domingo, 9 de fevereiro de 2014

PR 100 - Com autoridade

Sem dificuldades, Atlético bate o Coritiba e conquista a primeira vitória no Campeonato Paranaense

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

09/02/2014 - Um time sub-23 de um lado contra o alternativo do rival. Esse foi o Atletiba 359 da história. Os garotos do Atlético não tiveram problemas para passar pelo Coritiba, que atuou boa parte do jogo com um homem a menos (Igor Leandro foi expulso). Bruno Mendes, Marcos Guilherme e Bruno Furlan balançaram as redes na Vila Capanema, decretaram o 3 a 0 e tiraram o Furacão da lanterna do estadual.

Com cinco pontos, Coritiba e Atlético estão na parte de baixo da tabela. O Alviverde caiu para décimo, enquanto os Rubro-negros subiram para nona posição. Na próxima rodada, o Coxa enfrenta o Rio Branco, na estreia do time titular no campeonato. Já o Atlético encara o Cianorte fora de casa.

Furacão não tomou conhecimento do rival alviverde.
(Foto: Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético)

O jogo

Empurrado pela torcida, o Atlético foi para o ataque desde o primeiro minuto, mas errava nas finalizações. Aos sete minutos, Hernani cobrou falta na área, Crislan ficou com a sobra e chutou para fora. Aos 21, foi a vez de Douglas Coutinho finalizar longe da meta de Willian Menezes.

Aos 28 minutos, Hernani aproveitou a cobrança de escanteio na área e cabeceou sozinho, e a bola foi por cima do gol. Aos 33 minutos, a partida esquentou. Igor Leandro colocou a mão na bola dentro da área: pênalti e o zagueiro levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Na cobrança, o estreante Bruno Mendes chutou com categoria e deixou o Furacão em vantagem.

O Atlético quase ampliou depois que Ícaro desviou contra o próprio gol e também com Bruno Mendes, mas nas duas jogadas Willian Menezes salvou o Coxa.

Na segunda etapa, o primeiro bom lance ofensivo teve bola na rede. Aos 10 minutos, Douglas Coutinho tocou com categoria para Marcos Guilherme, que chutou na saída do goleiro para ampliar. Depois do segundo gol atleticano, a partida caiu de rendimento. Muitas faltas e passes errados prejudicaram o maior clássico do estado.

Em uma das poucas investidas do Atlético ao ataque, o time chegou ao terceiro gol. Aos 26 minutos, Bruno Furlan ficou com a sobra e transformou o placar em goleada. Sem chances no jogo, o Coritiba apenas se segurou com pôde para não sofrer mais gols e esperou ansiosamente o apito final.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 3x0 Coritiba

ATLÉTICO-PR:
Rodolfo; Carlos César, Dráusio, Lucas Alves, Otávio (Ricardo Silva), Lucas Olaza, Crislan, Hernani, Bruno Mendes (Lucca), Marquinhos e Coutinho (Bruno Furlan).
Técnico: Petkovic

CORITIBA:
Willian Menezes; Rhuan, Igor Leandro, Bonfim, Paulo Otavio, Ícaro, Denner, Thiago Primão (Anderson Bartola), Dudu, Anderson Aquino (Zé Rafael) e Keirrison (Eltinho).
Técnico: Zé Carlos

Gols: Bruno Mendes, aos 34 minutos do primeiro tempo, Marcos Guilherme, aos 10, e Bruno Furlan, aos 26 do segundo tempo

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 09/02/2014
Horário: 19h30

Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Rafael Trombeta e Sidmar dos Santos Meurer

Cartões amarelos:  Igor Leandro e Rhuan (Coritiba); Hernani e Lucas Olaza (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Igor Leandro (Coritiba)

***

Campeonato Paranaense - 5ª rodada:
Sábado (08/02), às 17h:
J.Malucelli 2x2 Rio Branco
Domingo (09/02), às 17h:
Operário 1x3 Paraná
Arapongas 1x0 Londrina
Maringá 0x1 Prudentópolis
19h:
Toledo 0x2 Cianorte
19h30:
Atlético-PR 3x0 Coritiba

Classificação:
Maringá - 10 pontos (4 gols de saldo) 
Rio Branco - 10 pontos (1 gol de saldo)
J.Malucelli - 9 pontos 
- Londrina - 7 pontos (2 gols de saldo)
Cianorte - 7 pontos (nenhum gol de saldo) 
Prudentópolis - 7 pontos (-2 gols de saldo)  
 Paraná - 6 pontos (2 vitórias)
Operário - 6 pontos (1 vitória)
Atlético - 5 pontos (1 gol de saldo)
10ºCoritiba - 5 pontos (-2 gols de saldo)
11ºArapongas - 5 pontos (-4 gols de saldo)  
12ºToledo - 4 pontos 

• Classificados para a segunda fase
• Grupo do torneio da morte

0 comentários :

Postar um comentário