sábado, 18 de janeiro de 2014

De olho no G-4

Minas conta com tropeço do RJ, vence quarta seguida e encosta no G-4. Confira destaques da rodada da Superliga Masculina de Vôlei

De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

18/01/2014 - Quem mais lucrou nesta 16ª rodada da Superliga Masculina de Vôlei, a quinta do segundo turno, foi o Vivo/Minas. A equipe de Belo Horizonte conseguiu excelente vitória sobre o Brasil Kirin, de Campinas, por 3 sets a 1 (21/18, 15/21, 21/17 e 21/16) e alcançou os 28 pontos. Além de não deixar os adversários deslancharem (estão em terceiro, com 32 pontos), o Minas contou com uma derrota do RJ Vôlei para o São Bernardo em casa por 3 a 1 (21/16, 17/21, 21/12 e 21/14) para encostar no grupo dos quatro primeiros. O RJ, quarto colocado, tem 31 pontos. A vantagem de terminar entre os quatro primeiros é jogar pelo menos uma fase de playoffs podendo ter duas das três partidas em casa. No jogo deste sábado, o oposto Franco foi o maior pontuador do Minas (16 pontos) e o central sérvio Bjelica foi o melhor em quadra, ficando com o Troféu VivaVôlei. Quarta vitória seguida do time minas-tenista, que ainda não perdeu no returno.

O Minas bateu o Brasil Kirin e se aproximou dos quatro primeiros.
(Foto: Orlando Bento/Minas TC)

O líder Sesi-SP conquistou importante e complicada vitória fora de casa neste sábado. No Rio Grande do Sul, bateu o Kappesberg Canoas por 3 sets a 1, com parciais de 22/20, 22/20, 16/21 e 21/18, e chegou a 43 pontos (15 vitórias em 16 jogos), mantendo-se três à frente do Sada Cruzeiro, vice-líder com um jogo a menos e que também venceu na rodada. No jogo do Sesi, o oposto cubano Angel Dennis, de Canoas, fez 21 pontos, mas não impediu a derrota para o time do ponteiro Mão, escolhido o melhor em quadra.

O Sada Cruzeiro teve que suar para bater o Voltaço no Riacho, em Contagem (MG). De virada, o vice-líder do torneio venceu por 3 sets a 1, com parciais de 19/21, 22/20, 21/15 e 21/18. O ponteiro cubano Leal, com 16 pontos, e o oposto Wallace, com 15, foram os maiores pontuadores do jogo. Leal foi eleito o melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. O Sada atinge os 40 pontos (13 vitórias e duas derrotas), três a menos que o Sesi, que tem um jogo a mais.

Sada Cruzeiro segue na cola do Sesi-SP.
(Foto: Renato Araújo/Divulgação Sada Cruzeiro)

Na vitória do São Bernardo sobre o RJ Vôlei por 3 a 1, o maior pontuador foi o oposto Leozão, de SBC, com 19 acertos. O ponteiro Ceará, que fez sete pontos, ficou com o Troféu VivaVôlei. O RJ permanece com 31 pontos, em quarto lugar, e São Bernardo chega a 18 e mantém o oitavo lugar, último da zona de classificação.

Fechando a rodada, o Montes Claros venceu duelo mineiro contra a UFJF em mais um 3 sets a 1, com parciais de 19/21, 25/23, 21/19 e 21/16. Danilo, com 17 acertos, foi o maior pontuador do MOC e do jogo e foi o melhor em quadra. Com a quarta vitória em 15 jogos, Montes Claros assume o nono lugar. Com oito pontos e a 13ª derrota em 15 partidas, Juiz de Fora segue na lanterna.

A rodada só será completada no dia 18 de fevereiro, quando Moda/Maringá e Funvic/Taubaté se enfrentam no Paraná.

16ª rodada - 5ª do 2º turno:
Sábado (18/1), às 17h: 
Vivo/Minas 3x1 Brasil Kirin, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG) - 21/18, 15/21, 21/17 e 21/16
Sada Cruzeiro 3x1 Voltaço, no Riacho, em Contagem (MG) - 19/21, 22/20, 21/15 e 21/18
18h: 
RJ 1x3 São Bernardo, no Tijuca TC, no Rio de Janeiro (RJ) - 16/21, 21/17, 12/21 e 14/21
Kappesberg Canoas 1x3 Sesi-SP, no La Salle, em Canoas (RS) - 20/22, 20/22, 21/16 e 18/21
21h30: 
Montes Claros 3x1 UFJF, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) - 19/21, 25/23, 21/19 e 21/16
Terça (18/2), às 19h15: 
Moda/Maringá x Funvic/Taubaté, no Chico Neto, em Maringá (PR)


0 comentários :

Postar um comentário