sábado, 15 de fevereiro de 2014

Dia de Walter

Camisa 18 marca dois gols e ajuda na vitória, de virada, do Fluminense diante do Boavista pelo Campeonato Carioca. Fred perdeu pênalti

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

15/02/2014 - O dia poderia ser de Fred, de volta após se lesionar na coxa direita, mas quem fez a festa dos torcedores do Fluminense foi Walter. O camisa 18 entrou na segunda etapa e, com dois gols, ajudou o Tricolor a vencer o Boavista, de virada, por 4 a 1, no Maracanã, valendo pela oitava rodada do Campeonato Carioca. Fred perdeu pênalti no primeiro tempo. A vitória colocou o Fluminense como líder isolado com 19 pontos, três a mais que o Flamengo, que ainda vai jogar na rodada contra o Vasco da Gama. O Boavista é o sétimo colocado com 12 pontos, empatado com o Madureira, que tem uma vitória a mais.

Na próxima rodada, o Fluminense vai até a Região dos Lagos e encara o Macaé, na quarta-feira (19), às 19h30, no Estádio Moacyrzão. No dia seguinte, o Boavista visitará o Audax Rio em Moça Bonita, ás 16hs.

Walter marcou dois gols contra o Boavista. Ele já havia feito um contra o Flamengo.
(Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Conca salva no primeiro tempo

O Fluminense começou comandando a partida, porém, acabava esbarrando na retranca do Boavista, que aguardava o contra-ataque para responder. Aos 25 minutos, veio o lance que os visitantes tanto queriam. Após erro de Jean, Gilcimar lançou Andre Luis livre na direita. O camisa 11 cruzou e o centroavante Gilcimar encerrou a jogada com uma bela cabeçada. O gol calou os torcedores tricolores, que foram em bom número ao Maracanã.

Fred era a grande esperança de gols do Fluminense,, e a oportunidade que o camisa 9 tanto esperava aconteceu. O centroavante sofreu pênalti do zagueiro Bruno Rodrigo, mas, na batida, a bola explodiu na trave. Inconformados, os torcedores tricolores gritaram em alto e bom som: "Walter, Walter", pedindo o atacante que estava entre os reservas. Sorte do Flu que Conca, mesmo com seus 1,69m, teve impulsão suficiente para cabecear o cruzamento de Rafael Sóbis e deixar tudo igual aos 43.

Walter brilha

Fred voltou mais empolgado para o segundo tempo. Com pelo menos três oportunidades, o camisa 9 passou perto do gol, mas a bola teimou em não entrar. Coube a Rafael Sóbis fazer o gol da virada após trama entre Conca e Carlinhos. Sóbis saiu e deu lugar a Walter. O camisa 18, que já caiu nas graças da torcida tricolor, buscou o jogo, mas as chances ainda não apareceram.

No final do jogo, ele marcou. Primeiro aos 36 minutos, quando o centroavante aproveitou o erro no chute de Carlinhos e completou de cabeça. Aos 45, fechando a partida, Conca rolou e, novamente Walter, no lugar certo e na hora certa, colocou a bola para as redes de Getúlio Vargas. Chiquinho - que entrou em lugar de Fred - quase fez o dele, mas a bola foi perto da trave.

Ficha do jogo

Fluminense 4 x 1 Boavista

FLUMINENSE:
Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Elivélton e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Jean e Conca (Wagner); Rafael Sóbis (Walter) e Fred (Chiquinho).
Técnico: Renato Gaúcho

BOAVISTA:
Getulio Vargas, Thiaguinho (Kauê), Gustavo, Bruno Costa e Romarinho; Romulo, Douglas Pedroso, Daniel (William Maranhão) e Cascata (Romário); André Luis e Gilcimar.
Técnico: Américo Faria

Motivo: Oitava rodada do Campeonato Carioca 2014
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 15/02/2014
Horário: 19h30 (de Brasilia)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Thiago Corrêa Farinha e Thiago Rosa de Oliveira

Gols: Gilcimar, aos 25, e Dario Conca, aos 43 minutos do primeiro tempo; Rafael Sóbis, aos 17, e Walter, aos 36 e 45 minutos do segundo tempo

Clique e confira a classificação do Campeonato Carioca.

0 comentários :

Postar um comentário