quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Expulsão crucial

Flamengo faz jogo duro, mas com homem a menos durante bom tempo, é derrotado pelo Léon no México

De Aracaju.
Por Victor França.

13/02/2014 - O Flamengo poderia ter saído do Estádio Nou Camp com um resultado melhor, mas a expulsão infantil de Amaral no início da partida complicou tudo. Com um a menos, o Flamengo lutou até quando teve perna, mas acabou perdendo por 2 a 1 para os mexicanos na estreia na Libertadores 2014. Boselli e Arizala anotaram os gols do León, enquanto Víctor Cáceres descontou para o Flamengo.

O próximo jogo do Flamengo na competição é apenas no dia 26, contra o Emelec, no Maracanã. Já o León volta a campo na próxima quarta, quando enfrenta o Bolívar em La Paz. Pelo estadual, o rubro-negro, segundo colocado, enfrenta o Vasco, o terceiro, no domingo (16), às 16h, no Maracanã.


Foto: EFE

O Flamengo começou bem a partida e por pouco não abriu o placar logo aos quatro minutos. Hernane aproveitou cruzamento de Everton e carimbou o travessão. O León respondeu com Boselli, que girou em cima da marcação e bateu para defesa de Felipe. Jogando de igual para igual, o Flamengo viu a situação se complicar aos doze minutos. Em dividida com Montes, Amaral deixou a perna para acertar o adversário e recebeu vermelho direto.

Com um homem a mais, o time mexicano passou a ter um maior controle na posse de bola, apesar de não levar muito perigo ao gol de Felipe. Porém, com um lance duvidoso, o León chegou ao gol. Boselli caiu na área em disputa com Hernane e o árbitro apontou para a marca da cal. Ele mesmo cobrou no meio do gol e marcou. E foi também em bola parada que o Rubro-Negro chegou ao empate no fim do primeiro tempo. Elano levantou na área e Cáceres subiu livre para marcar.

No segundo tempo, o jogo continuou com o mesmo panorama da etapa inicial. O León tinha a posse de bola, mas errava muitos passes na tentativa de furar o bloqueio flamenguista. E como no primeiro tempo, os mexicanos tiveram um pênalti marcado a seu favor. Boselli cobrou com cavadinha e Felipe salvou. O goleiro Rubro-Negro só não conseguiu evitar pouco tempo depois o gol de Arizala, que com oportunismo, desviou a bola para a rede e deu números finais à partida.

Ficha do jogo:

León 2 x 1 Flamengo

LEÓN:
William Yarbrough; Eisner Loboa, Magallón, Rafa Márquez e Juan Ignacio; Luis Montes, Gallo Vázquez, Elías Hernández e Carlos Peña; Matías Britos e Boselli.
Técnico: Matosas

FLAMENGO:
Felipe; Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Victor Cáceres, Elano, Everton e Lucas Mugni; Hernane.
Técnico: Jayme de Almeida

Local: Estádio Nou Camp, em León (MEX)

Árbitro:  José Buitrago (COL)
Assistentes: Wilmar Navarro (COL) e Rafael Rivas (COL)

Gols: León: Boselli, aos 31 minutos do primeiro tempo e Arizala, aos 22 do segundo tempo; Flamengo: Víctor Cáceres, aos 42 minutos do primeiro tempo.

Cartões Amarelos: Juan Ignacio (León); André Santos, Víctor Cáceres e Lucas Mugni (Flamengo)
Cartão Vermelho: Amaral (Flamengo)

0 comentários :

Postar um comentário