terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Sem derrota

Molico/Nestlé vence Praia Clube em Uberlândia e mantém invencibilidade e liderança na Superliga Feminina de Vôlei

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

03/12/2013 – Ninguém segura o Molico/Nestlé neste início de temporada da Superliga Feminina de Vôlei. Em quinto lugar na classificação geral, o Banana Boat/Praia Clube recebeu na noite de hoje o time Osasco, líder e invicto no torneio. O time de Uberlândia não soube aproveitar o baixo rendimento das adversárias no passe e acabou derrotado em casa por 3 a 0 (parciais de 16/21, 15/21, 18/21, em 1h14)). Com isso, a equipe paulista seguem na ponta, com 20 pontos, sem ter perdido nenhuma das sete partidas que fez. O Praia segue em quinto, com 12 pontos e quatro vitórias em sete jogos.

Mesmo sem jogar seu melhor vôlei, Osasco vence Praia fora de casa.
(Foto: Molico/Osasco - Divulgação)
O jogo foi decidido nos talentos individuais utilizados nos momentos certos. Osasco, com Sheilla, Thaísa e Adenízia, teve mais recursos, mesmo com Bosetti e Malagurski irregulares no passe. Já técnico Spencer Lee, do Praia, demorou a escutar a torcida e colocar Herrera em quadra. Quando entrou, a cubana já não conseguiu reverter o resultado negativo.

Com 17 acertos, a oposto Sheilla foi a maior pontuadora da partida. A ponteira italiana Catherina Bosetti foi escolhida a melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. Do lado do Praia, a oposto Monique e a central Mayhara foram as maiores pontuadoras, com nove.


Os próximo desafios serão na sexta-feira (6). O do Praia Clube não vai ser fácil. A equipe mineira encara o Unilever, vice-líder, fora de casa, às 21h30 (de Brasília). Já o Osasco tem clássico contra o Sesi, no José Liberatti, seu ginásio, às 19h30.

O jogo

No primeiro set, o que ficou claro foi a irregularidade do Osasco. O time tentava chegar no ritmo certo, mas o passe deixava a levantadora Fabíola sem muitas opções. O Praia, mesmo diante da fragilidade momentânea das adversárias, não conseguiu se equiparar, errou muito e perdeu a primeira parcial por 21 a 16.

O segundo set teve mudanças. Luizomar de Moura percebeu as dificuldades da sérvia Malagurski e substituiu a ponteira por Gabi. Mesmo assim, o Osasco ainda cometia erros, mas compensava no bloqueio. As mandantes ficaram devendo em eficiência de ataque. A entrada de Herrera poderia ajudar, mas o técnico Spencer Lee preferiu não optar por essa opção naquele momento. Mais uma vitória paulista, por 21 a 15.

Veio a terceira parcial e a torcida, enfim, foi ouvida. Herrera entrou no lugar de Glass e o Praia foi aos poucos correspondendo. Chegou a liderar o placar, mas viu o Osasco de Sheilla ir chegando aos poucos e conquistar a virada. 21 a 18 e vitória por 3 a 0 para as visitantes em Uberlândia.

Ficha do jogo:

Banana Boat/Praia Clube 0 x 3 Molico/Nestlé
16/21, 15/21 e 18/21

PRAIA CLUBE:
Começaram: Juliana (1 ponto), Monique (9), Glass (3), Michele (1), Aline (4) e Mayhara (9). Líbero: Tassia.
Entraram: Natalia (3), Isabela (0), Camila (2) e Herrera (3).
Técnico: Spencer Lee

MOLICO:
Começaram: Fabíola (2), Sheilla (17), Bosetti (6), Malagurski (0), Thaísa (10) e Adenízia (11). Líbero: Camila Brait.
Entraram: Gabi (4)
Técnico: Luizomar de Moura

Local: Praia Clube, em Uberlândia (MG) 
Público: 2000 
Data: 03/12/2013 
Horário: 19h30 (de Brasília) 

Arbitragem: Luiz Henrique Coutinho (MG) e Ricardo Santos (MG) 

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Caterina Bosetti - MOL

0 comentários :

Postar um comentário