terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Mais informações

Schumacher voou mais de 10 metros, informa jornal alemão que teve acesso ao relatório da promotoria francesa

De Modena (Itália).
Por Agência ANSA. 

18/02/2014 - Michael Schumacher voou por mais de 10 metros antes de bater a cabeça em uma rocha, afirmou o jornal alemão "Bild". O periódico teve acesso ao relatório da promotoria francesa que arquivou o processo em torno do acidente do heptacampeão mundial. Segundo a publicação, Schumacher estaria afastado 4,5 metros do trajeto recomendado pela estação de esqui. Ao esquiar nessa região, ele teria passado por uma rocha e foi lançado para o ar.

Devido a formação da montanha, o ex-piloto voou por 10,4 metros antes de bater a cabeça na segunda pedra.

Para dar forças nesse momento, o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo enviou uma mensagem nesta terça-feira (18) para o heptacampeão. "Queremos essa vitória: força Michael, recupere-se com tudo e vença como você sempre venceu", declarou Montezemolo.
 
Ele ainda reforçou a importância do ex-piloto alemão para a Ferrari. "Michael representou para nós o piloto que, na história da Ferrari, deu mais resultados. Para nós, ele é um grande amigo, uma pessoa que sempre deu o máximo", finalizou Montezemolo. Schumacher está internado em coma induzido desde o dia 29 de dezembro, no hospital de Grenoble, na França.(ANSA)

0 comentários :

Postar um comentário