segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Show do craque e despedida

No último jogo antes do embarque para Marrocos, R10 retorna, marca duas vezes e Galo empata com o Vitória no Horto

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

09/12/2013 - O torcedor atleticano teve a chance de se despedir do seu time antes do embarque da equipe para o Marrocos, onde o time disputará o Mundial de Clubes. Em uma partida em que o Vitória quase colocou água no chopp da festa alvinegra, o Galo reagiu a tempo e o placar ficou à altura do que se viu em campo. Com Ronaldinho de volta após recuperação de lesão na coxa, um 2 a 2, com dois gols do craque (de falta e de pênalti), que ficou de bom tamanho, foi o bastante para os mais de 22 mil torcedores que lotaram o Independência realizarem sua festa de despedida.

O resultado deixou o Atlético-MG na honrosa oitava posição com 57 pontos, dentro daquilo que todos imaginavam. O Vitória, que ainda almejava uma vaga na Libertadores 2014, e até voltou a sentir o gostinho de entrar no G-4 no início da rodada final, acabou terminando em quinto, com 59.

 Após quase três meses sem jogar, Ronaldinho foi o melhor em campo.
(Foto: Bruno Cantini/Atlético Mineiro)

O Galo agora segue para o Marrocos, onde disputará o Mundial de Clubes, que começa no próximo dia 11. Para o clube mineiro, início no dia 18. Já o rubro-negro baiano só verá a cor da bola em 2014.

Susto no início

O Vitória não entrou no clima de festa dos atleticanos e logo partiu para cima. Aos três minutos, Marquinhos cruzou na diagonal e a bola acabou entrando direto para as redes. Aos seis, Ayrton levantou, e Dinei cabeceou para grande defesa de Victor. Na sobra, Maxi Biancucchi ampliou o placar. Foi o cartão de visita que o rubro-negro baiano fez para o Galo. 

Depois dos gols sofridos, o torcedor atleticano deu aquele conhecido apoio e jogou junto com a equipe. Aos poucos, o Atlético-MG foi pressionando, criando belas oportunidades, mas parava nas luvas salvadores de Wilson, talvez, o grande nome do Vitória no jogo. Mas, aos 48 minutos, Ronaldinho, que retornava à equipe na tarde de hoje, esbanjou categoria ao cobrar a falta com extrema perfeição, como quem quisesse colocar com a mão. No ângulo.

Pressão até o empate

O segundo tempo começou com o Vitória quase ampliando o placar. Marquinhos mandou uma bola na trave aos três minutos. Pouco depois, Ronaldinho chegou a empatar, mas o gol foi corretamente anulado. O rubro-negro baiano começou a cadenciar o jogo, prender mais a bola, dando mostras de que o resultado estava ótimo, mas era muito cedo para segurar a partida. O Atlético era quem estava mais afim de jogo, empurrado por seu torcedor, e querendo sair de Belo Horizonte com astral elevado.


A partir da metade do jogo, com a equipe mais ofensiva, e Ronaldinho comandando a partida, o Atlético passou a pressionar mais, chegando à acuar o Vitória. Usando outro esporte como exemplo, o boxe, o rubro-negro baiano estava nas cordas. Depois de tanta pressão, veio a penalidade máxima sofrida por Neto Berola, ex-jogador do time do Barradão. Ronaldinho Gaúcho, com enorme categoria, empatou o jogo e deu números finais ao embate.

Ficha do jogo

Atlético-MG 2 x 2 Vitória

ATLÉTICO-MG:
Victor; Marcos Rocha, Gilberto Silva, Réver e Lucas Cândido; Pierre, Leandro Donizete (Alecsandro), Ronaldinho Gaúcho e Luan (Rosinei); Jô e Fernandinho (Neto Berola).
Técnico: Cuca

VITÓRIA:
Wilson; Ayrton, Renato Santos (Luis Gustavo), Kadu e Juan; Marcelo (Danilo Tarracha), Luís Cáceres e Escudero; Marquinhos, Dinei e Maxi Biancucchi (William Henrique).
Técnico: Ney Franco

Motivo: Última rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 08/12/2013
Horário: 17h (de Brasília)
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 22.315 pagantes
Renda: R$632.635

Árbitro: Héber Roberto Lopes (PR)
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Cartões amarelos: Ronaldinho Gaúcho e Marcos Rocha (CAM); Escudero e Luiz Gustavo (VIT)

Gols: Marquinhos, aos três e Maxi Biancucchi, aos seis minutos do primeiro tempo (Vitória); Ronaldinho, aos 48 minutos do primeiro tempo e aos 45 minutos do segundo tempo (Atlético)

***

38ª rodada: 
Sábado (7), às 19h: 
Flamengo 1x1 Cruzeiro
19h30: 
Náutico 1x0 Corinthians
Domingo (8), às 17h: 
Atlético-MG 2x2 Vitória
Internacional 0x0 Ponte Preta
Portuguesa 0x0 Grêmio

Classificação final do Campeonato Brasileiro 2013:
1º - Cruzeiro - 76 pontos 
2º - Grêmio - 65 pontos 
3º - Atlético-PR - 64 pontos
4º - Botafogo - 61 pontos 
5º - Vitória - 59 pontos, 16 vitórias e 6 gols de saldo
6º - Goiás - 59 pontos, 16 vitórias e 4 gols de saldo
7º - Santos - 57 pontos, 15 vitórias e 13 gols de saldo
8º - Atlético-MG - 57 pontos, 15 vitórias e 11 gols de saldo
9º - São Paulo - 50 pontos e 14 vitórias 
10º - Corinthians - 50 pontos e 11 vitórias 
11º - Flamengo - 49 pontos
12º - Portuguesa - 48 pontos, 12 vitórias e 4 gols de saldo
13º - Coritiba - 48 pontos, 12 vitórias e -3 gols de saldo
14º - Bahia - 48 pontos, 12 vitórias e -8 gols de saldo
15º - Internacional - 48 pontos e 11 vitórias
16º - Criciúma - 46 pontos e 13 vitórias
17º - Fluminense - 46 pontos e 12 vitórias
18º - Vasco - 44 pontos 
19º - Ponte Preta - 37 pontos 
20º - Náutico - 20 pontos 

0 comentários :

Postar um comentário