quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Esperança

Atlético-PR perde para Sporting Cristal, mas faz um gol fora de casa no primeiro jogo pela Pré-Libertadores

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

30/01/2014 - A primeira fase da Libertadores começou para o Atlético-PR. Na noite desta quarta-feira (29), o Furacão foi até Lima, no Peru, encarar o Sporting Cristal, no duelo por uma vaga na fase de grupos da maior competição de clubes do continente. Mas o time peruano saiu em vantagem na partida de ida, vencendo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira. Ávila e Lobatón marcaram para o Sporting, enquanto Éderson fez o gol do time rubro-negro.

A partida de volta será na próxima quarta-feira (5), às 21h50, no Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba. Para avançar na competição, o Atlético precisa de uma vitória por 1 a 0, já que fez um gol fora de casa. Em caso de empate ou derrota, a vaga é dos peruanos.

Em sua quarta Libertadores, Furacão começa com derrota. 
(Foto: Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético)

O jogo

A primeira etapa foi de muita marcação, grande característica do futebol sul-americano. Os dois times estavam mais preocupados em não tomar gols do que em marcar. Mesmo assim, o time da casa foi mais perigoso, e foi para o intervalo em vantagem.

Aos seis minutos, o goleiro Weverton salvou o Atlético em dois lances, nas duas finalizações do atacante Ávila. O arqueiro voltou a aparecer aos 21 minutos. Após cobrança de falta, o zagueiro Cóssio desviou a bola, e o goleiro fez uma defesa.

Aos 29 minutos, as redes balançaram. Depois de um rápido contra-ataque, Ávila invadiu a área e tocou na saída de Weverton; a bola passou caprichosamente por baixo das pernas do goleiro antes de ir para o fundo do gol. O Atlético claramente sentiu o gol adversário, e o melhor para o Furacão foi se segurar até o intervalo para se organizar novamente.

Na etapa final, o jogo ficou aberto, e grandes chances de gol foram desperdiçadas pelas equipes, principalmente pelo time da casa. O time brasileiro chegou ao empate aos oito minutos, após o lateral Natanael sofrer pênalti. Na cobrança, Éderson deixou tudo igual.

O Sporting foi para o ataque e quase retomou a folga aos 12 minutos. Cazulo tentou chutar por cobertura, a bola passou pelo goleiro, mas Cleberson salvou em cima da linha. No minuto seguinte, não teve jeito, e o time da casa virou o jogo. Em mais um pênalti na partida, Manoel derrubou Lobatón na área, e o próprio Lobatón foi para cobrança e converteu. Sporting 2 a 1.

De la Haza, que havia entrado no lugar de Calcaterra, quase ampliou aos 25 minutos. O meia saiu cara a cara com Weverton, mas chutou em cima do goleiro. O Atlético respondeu com Douglas Coutinho, que aproveitou o cruzamento de Marcelo para tentar o gol, mas Penny conseguiu fazer a defesa.

Nos minutos finais, o Sporting esteve mais perto do terceiro gol do que o Furacão de empatar a partida. Balbín chegou perto, mas chutou por cima do gol após cruzamento de Ávila. Dois minutos depois, Ávila parou no travessão, depois da cobrança de escanteio.


Ficha técnica

Sporting Cristal (PER) 2x1 Atlético-PR

SPORTING CRISTAL:
Penny; Ortíz, Balbín, Delgado e Cossío; Calcaterra (De la Haza), Cazulo, Lobatón (Maximiliano Núñez) e Yotún; Ávila e Leguizamón (Ross).
Técnico: Daniel Ahmed

ATLÉTICO-PR:
Weverton; Paulinho Dias, Manoel, Cleberson e Natanael; Deivid, João Paulo, Sueliton (Douglas Coutinho) e Zezinho (Fran Mérida); Marcelo (Nathan) e Ederson.
Técnico: Miguel Ángel Portugal

Gols: Ávila, aos 29 minutos do primeiro tempo e Lobatón, aos 15 minutos do segundo tempo para o Sporting Cristal. Ederson, aos 8 minutos da etapa final para o Atlético.

Local: Estádio Nacional, em Lima (PER)
Data: 29/01/2014
Horário: 21h50 (horário de Brasília)

Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Sergio Roman (CHI)

Cartões amarelos: Natanael, João Paulo, Paulo Dias, Manoel e Douglas Coutinho (Atlético Paranaense); Calcaterra e Yotún (Sporting Cristal)

0 comentários :

Postar um comentário