segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Caiu mais uma gigante

De virada, Sharapova perde para Cibulkova e está fora do Australian Open

De Recife.
Por Anderson Moura.

20/01/2014 - Na primeira partida da Rod Laver Arena, em Melbourne, na madrugada desta segunda-feira, duelo importante entre Dominika Cibulkova, cabeça de chave número 20, e Maria Sharapova, cabeça de chave número 3. Sharapova começou bem, mas voltou a apresentar erros como nas últimas partidas. Dessa vez, não deu pra vencer. A eslovaca aproveitou a superioridade física e venceu a russa, de virada, por 2 sets a 1, com parciais 3/6, 6/4 e 6/1, em 2h22min de partida.

Sharapova está fora do Australian Open.
(Foto: Ben Solomon/Tennis Australia/Divulgação Australian Open)

Ao longo do jogo, Maria, que foi superior em winners (26 a 17), cometeu incríveis 45 erros não forçados, 17 a mais que sua adversária, e 34 nas duas últimas parciais. No terceiro set, foram sete duplas faltas da russa. Não dá pra ganhar assim.

Cibulkova agora espera a vencedora do confronto entre a sérvia Jelena Jankovic, cabeça de chave número 8, e a romena Simona Halep, cabeça de chave número 11, para saber quem enfrentará nas quartas de final do primeiro Grand Slam do ano.

Cibulkova segue em busca do título.
(Foto: Ben Solomon/Tennis Australia/Divulgação Australian Open)

O jogo

No primeiro set, Sharapova já começou com uma quebra e três aces. Aproveitando que a eslovaca cometeu três duplas faltas, a russa conseguiu fechar o set em 6/3, com uma quebra no nono game.

A segunda parcial começou igual à primeira, com uma quebra, mas dessa vez, quem quebrou foi Cibulkova, aproveitando os erros de saque da russa. Até o quinto game, a eslovaca dominava e tinha tudo para fechar com um "pneu", mas a russa reagiu, conseguindo vencer quatro games seguidos. Porém, a eslovaca venceu o décimo game e fechou em 6/4.

O terceiro set começou com Sharapova sendo quebrada e Cibulkova dominando a partida, com boas devoluções e com a russa com muitos erros não forçados. A eslovaca continuou bem melhor na partida e se aproveitou da superioridade física para fechar em 6/1.

Logo mais, aqui no Boleiros da Arquibancada, você poderá conferir a oitava edição da coluna "Nas quadras da Austrália", com os destaques do dia do Australian Open.

Confira os resultados do dia no Australian Open.

0 comentários :

Postar um comentário