terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Sem chance

Brasileira Maya Harrisson reclama das condições de disputa do esqui alpino e fica com a 54ª posição no Slalom gigante

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.

18/02/2014 - Muita chuva e neve dificultaram a vida de Maya Harrisson no esqui alpino (Slalom gigante). Nesta terça-feira, no Centro Alpino Rosa Khutor, na estreia das Olimpíadas de inverno, em Sochi, a brasileira terminou a prova na 54ª colocação. Tina Maze, da Eslovênia, foi a campeã.

Maya Harrisson completa a prova em 54ª no Slalom gigante.
(Foto: Getty Images)

Logo atrás, a austríaca Anna Fenninger garantiu a prata. A Alemanha ficou com o bronze graças ao trabalho de Viktoria Rebensburg.

Mesmo distante do topo, Maya Harrisson comemorou o resultado e lembrou que nas Olimpíadas de Vancouver, em 2010, não finalizou a prova. No entanto, disse que a chuva aumentou no momento da segunda descida. A atleta do Brasil ainda falou que a neve atrapalhou a visibilidade.

A modalidade seria realizada na segunda-feira, mas foi adiada pelas condições climáticas. Apesar de forte nevoeiro na montanha e chuva na parte baixa, a competição teve autorização para início hoje. No Slalom gigante, o vencedor é o atleta que fizer o percurso (duas descidas) em menor tempo.

Quadro de medalhas

Até o momento, a Noruega conquistou dois ouros nesta terça-feira e encostou na líder Alemanha. São oito ouros alemães contra sete noruegueses. Na sequência, cinco países têm cinco ouros: Rússia, Holanda, Estados Unidos, Suíça e Bielorrússia.

Brasil em Sochi

Ainda hoje, o bobsled terá uma dupla feminina brasileira na disputa. Fabiana Santos e Sally Mayara farão primeira e segunda descidas. A terceira descida e a final serão realizadas na quarta-feira.

Clique aqui e confira o quadro geral de medalhas no site oficial de Sochi 2014

0 comentários :

Postar um comentário