quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Retorno com vitória

Leandrinho volta à NBA, Dragic faz grande jogo e Phoenix vence em Minnesota nos últimos instantes

De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

09/01/2014 - O jogo não foi lá uma grande maravilha, a arbitragem menos ainda, mas o importante é que Leandrinho retornou à NBA e o seu Phoenix Suns venceu. Fora de casa, na fria Minneapolis, o time visitante venceu o Minnesota Timberwolves por 104 a 103 com arremesso decisivo de Gerald Green quando restavam três segundos no relógio. Os Suns lideraram o jogo por maior tempo, sofreram a virada na segunda metade do terceiro quarto e só retomaram a vantagem na última oportunidade que tiveram. Ricky Rubio, armador dos Wolves, teve papel fundamental nisso tudo. Ele cometeu três erros cruciais no último minuto que jogaram fora a vitória da equipe mandante. Os Suns, em sétimo no Oeste, chegam a 21 vitórias em 34 jogos e Minnesota, em décimo, perdeu pela 18ª vez em 35 partidas.

Leandrinho assinou contrato de dez dias e terá mais cinco jogos para renovar seu vínculo.
(Foto: NBAE/Getty Images)

Quem também teve papel fundamental na vitória de Phoenix foi o armador Goran Dragic. O esloveno fez grande partida, saindo de quadra com 26 pontos e nove rebotes, sem a companhia do lesionado Eric Bledsoe. Já o ala Channing Frye fez 22 pontos, com aproveitamento de 50% (5-10) do perímetro. Já o brasileiro Leandro Barbosa jogou 13 minutos, acertou um de seis arremessos, fez três pontos, pegou três rebotes e deu três assistências. Números não lá muito bons, mas o que se destacou foi sua atitude, buscando o jogo, partindo pra cesta, tentando ajudar. Ainda lhe falta o ritmo da NBA. Vale lembrar que ele estava jogando pelo Pinheiros no NBB, competição que tem uma pegada completamente diferente.

Do lado dos Timberwolves, o pivô Nikola Pekovic só pegou no breu. Após primeiro tempo fraco, assim como Kevin Love, completou o duplo-duplo no segundo tempo, com 17 pontos e 12 rebotes. Love, com aproveitamento abaixo da crítica (4-20), ainda assim fez double-double: 15 pontos e 12 rebotes. O cestinha do time foi Kevin Martin, com 20 pontos.

Quando a bola subiu...

Leandrinho voltou oficialmente à NBA na segunda metade do primeiro quarto. Vindo do banco, ele foi pra cima, agressivo, tentou arremessos, lutou por rebotes e mostrou estar disposto a provar que ainda tem o que mostrar em seu "velho novo" time. O primeiro quarto também marcou o retorno de Chase Budinger às quadras e ao Minnesota. Ele perdeu os primeiros 34 jogos da temporada com um problema no joelho. Ronny Turiaf é outro que retornou, este após 31 jogos e com um problema no cotovelo. Falando em lesão, Eric Bledsoe, fundamental para Phoenix, desfalcou o time pela quarta partida seguida, com lesão no joelho. 

O jogo em si foi equilibrado e seguiu lá e cá, inclusive pela correria (ou desorganização, como preferirem) dos dois times, por um bom tempo. Kevin Love e Nikola Pekovic, os homens do garrafão dos Wolves, fizeram primeiro tempo muito ruim. Os dois, que normalmente lideram o time em pontos, fizeram apenas oito juntos (Love chutou 2-12 e Pekovic, 1-8). Mas o aproveitamento ruim não era só dois dois atletas, e sim das duas equipes. 

Rubio errou e prejudicou Minnesota no fim.
(Foto: NBAE/Getty Images)
Kevin Martin era quem pontuava. Mantinha-se como cestinha, mas Minnesota seguia em pequena desvantagem. O time da casa conseguiu ficar à frente após muito tempo apenas no terceiro quarto. Pekovic melhorou demais no segundo tempo. Fez 15 pontos e acertou 5-8. 

Minnesota ia abrindo vantagem no último quarto, mas Dragic, em grande noite, não deixou. Phoenix não desistiu do jogo e só não conseguiu empate com 40 segundos restando no relógio porque Markieff Morris errou um lance livre. Sorte dos Suns que Ricky Rubio resolveu entregar a paçoca errando três jogadas no último minuto. Restando quatro segundos, Gerald Green acertou da zona morta e acabou com o jogo.

E a arbitragem foi tão ruim que merece um parágrafo só pra ela. O jogo teve momentos de pelada e a arbitragem, aparentemente comovida com isso, também resolveu ter seus altos e baixos.

Próximos jogos - Os Suns pegam os Grizzlies em Memphis na sexta-feira (10) e os Pistons em Detroit no sábado (11); os Wolves recebem Charlotte na sexta (10) e visitam San Antonio no domingo (12).

Resultados da quarta-feira (8) da NBA:
Dallas Mavericks 90 @ 112 San Antonio Spurs
Detroit Pistons 91 @ 112 Toronto Raptors
Indiana Pacers 87 @ 97 Atlanta Hawks
Golden State Warriors 98 @ 102 Brooklyn Nets
Washington Wizards 102 @ 96 New Orleans Pelicans
Los Angeles Lakers 99 @ 113 Houston Rockets
Phoenix Suns 104 @ 103 Minnesota Timberwolves
Orlando Magic 94 @ 110 Portland Trail Blazers
Boston Celtics 105 @ 111 Los Angeles Clippers

A temporada segue hoje com os seguintes jogos (horário de Brasília):
23h: Miami Heat @ New York Knicks 
1h30: Oklahoma City Thunder @ Denver Nuggets 

Na página da NBA, confira classificações e tabela de jogos.

0 comentários :

Postar um comentário