domingo, 26 de janeiro de 2014

PR 100 - Ainda sem vencer

Na abertura da terceira rodada, Atlético empata com o Operário e continua sem vencer no Paranaense

De Curitiba.

Por Willian Gomes.

26/01/2014 - Atlético-PR e Operário se enfrentaram na noite deste sábado (25) no Ecoestádio Janguitto Malucelli. E em um jogo de muitas oportunidades de gol desperdiçadas, o placar final foi o 1 a 1, definido ainda no primeiro tempo. Marcos Guilherme marcou para o Furacão e Lucas Batatinha empatou.

Com o empate, o Atlético segue em busca da primeira vitória no Campeonato Paranaense. O time acumula apenas dois pontos, e está na nona posição. Com cinco pontos, o Operário subiu para segunda posição, mas pode perder alguns lugares com o complemento da rodada.

O Furacão ficará mais uma rodada no Grupo da Morte do estadual. 
(Foto: Bruno Baggio/Site Oficial do Atlético)

O jogo

A primeira etapa começou com o Operário mais equilibrado nos minutos iniciais, mas foi o Atlético quem abriu o placar. Aos 10 minutos, Léo Pereira cruzou da esquerda na área; sozinho, Marcos Guilherme completou de cabeça para o fundo do gol. O gol acordou o Atlético, que começou a perder boas chances de ampliar. Aos 17 minutos, Marcos Guilherme quase fez o segundo. O meia passou pela marcação e chutou forte, mas Marcelo espalmou. Aos 25, Douglas Coutinho também tentou, ele chutou cruzado, e mais uma vez, Marcelo salvou o Operário.

Aos 33 minutos, Douglas Coutinho fez mais uma jogada de velocidade pela esquerda, cortou para o meio e chutou, e Marcelo fez uma excelente defesa. E aos poucos, o Fantasma foi se lançando ao ataque, e perdeu uma grande chance aos 38 minutos. Marquinhos cruzou na medida para Ícaro, que sem goleiro, mandou por cima do gol.

Mas o empate saiu aos 43 minutos. Lucas Batatinha saiu cara a cara com Rodolfo, tocou na saída do goleiro e deixou tudo igual no Ecoestádio.

A etapa final começou devagar. Os dois times não apresentaram o forte ritmo dos primeiros 45 minutos. A partida só esquentou a partir dos 19 minutos, quando Marquinhos invadiu a área e chutou cruzado, mas parou na defesa de Rodolfo.

No minuto seguinte, o Atlético respondeu com Otávio, que arriscou de fora da área, mas Marcelo defendeu. Aos 36, Pedrinho ficou com a sobra, e quase virou para o Operário. Mas a melhor chance do segundo tempo foi com Marcos Guilherme. Aos 39 minutos, o meia ficou sozinho, de frente com Marcelo, mas chutou em cima do goleiro.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 1x1 Operário

Atlético-PR:
Rodolfo; Jean, Tárik, Lucas Alves e Léo Pereira (Sidcley); Juninho, Otávio e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho, Guilherme (Bruno Furlan) e Dominic.
Técnico: Petkovic

Operário: 
Marcelo; Correia (Victor Hugo), Renê, Basso e Alex; Sidnei, Richardson, Marquinhos e Lucas Batatinha (Pedrinho); Andrezinho (Abuda) e Ícaro.
Técnico: Gilberto Pereira

Gols: Marcos Guilherme, aos 9 minutos do 1º tempo para o Atlético; Lucas Batatinha, aos 43 minutos do 1º tempo para o Operário.

Local: Ecoestádio Janguitto Malucelli, em Curitiba (PR)
Data: 25/01/2014
Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Rogério Menon da Silva
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e João Vagner Cavalari

Cartões amarelos: Lucas Alves (Atlético); Victor Hugo (Operário)

Campeonato Paranaense - 3ª rodada:

Sábado, 25/01 às 19h30
Atlético-PR 1x1 Operário

Domingo, 26/01 às 17h
Coritiba x Paraná
Toledo x Londrina
Arapongas x Cianorte
Rio Branco x Prudentópolis
19h30:
J.Malucelli x Maringá

Classificação:
- Maringá - 6 pontos
Operário - 5 pontos
-  J.Malucelli - 4 pontos (2 gols de saldo e 6 gols pró)
Toledo - 4 pontos (1 gol de saldo)
Londrina - 3 pontos (2 gols de saldo e 3 gols pró)
Paraná - 3 pontos (1 gols de saldo e 2 gols pró)
- Rio Branco - 3 pontos (-1 gol de saldo)
- Arapongas - 2 pontos (nenhum gol de saldo)
Atlético - 2 pontos (-1 gol de saldo e 1 gol pró)
10ºCoritiba - 1 ponto (-1 gol de saldo e 1 gol pró)
11º- Prudentópolis - 1 ponto (-3 gols de saldo)
12º- Cianorte - 0 ponto

• Classificados para a segunda fase
• Grupo do torneio da morte

0 comentários :

Postar um comentário