segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Vamos ao Super Bowl!

Broncos e Seahawks vencem as finais de conferência e vão decidir o Super Bowl em Nova York

De Aracaju.
Por Victor França.

20/01/2014 - No Super Bowl 48, os fãs da National Football League (NFL) vão poder ver o embate entre o melhor ataque e a defesa número 1 da Liga. Isso porque Denver Broncos e Seattle Seahawks venceram New England Patriots e San Francisco 49ers, e se classificaram para a grande final do futebol americano, no dia 2 de fevereiro, em Nova York. A partida será realizada no MetLife Stadium, e terá shows de Bruno Mars e Red Hot Chili Peppers no intervalo.


Patriots 16 x 26 Broncos


Peyton Manning em ação contra os Patriots.
(Foto: Divulgação/www.denverbroncos.com)

No duelo de dois dos maiores quarterbacks de todos os tempos, quem saiu sorrindo no final foi o camisa 18 de Denver. Com uma atuação sólida, Peyton Manning comandou sua equipe a uma vitória por 26 a 16, sobre o New England Patriots, no Sports Authority Field at Mile High. O QB de Denver contou com a proiteção de sua linha ofensiva, e fez estrago na defesa dos Patriots. Por outro lado, Tom Brady ficava pressionado a todo momento e não tinha muito tempo para lançar. Assim, o Broncos vencia o Patriots por 23 a 3 no início do último quarto.

Tom Brady até que tentou operar mais um milagre, lançando para um touchdown e anotando outro correndo, mas desta vez não foi possível. Ao final, vitória de Peyton Manning e de Denver, que vão a mais um Super Bowl.

49ers 17 x 23 Seahawks


Marshawn Lynch anotando o touchdown após correr 40 jardas.
(Foto: Divulgação/www.seahawks.com)

Já no confronto de divisão entre os rivais San Francisco 49ers e Seattle Seahawks, melhor para a franquia de Seattle, que precisou virar o placar duas vezes para vencer o rival por 23 a 17. Mais uma vez, Marshawn Lynch fez a diferença, correndo para 109 jardas e anotando um touchdown. Quem também correu muito bem foi o QB dos 49ers, Colin Kaepernick, com 130 jardas. Porém, ele foi interceptado duas vezes (uma no final do jogo), o que foi crucial para o resultado final do jogo.

0 comentários :

Postar um comentário