domingo, 16 de fevereiro de 2014

Polêmico

Arbitragem erra feio e Flamengo vence o Vasco de virada no Maracanã

De Aracaju.
Por Victor França.

16/02/2014 - No retorno do Clássico dos Milhões ao Maracanã, quem roubou a cena, infelizmente, foi a arbitragem, que errou em um lance chave do jogo e alterou o andamento da partida. Ao final, o Flamengo venceu o Vasco de virada por 2 a 1, em confronto válido pela oitava rodada do Campeonato Carioca. Porém, o placar poderia ter terminado bem diferente, já que árbitro adicional Rodrigo Castanheiras não deu gol para o Vasco num lance em que claramente a bola ultrapassou a linha em cobrança de falta.

O Flamengo é o segundo colocado do estadual com 19 pontos (seis vitórias, um empate e uma derrota), mesma pontuação do líder Fluminense. Já o Vasco ocupa a quarta posição, com 15 (quatro vitórias, três empates e uma derrota). Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira (19). O Rubro-Negro enfrenta o Madureira no Maracanã, enquanto o Vasco encara o Bangu em Moça Bonita.

Elano comemorando seu gol de empate contra o Vasco.
(Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)   

O Vasco começou melhor a partida, com uma marcação forte que não deixava o Flamengo ter muito tempo para trabalhar a bola. Aos 11, um lance polêmico alterou os ânimos no Maracanã. Douglas cobrou falta, a bola bateu no travessão e entrou no gol antes de sair. A arbitragem não percebeu e seguiu com o lance. O problema é que o árbitro adicional Rodrigo Castanheiras estava a poucos metros do lance e em cima da linha de fundo.

A equipe cruz-maltina seguiu com um maior controle das ações do jogo e vez ou outra dava trabalho a Felipe. O domínio alvinegro deu resultado aos 37 minutos. Douglas fez ótima jogada pela esquerda e e rolou para Fellipe Bastos bater de primeira e abrir o placar. O Flamengo saiu no lucro no primeiro tempo, porque três minutos depois chegou ao empate. Elano cobrou falta com precisão e marcou. Detalhe que o goleiro Martín Silva ainda conseguiu espalmar, mas a bola já havia ultrapassado a linha.

O Vasco continuou criando as melhores chances depois do intervalo, mas não era eficiente nas finalizações. Aos oito, Diego Renan arriscou de fora da área para defesa de Felipe. Em outra oportunidade vascaína, Douglas bateu cruzado com muito perigo.

O time de Adílson Bastita diminuiu o ritmo no 15 minutos finais e viu o Flamengo crescer. E coube ao garoto Gabriel, que havia entrado no lugar Lucas Mugni, decidir a partida. Aos 44, ele chutou rasteiro, a bola desviou em Guiñazu e bateu na trave antes de entrar.

Ficha do jogo:

Vasco 1x2 Flamengo

VASCO:
Martín Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazu, Eduardo Aranda (Pedro Ken), Fellipe Bastos e Douglas (Bernardo); Everton Costa (William Barbio) e Edmílson.
Técnico: Adílson Batista

FLAMENGO:
Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral (Muralha), Víctor Cáceres, Elano (Alecsandro), Éverton e Lucas Mugni (Gabriel); Hernane.
Técnico: Jayme de Almeida

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro 
Data: 26/02/2014
Horário: 16h

Gols: Vasco: Fellipe Bastos, aos 36 minutos do primeiro tempo; Flamengo: Elano, aos 39 do primeiro tempo, e Gabriel, aos 44 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Diego Renan, Guiñazu, Eduardo Aranda e Fellipe Bastos (Vasco); Felipe, Wallace e André Santos (Flamengo)

0 comentários :

Postar um comentário