terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Agora rivais

Depois de atuarem juntos nos últimos sete anos, Marcelinho e Duda Machado ficarão frente a frente pela primeira vez na história do NBB no duelo entre Flamengo e Macaé

Do site oficial da Liga Nacional de Basquete.

07/01/2014 - Foram tantos anos atuando lado a lado que é até um pouco difícil pensar em Marcelinho e Duda se enfrentando. Mas essa hora chegou. Pela primeira vez na história do NBB, os irmãos Machado ficarão frente a frente. O confronto familiar acontecerá nesta terça-feira, às 20 horas (de Brasília), no duelo entre Flamengo e Macaé Basquete, no Ginásio da Gávea, no Rio de Janeiro (RJ).

Juntos, Duda e Marcelinho disputaram a cinco primeiras edições do NBB.
(Foto: Ricardo Cassiano/LNB)

Desde 2007 atuando juntos com a camisa do clube rubro-negro, Marcelinho e Duda se separaram antes do início da temporada 2013/2014 do NBB. O irmão mais velho seguiu na equipe flamenguista, enquanto que Duda foi uma das principais contratações do estreante Macaé para a disputa da sexta edição do maior campeonato de basquete do país.

“Jogar contra o Marcelo sempre gera uma expectativa a mais. Além disso, vou jogar contra minha ex-equipe e isso também traz um algo a mais para esse jogo. Mas a partir do momento que a bola sobe, eu vou tentar defender o meu time com todo o empenho, assim como ele (Marcelinho) vai fazer o mesmo pelo Flamengo. Mesmo assim, como tudo na nossa família, tenho certeza que vai rolar uma brincadeira (risos)”, explicou Duda.

O duelo válido pela 13ª rodada do NBB 2013/2014 e que contará com o duelo dos irmãos Machado será uma reedição da decisão do Campeonato Carioca 2013. Então, apesar de duelarem pela primeira vez em partidas válidas pelo NBB, Marcelinho e Duda já sentiram o gosto de ficar frente a frente. Na final do Estadual, Marcelinho levou a melhor sobre o caçula, já que o Flamengo venceu a série por dois jogos a zero e ficou com o título.

Recuperado da lesão que o afastou da última temporada, Marcelinho é um dos destaques do Flamengo no NBB 2013/2014.
(Foto: Marco Aurélio/Divulgação)

“Toda vez que enfrento o Duda é especial. Ele é meu irmão, jogamos juntos por vários anos e torço muito por ele. Um pouco menos quando nos enfrentamos, claro. Vamos estar em lados opostos, cada um defendendo sua equipe, e ele é o tipo de jogador que pode decidir uma partida. Na final do Estadual, fizemos jogos muito iguais, e isso mostra o equilíbrio desse confronto”, disse Marcelinho.

Bicampeão do NBB (2008/2009 e 2012/2013) com a camisa do Flamengo ao lado de seu irmão, Duda mudou de ares e agora defende as cores do Macaé. Reserva com maior contribuição para o título rubro-negro na última temporada da competição, o ala é uma das principais peças do esquadrão do interior do Estado do Rio de Janeiro e é o segundo principal cestinha da equipe dirigida pelo técnico Léo Costa, com média de 12,6 pontos.

“Sabia que com a equipe que o Flamengo estava montando para esta temporada, eu teria que dividir minutos com jogadores de muita qualidade. Macaé me apresentou um projeto muito interessante e eu poderia ser o protagonista de um time do NBB. Com certeza esse foi o fator fundamental para eu deixar o Flamengo. Tomei essa decisão com muita cautela e conversei com muita gente antes de bater o martelo”, disse Duda, que ainda conquistou o título da Liga Sul-Americana 2009 ao lado de Marcelinho no clube da Gávea.

Duda se transferiu para Macaé antes do início do NBB 6.
(Foto: Weverton D’avilla/Divulgação)
Duelo entre os irmãos Machado à parte, a partida entre Flamengo e Macaé é de extrema importância para as equipes. Dono da terceira posição na tabela de classificação, com oito vitórias em 11 partidas realizadas, o clube da capital carioca luta para se manter na cola do líder Limeira e do segundo colocado Pinheiros. Enquanto isso, a agremiação macaense triunfou em apenas três de seus 11 primeiros compromissos e segue em busca de fugir das últimas colocações do NBB.

“Macaé tem um bom time, com vários jogadores experientes, como Márcio e Fred. Eles estão buscando uma recuperação no campeonato e por isso precisamos ter concentração. Temos que jogar com inteligência para ficar com a vitória”, disse Marcelinho.

“Espero que a gente consiga uma vitória amanhã. Nossa situação no campeonato não está boa e estamos longe daquilo que gostaríamos. Sabemos que nossa equipe não é favorita ao título, mas não temos um time para estar aonde estamos atualmente. Teremos um jogo difícil contra o Flamengo, mas ao mesmo tempo é uma ótima oportunidade para começarmos a nos recuperar no NBB”, concluiu o caçula dos irmãos Machado, Duda.

Confira tabela de jogos e classificação do NBB.

0 comentários :

Postar um comentário