terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Quase lá

Barcelona se aproveita de expulsão, faz 2 a 0 e praticamente liquida o confronto contra o City

De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

18/02/2014 - O Barcelona deu um grande passo nesta terça (18) para a sétima aparição seguida nas quartas de final da UEFA Champions League, com gols de Messi e Daniel Alves, que afundaram os dez homens do Manchester City com os dois gols na segunda etapa.

O momento crucial deste tão aguardado confronto aconteceu oito minutos após o intervalo, quando Demichelis rasteirou Messi fora da área do City - o árbitro deu dentro -, recebendo um cartão vermelho e vendo o Barcelona converter o pênalti sobre Joe Hart. O Barcelona dobrou sua vantagem nos momentos finais através de Daniel Alves, deixando o City com uma desvantagem absurda para reverter no segundo jogo, no dia 12 de março.

Messi comemora o pênalti mal marcado que abriu o placar (Foto: Getty Images)
O City, tão elogiado pelo seu futebol ofensivo, veio à campo cauteloso. O técnico Manuel Pellegrini colocou Kolarov no lado esquerdo do meio-campo e optou por apenas um atacante, Negredo, liderando o ataque com o apoio de David Silva.

Como era de se esperar, Negredo importunou a defesa dos visitantes no primeiro tempo. Embora o Barcelona tenha retido a bola desde o início, foi o City que teve a primeira chance de perigo, com Negredo recebendo um passe de David Silva, mas perdendo o ângulo ao driblar Valdés e sendo incapaz de concluir no gol.

Juntamente com o recuperado Fernandinho, Yaya Touré estava mais preocupado com a marcação do que o normal e se posicionou precisamente quando Iniesta estava prestes a puxar o gatilho na entrada da área. Aos 30, quando o Barcelona conseguiu uma tentativa real de gol, através de chute de Xavi à 25 metros, Hart impediu.

Do outro lado, o City procurou aproveitar a vulnerabilidade dos blaugranas pelo alto - Valdés não achou nada após cruzamento de Silva na área, e um bate-rebate assustou o Barça. Depois, já perto do intervalo, Negredo desviu cruzamento de Jesús Navas, mas ela passou à direita da trave.

Após um primeiro tempo disputado, o jogo se inclinou para o Barcelona após Navas perder a bola no meio de campo, e Iniesta servir Messi na corrida. Demichelis, pego fora de posição, derrubou seu compatriota na entrada da área. A arbitragem marcou pênalti, e Messi não desperdiçou.

Com um gol e um homem a mais, o Barcelona ameaçou mais. Xavi fez jogada com Daniel Alves, que depois tabelou com Sánchez, mas a bola passou raspando a trave direita. Ainda assim, o City não abaixou a cabeça e Silva fez Valdés trabalhar, mas logo veio o segundo gol, após tabela de Daniel com Neymar, batendo Hart com um chute rasteiro.

Ibra decide e PSG goleia Leverkusen

O Paris Saint-Germain tem um pé nas quartas-de-final da UEFA Champions League após atropelar o Bayer Leverkusen por 4 a 0, na Alemanha.

O gol logo cedo de Matuidi significou uma noite terrível para os donos da casa contra um dos gigantes da Europa, e antes do intervalo, dois gols de Ibrahimovic - um de pênalti - definiram a vitória no primeiro jogo das oitavas. Ficou pior para o Leverkusen quando Spahic recebeu o segundo amarelo antes dos 15 da segunda etapa, e ainda deu para Cabaye entrar e completar o placar.

Quem brilhou? A entrada de Kolarov no meio deu toda a liberdade que Daniel Alves teve para atacar, e o brasileiro o fez por diversas vezes, até encontrar o gol. Na defesa, não teve dificuldades em roubar várias bolas do sérvio.

Quem atrapalhou? Manuel Pellegrini ficou com medo do Barcelona e mudou o estilo de jogar do City, e acabou cavando a própria cova.

Próximos jogos. No fim de semana, ambos voltam à campo pelos respectivos campeonatos nacionais. No sábado, o Manchester City recebe o Stoke City; no mesmo dia, o Barça vai até o País Basco enfrentar a Real Sociedad.

Ficha do jogo

Manchester City 0x2 Barcelona

MANCHESTER CITY:
Hart, Zabaleta, Kompany, Demichelis e Clichy; Jesús Navas (Nasri), Fernandinho, Yaya Touré e Kolarov (Lescott); David Silva; Negredo (Dzeko).
TÉCNICO: Manuel Pellegrini

BARCELONA:
Victor Valdés, Dani Alves, Piqué, Mascherano e Jordi Alba; Busquets, Xavi e Fàbregas (Sergi Roberto); Sánchez (Neymar), Messi e Iniesta.
TÉCNICO: Gerardo Martino

Local: Etihad Stadium, em Manchester (ING)
Data: 18/02/2014
Horário: 16h45 (de Brasília)

Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)
Auxiliares: Mathias Klasenius (SUE) e Daniel Wärnmark (SUE)

Gols: Messi, aos 9'/2ºT e Daniel Alves, aos 45/2ºT (Barcelona)

Cartões amarelos: Kolarov e Negredo (Man City); Mascherano e Daniel Alves (Barcelona)
Cartões vermelhos: Demichelis (Man City)

0 comentários :

Postar um comentário