segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

E ninguém segura...

Fora de casa, líder Molico bate Sesi, conquista 21ª vitória em 21 jogos e amplia recorde na Superliga Feminina

De Uberlândia
Por Aline Guerra

17/02/2014 – Até então invicto há 20 partidas nesta Superliga Feminina de Vôlei (o que já era um recorde) e buscando a revanche depois de ter sido derrotado na final do Sul-Americano, o líder Molico/Nestlé foi até a Vila Leopoldina encarar o Sesi-SP na noite desta segunda-feira, abrindo a oitava rodada do returno da liga nacional. A equipe da casa até se comportou bem, mas não conseguiu parar o "invencível"Osasco. Vitória das visitantes por 3 sets a 1, com parciais de 21/18, 24/22, 15/21 e 21/17. Foi o 21º resultado positivo em 21 rodadas (61 pontos).

Em noite de show de Sheilla e no bloqueio, Osasco mantém invencibilidade na Superliga.
(Foto: Alexandre Arruda/CBV)
Nos dois primeiros sets, o time de Osasco teve que virar placares desfavoráveis, mas com um bloqueio forte e show da oposta Sheilla, a equipe foi crescendo na partida. O Sesi ainda venceu a terceira parcial, porém, foi finalizado por 3 a 1. Mantida a invencibilidade das adversárias, o que já dura 21 jogos, com direito à cantoria fanática da torcida no final do confronto.

E o Molico, firme na ponta, tem grande duelo na próxima rodada. Encara o vice-líder Amil em casa, naquela partida que pode definir o líder da primeira fase, caso a equipe de Osasco vença. Caso o Amil queira terminar a fase classificatória, a vitória se torna fundamental. O jogo será na sexta-feira (21), às 21h30. Já o Sesi, quarto colocado com 39 pontos (12 vitórias em 21 jogos), tenta se consolidar entre os quatro primeiros e também não terá vida fácil: encara o Unilever no Rio de Janeiro, às 20h.

O jogo 

O Sesi liderou toda a primeira parcial, e o Molico só entrou no jogo com os fortes bloqueios de Thaisa. Com a central inspirada, o time visitante se impôs e, de virada, fechou o primeiro set em 21 a 18. No segundo set, a história foi a mesma; o Sesi abriu e deixou o Osasco crescer. O Molico conseguiu se reerguer e fechar de virada de novo, agora por 24 a 22. 

Na terceira parcial, o Sesi conseguiu tomar a frente, abriu vantagem e manteve o ritmo. O Molico tentou impor a virada, mas não conseguiu e levou 21 a 15. E apesar do equilíbrio, o Osasco conseguiu liderar e vencer a última parcial. 21 a 17 e vitória das visitantes, que já somam 21 seguidas na Superliga.

Ficha do jogo:
Sesi-SP 1 x 3 Molico/Nestlé
18/21, 22/24, 21/15 e 17/21

SESI-SP:
Começaram: Dani Lins (3), Ivina (14), Suelle (11), Dayse (8), Fabiana (10) e Bia (7). Líbero: Suelen.
Entraram: Neneca (0), Carol Albuquerque (0) e Fran (0).
Técnico: Talmo de Oliveira

MOLICO/NESTLÉ:
Começaram: Fabiola (4), Sheilla (22), Sanja Malagurski (12), Caterina Bosetti (6), Thaisa (13) e Adenizia (6). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Ana (0), Lia (0) e Gabi (0).
Técnico: Luizomar de Moura

Local: Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
Público: 800
Data: 15/02/2014
Horário: 19h (de Brasília)

Arbitragem: Flávio Campos (SP) e Jediel Carvalho (SP)
Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Sheilla (Osasco)

***

21ª rodada - 8ª do 2º turno:
Segunda (18/2), às 19h: 
Sesi-SP 1x3 Molico/Nestlé, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) - 18/21, 22/24, 21/15 e 17/21
Terça (18/2), às 19h30: 
Pinheiros x Brasília, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP)
Barueri x Vôlei Amil, no José Correa, em Barueri (SP)
20h15: 
Rio do Sul/Equibrasil x Maranhão/Cemar, no Sesi, em Rio do Sul (SC)
20h30: 
São Cristóvão Saúde/São Caetano x São Bernardo, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SC)
21h30: 
Banana Boat/Praia Clube x Unilever, no Praia Clube, em Uberlândia (MG)
Sexta (28/2), às 19h: 
Decisão Engenharia/Minas x Uniara, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG)

0 comentários :

Postar um comentário