segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Especial Mundial 2013 - Auckland City: Curto caminho vitorioso

Com apenas nove anos de fundação, Auckland City vai para o seu quinto Mundial de Clubes

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.

09/12/2013 - Começa hoje a série especial sobre as equipes participantes do Mundial de Clubes 2013, que será realizado no Marrocos, entre os dias 11 e 21 de dezembro. O representante brasileiro, campeão da Libertadores, será o Atlético-MG. Ao lado do Bayern de Munique, da Alemanha, o Galo figura como favorito ao título. Raja Casablanca (Marrocos), Auckland City (Nova Zelândia), Monterrey (México), Guangzhou Evergrande (China) e Al-Ahly (Egito) também brigam pelo posto de melhor equipe de futebol do mundo. No atual formato, organizado pela FIFA, Corinthians (2000 e 2012), São Paulo (2005) e Internacional (2006) foram campeões pelo Brasil.

Equipe titular do Auckland City no pentacampeonato da Liga dos Campeões da Oceania.
(Foto: OFC)

Pela primeira vez, o Marrocos, que também será sede em 2014, recebe o torneio. Em 2000, o Brasil recebeu a edição de estreia. De 2005 a 2008, o Japão foi o palco. Os Emirados Árabes Unidos receberam os times nos dois anos seguintes e a competição voltou para os estádios japoneses em 2011 e 12.

No pontapé inicial, o Boleiros da Arquibancada traz para o amigo internauta as informações do clube com maior número de participações na Copa do Mundo de Clubes da FIFA, o Auckland City Football Club, da Nova Zelândia. Fundado em 2004 (9 anos), o City, assim chamado em seu país, já conquistou a Liga dos Campeões da Oceania por cinco vezes (2006, 2008-2009, 2010-2011, 2011-2012, 2012-2013), além de três campeonatos nacionais (2006, 2007, 2009).

Mesmo com pouco tempo no futebol, o Auckland City é o clube com maior número de participações no Mundial de Clubes da FIFA. O time neozelandês divide esse posto com o Al-Ahly, do Egito. Cada um tem cinco edições no currículo.

Em 2006, perdeu para o Al-Ahly por 2 a 0 e para o Jeonbuk, da Coreia do Sul, por 3 a 0 na disputa do quinto lugar. Em 2009, marcou o seu primeiro gol e teve a sua primeira vitória diante do Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos. A partida terminou com o placar de 2 a 0 (gols de Coombes e Dickinson). Nas quartas de final, porém, foi derrotado pelo Atlante, do México, por 3 a 0. Na disputa do quinto lugar, passou pelo Mazembe (Congo) por 3 a 2. No playoff de 2011, sofreu revés para o Kashiwa Reysol, do Japão, por 2 a 0. Já no ano passado, foi eliminado mais uma vez por uma equipe japonesa. Dessa vez, vitória do Sanfrecce Hiroshima por 1 a 0.

A equipe da cidade mais importante da Nova Zelândia é considerada, até pelos próprios dirigentes, amadora. No entanto, algumas contratações importantes foram feitas para a disputa. O lateral John Irving, ex-Everton, foi a maior delas.

Na pré-temporada, o City disputou nove partidas e venceu oito. Entre as vitórias, 1 a 0 no Wellington Phoenix, único time profissional do país. No atual campeonato neozelandês, está com a liderança. Foram três vitórias e um empate no início da competição nacional.

O treinador do time azul é o catalão Ramón Tribulietx, que já estava no comando na campanha de 2009. Em entrevista à FIFA, o técnico disse que está muito feliz com mais uma classificação para o Mundial, porém agora chegou a hora de ir mais longe e acredita em um bom desempenho de sua equipe.

Após as quatro partidas na Liga Nacional, Tribulietx levou o grupo para concentração na cidade de Barcelona. O grande receio do comandante é a presença da torcida marroquina, já que a estreia do Auckland será diante do Raja Casablanca, time da casa. O jogo será realizado nesta quarta-feira (11), às 17h30 (horário de Brasília), em Agadir. A preocupação acontece por conta da novidade, já que na Nova Zelândia não há grande público nas partidas. O estádio utilizado pelo City, o Kiwitea Street, por exemplo, tem capacidade para apenas 3.500 torcedores.

Lista da equipe*

Goleiros

Tamati Williams
Lewis Caunter
Oliver Sail

Defensores

Takuya Iwata
Angel Berlanga
John Irving
James Pritchett
Ivan Vicelich (Capitão)
Andrew Milne

Meias

Mario Bilen
Christopher Bale
Daniel Koprivcic
Alex Feneridis
Cristobal Marquez
Adam McGeorge
Sam Burfoot

Atacantes

Darren White
Ryan de Vries
Roy Krishna
Adam Dickinson
David Browne
Emiliano Tade
Rory Turner

Técnico: Ramón Tribulietx

*Lista divulgada pela FIFA

0 comentários :

Postar um comentário