sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Turno novo, nova história

Em busca de um returno melhor, Sesi-SP bate São Caetano e ganha posição na Superliga Feminina

De Belo Horizonte.
Por Jéssica Guimarães.

10/01/2014 - Na noite desta sexta-feira, Sesi-SP e São Cristovão Saúde/São Caetano se enfrentaram em mais um duelo paulista pela Superliga Feminina de Vôlei. Adversários diretos na classificação, as equipes disputaram um jogo de “seis pontos”, como o próprio Hairton Cabral, técnico do São Caetano, definiu. O Sesi, que busca um segundo turno mais regular do que o primeiro, levou a melhor vencendo por 3 sets a 0, com parciais de 21/13, 21/14 e 21/17. O jogo foi válido pela primeira rodada do returno, que começou hoje. 

Com o resultado, o Sesi-SP ultrapassa o São Caetano na classificação geral, atingindo 22 pontos, assumindo o sexto lugar e deixando a equipe do ABC paulista com 21. Dani Lins, levantadora do Sesi-SP e da seleção brasileira, disse após a vitória que em 2014 a postura adotada pela equipe será diferente, admitindo um primeiro turno aquém do esperado. É o que a torcida espera.

Foto: Alexandre Arruda/CBV

Com 12 pontos, a oposta Ivna, do Sesi, e a ponteira Thaisinha, do São Caetano, foram as maiores pontuadoras. O Troféu VivaVôlei, para a melhor em quadra, ficou com a líbero Suelen, do time da casa.

A segunda rodada do returno será realizada apenas no dia 21. O Sesi encara Rio do Sul em casa e o São Caetano recebe o vice-líder Vôlei Amil. Antes disso, o Sesi terá grande duelo contra o Banana Boat/Praia Clube, na próxima quinta (16), às 21h, em Maringá (PR), pelas quartas da Copa Brasil.

O jogo

Considerado uma das surpresas desta Superliga Feminina, o São Caetano iniciou bem a partida, errando menos que o Sesi. Entretanto, a boa defesa e recepção da líbero do Sesi, Suelen, aliado ao bloqueio da central Bia, desequilibraram a partida a partir da metade do primeiro set, fechado em 21 a 13.

No segundo set, a superioridade do Sesi-SP permaneceu, levando a equipe a abrir nove pontos de vantagem. A ponteira Pri Daroit, que vinha bem na partida, sentiu um incômodo no joelho e saiu chorando de quadra. A dor, ao que tudo indica, não foi por nada grave. Mas, por precaução, Daroit não voltou para partida. Suelle, sua substituta, entrou bem e o Sesi fechou o segundo set em 21 a 14.

O terceiro e último set começou equilibrado, com o São Caetano utilizando de forma eficaz os contra-ataques, principalmente com Thaisinha e Dani, que entrou durante a partida. Mas, no fim, não teve jeito. O Sesi voltou a abrir vantagem e não perdeu mais o jogo.

Ficha do jogo:

Sesi-SP 3x0 São Cristóvão Saúde/São Caetano
21/13, 21/14 e 21/17

SESI:
Começaram: Dani Lins (1 ponto), Ivna (12), Pri Daroit (4), Dayse (6), Fabiana (10) e Bia (8). Líbero: Suelen (4).
Entraram: Suelle (4) e Bárbara (0).
Técnico: Talmo de Oliveira

SÃO CAETANO:
Começaram: Diana (1), Thaisinha (12), Sabrina (2), Silvana (4), Roberta (2) e Mara (3). Líbero: Nine
Entraram: Carolina (0), Paula (1), Dani (4) e Flávia (1).
Técnico: Hairton Cabral

Local:  Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
Público: 500
Data: 10/01/2014
Horário: 21h30 (de Brasília)

Arbitragem: Sérgio Godoy Bittencourt (SP) e Paulo Silva (SP)

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Suelen (Sesi)


0 comentários :

Postar um comentário