segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O Leste voltou

Kevin Durant e Blake Griffin fazem de tudo, mas não evitam a derrota do Oeste para o Leste no All-Star Game da NBA.

De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

17/02/2014 - Desde a primeira jogada até o minuto final, LeBron James e Kyrie Irving deixaram claro como o Leste levaria a sério o All-Star Game da NBA. Irving marcou 31 pontos e 14 assistências e foi eleito o MVP, Carmelo Anthony bateu o recorde de bolas de três, com oito, e marcou 30 pontos, na vitória do Leste por 163 a 155 sobre o Oeste, na noite deste domingo (16), encerrando uma sequência de três derrotas do Leste, no All-Star Game com mais pontos na história.

Kyrie Irving foi eleito o MVP do All-Star Game (Foto: Jesse D. Garrabrant / NBAE)

Farto de perder o confronto de meia temporada, e cansado de ver o Leste ser criticado por sua mediocridade na temporada, James roubou a bola e enterrou em sua primeira posse, bem antes dos jogadores geralmente começarem a marcar.

Kevin Durant e Blake Griffin marcaram 38 pontos, quatro abaixo do recorde do All-Star Game, de Wilt Chamberlain, pelo Oeste. Mas o Leste marcou os últimos 10 pontos para vencer um jogo que perdia por 18. Irving marcou 15 pontos no último quarto. James marcou 22 pontos, sete rebotes e sete assistências.

Os 318 pontos quebraram o recorde de 307, realizados em 1987.

Durant terminou com 10 rebotes e seis assistências, mas o Oeste foi atropelado após sua bola de três fazer a equipe passar à frente por 155 a 153, com 1:59 para o fim. Paul George, de Indiana, fez três lances livres, Anthony acertou sua última bola de três, e James marcou para fazer 161 a 155. George fechou o placar com mais dois lances livres e terminou com 18 pontos.

O jogo normalmente não fica disputado até os minutos finais do último quarto, e nenhum time lidera por mais de quatro pontos até o minuto final. Chris Paul marcou 11 pontos e 13 assistências, e o novato em All-Star Stephen Curry marcou 12 pontos e 11 assistências para o Oeste. Mas o melhor armador em quadra foi Irving, que acertou 14 de 17 tiros e ajudou o Leste a marcar 87 pontos no segundo tempo, depois de ceder surpreendentes 89 no primeiro, um recorde.

Em uma homenagem colorida para New Orleans, os jogadores usaram tênis e meias que variavam de verde para laranja, passando por azul e roxo, fazendo o jogo parecer um grande desfile do Mardi Gras. O desfile foi de enterradas e bandejas para o Oeste, que marcou 44 pontos no primeiro quarto e 45 no segundo. Griffin marcou 18 pontos no primeiro quarto e Durant tinha 22 até o intervalo, ambos dois pontos abaixo do recorde de Glen Rice em 1997.

Houve também muita música, com os elencos e escalações introduzidas por um show de Pharrell Williams, que foi acompanhado dos seus próprios all-stars como Nelly, Busta Rhymes, Sean "Diddy" Combs e Snoop Dogg. Magic Johnson liderou sua banda também, incentivando os jogadores a cantar parabéns para a lenda Bill Russell, o maior campeão da NBA, que celebrou 80 anos.

O Leste terminou com 61 por cento nos arremessos, precisando de todos os tipos de variações ofensivas já que não conseguiam defender Durant e Griffin. Durant fez seis bolas de três, e sua média em All-Star Games subiu agora para 30.6 pontos por jogo.

Apesar das terríveis camisas com mangas, foi uma boa demonstração de espetáculo de meio de temporada, após um sábado não muito empolgante no All-Star Weekend. O novo formato do torneio de enterradas não foi um sucesso, mas quando Griffin está jogando sempre é um torneio de enterradas. O rapaz que certa vez pulou sobre um carro para vencer o torneio de enterradas, fez isto oito vezes em 11 minutos.

Durant acertou uma bola de três com 26 segundos para deixar o jogo em 89 a 76 no intervalo, um ponto a mais do que ele e o Oeste tinham dois anos atrás, em Orlando. Ele e Griffin tinham 30 pontos após o fim do terceiro quarto, mas o Leste cortou a vantagem de 18 pontos para liderar por 126 a 123 após três minutos.

James Harden começou pelo Oeste no lugar de Kobe Bryant, que foi escolhido pelos fãs, mas acabou ficando de fora por uma lesão no joelho. Bryant disse antes do jogo que sua recuperação está lenta, mas espera jogar mais um All-Star Game.

0 comentários :

Postar um comentário