho que hoje poderíamos resolver coisas fáceis e senti uma desmotivação do meu time, o que me deixa chateado. É um aspecto psicológico e emocional que tenho que trabalhar, além de falar de voleibol. A situação é complicada, mas a responsabilidade de dar continuidade a esse projeto é grande”, analisou Fronckowiak.

O oposto do RJ Vôlei, Bob, foi o maior pontuador do confronto desta quarta-feira ao marcar 12 vezes.

As duas equipes voltam à quadra no sábado (15.02). O Brasil Kirin enfrentará o Montes Claros Vôlei (MG), às 18h, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (RJ). E o RJ Vôlei receberá o Vivo/Minas (MG), às 19h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ).
O JOGO

O RJ Vôlei começou melhor a partida, abrindo 4/2 na casa do adversário. Bem no bloqueio, o Brasil Kirin encostou em 8/7. E, com o ponteiro Diogo, o time campineiro chegou ao empate em nove pontos. O jogo seguiu equilibrado, com um ponto de vantagem para o time da casa em 14/13. Na reta final, o Brasil Kirin abriu dois (19/17), e depois fechou em 21/19.

A segunda parcial manteve o mesmo ritmo da anterior logo no início, quando as equipes empataram em 4/4. Com ace do ponteiro Mineiro, o Brasil Kirin abriu dois (8/6). Com boa atuação no bloqueio, o time da casa fez 14/10. Mais uma vez em um ponto neste fundamento, o Brasil Kirin abriu boa vantagem em 19/14. Na sequência, o time campineiro fez 21/15.

Os times empataram em 3/3 logo no começo do terceiro set e no potente ataque do ponteiro Vinicius, o RJ Vôlei assumiu o comando do placar. Em bom momento do ponteiro Rodriguinho, o time carioca fez 9/6. E, no ataque para fora do RJ Vôlei, o Brasil Kirin chegou ao empate (12/12). Na sequência, com dois pontos de saque, o oposto Rivaldo levou o time campineiro a 14/12. Daí em diante, o Brasil Kirin dominou o marcador (18/15) e fechou em 21/17.

EQUIPES
BRASIL KIRIN – Paulo Renan, Rivaldo, Vini, Gustavão, Diogo e Mineiro. Líbero – Alan
Entraram – Rodriguinho, Bergamo, João Paulo Tavares e André Heller
Técnico: Alexandre Rivetti

RJ VÔLEI – Índio, Bob, Riad, Ualas, Rodriguinho e Vinícius. Líbero - Mário Jr.
Entraram – Sátiro, Rodrigão e Guilherme
Técnico: Marcelo Fronckowiak

SUPERLIGA MASCULINA 13/14
OITAVA RODADA DO RETURNO

11.02 (TERÇA-FEIRA) – Sesi-SP 3 x 1 Moda/Maringá (PR) (21/18, 19/21, 21/19 e 21/17)
LOCAL/HORÁRIO: Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), às 19h
TEMPO DE JOGO: 1h54
TROFÉU VIVAVÔLEI: Lucarelli (Sesi-SP)
MAIOR PONTUADOR: Lucarelli (Sesi-SP), com 18 pontos

11.02 (TERÇA-FEIRA) – Kappesberg Canoas (RS) 3 x 0 Montes Claros Vôlei (MG) 21/12, 21/13 e 21/19
LOCAL/HORÁRIO: La Salle, em Canoas (RS), às 20h
TEMPO DE JOGO: 1h20
TROFÉU VIVAVÔLEI: Dennis (Kappesberg Canoas)
MAIOR PONTUADOR: Dennis (Kappesberg Canoas), com 11 pontos

11.02 (TERÇA-FEIRA) – Voltaço (RJ) 2 x 3 Funvic/Taubaté (SP) (21/19, 21/18, 17/21, 19/21 e 12/15)LOCAL/HORÁRIO: Ilha de São João, em Volta Redonda (RJ), às 20h
TEMPO DE JOGO: 2h18
TROFÉU VIVAVÔLEI: Contrera (Funvic/Taubaté)
MAIOR PONTUADOR: Contrera (Funvic/Taubaté), com 22 pontos
11.02 (TERÇA-FEIRA) – São Bernardo Vôlei (SP) 1 x 3 UFJF (MG) (20/22, 21/7, 15/21 e 22/24)LOCAL/HORÁRIO: Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP), às 20h30
TEMPO DE JOGO: 1h52
TROFÉU VIVAVÔLEI: Japa (UFJF)
MAIOR PONTUADOR: Jardel (UFJF), com 17 pontos

11.02 (TERÇA-FEIRA) – Vivo/Minas (MG) 3 x 2 Sada Cruzeiro (MG) (16/21, 21/18, 11/21, 21/17 e 15/13)LOCAL/HORÁRIO: Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG), às 21h
TEMPO DE JOGO: 2h04
TROFÉU VIVAVÔLEI: Marcelinho (Vivo/Minas)
MAIOR PONTUADOR: Wallace (Sada Cruzeiro), com 19 pontos

12.02 (QUARTA-FEIRA) – Brasil Kirin (SP) 3 x 0 RJ Vôlei (RJ) (21/19, 21/15 e 21/17)LOCAL/HORÁRIO: Taquaral, em Campinas (SP), às 19h
TEMPO DE JOGO: 1h17
TROFÉU VIVAVÔLEI: João Paulo Tavares (Brasil Kirin)
MAIOR PONTUADOR: Bob (RJ Vôlei), com 12 pontos

0 comentários :

Postar um comentário