sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Especial Mundial 2013 - Al Ahly: Passo a passo

Al Ahly, do Egito, evita pular etapas para ter um Mundial de Clubes positivo

De São Paulo.
Por Eduardo do Carmo.

13/12/2013 - Todos os times dos centros menos famosos do futebol que garantem vaga para o Mundial de Clubes logo pensam no confronto com o campeão da Liga dos Campeões da Europa. O Al Ahly, porém, está totalmente focado no jogo de estreia, diante do Guangzhou Evergrande, da China. De acordo com o técnico Mohamed Youssef, a empolgação fica por conta dos torcedores. Isso porque 'Os Vermelhos' já participaram da competição por quatro vezes, mas nunca enfrentaram o representante europeu.

Ídolo do Al Ahly e da seleção egípcia, Aboutrika participa da última competição da carreira.
(Foto: AFP)

Em sua primeira Copa do Mundo de Clubes, em 2005, o Al Ahly foi eliminado nas quartas de final pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita. No ano seguinte, passou pelas quartas, com 2 a 0 no Auckland City, mas caiu na chave do sul-americano. Na oportunidade, o Internacional de Porto Alegre, que eliminou o time do Egito com um triunfo de 2 a 1. Em 2008, nova derrota, dessa vez nas quartas de final para o Pachuca. A equipe mexicana avançou com 4 a 2 na prorrogação. Na última participação, ano passado, o Al Ahly perdeu para o Corinthians por 1 a 0, gol de Guerrero.

Dessa vez, a equipe do Egito, enfim, voltou para o caminho do time europeu e não quer desperdiçar a oportunidade. De acordo com a FIFA, a página oficial do Facebook do Bayern de Munique registrou várias mensagens de torcedores do Al Ahly ansiosos pelo duelo. O treinador dos egípcios, no entanto, não quer nem saber desse papo antes do primeiro compromisso.

- Há muito caminho pela frente antes que a equipe possa pensar em enfrentar os campeões europeus. Qualquer pessoa que entenda de futebol deve reconhecer que o jogo mais importante é o de estreia - disse Mohamed Youssef em entrevista para a FIFA.

O técnico ainda mostrou estar ligado nos chineses ao comentar sobre as campanhas e o elenco do Guangzhou Evergrande:

Os nossos adversários chineses são muito fortes, ganharam o campeonato nacional e o título asiático, ostentam três craques estrangeiros, dois brasileiros e um argentino, e possuem sete jogadores da seleção da China.

O Mundial também é muito especial para os egípcios por conta da despedida do ídolo Mohamed Aboutrika, que pode se isolar na artilharia da competição. Atualmente, com quatro gols, Aboutrika divide esse posto com o brasileiro Denílson e o argentino Lionel Messi. O meio-campista se aposentará logo após o término do Mundial.

O Al Ahly Sporting Club, da cidade do Cairo, é o clube mais tradicional do Egito. Fundado em 29 de abril de 1907, conquistou oito títulos da Liga dos Campeões da África, quatro Copa das Confederações da África, 36 Campeonatos Egípcios e 35 Copas do Egito, além de diversas conquistas em torneios entre times árabes e outros campeonatos nacionais de menor porte.

Com o grande desastre em Port Said, o Campeonato Egípcio está parado. Assim, o Al Ahly jogou a Liga dos Campeões (título em 2013 diante do Orlando Pirates da África do Sul) sem disputa paralela do nacional. A conquista na Liga dos Campeões da CAF classificou os maiores vencedores do continente para Marrocos.

Nas quartas de final, os egípcios encaram o Guangzhou Evergrande, da China, no próximo sábado (14), às 14h (horário de Brasília), em Agadir. O vencedor deste duelo enfrenta o Bayern de Munique na semifinal.

Lista da equipe*

Goleiros

Sherif EKRAMY
Ahmed ADEL
Mahmoud ABOU ELSEOUD

Defensores

RABIA RAMY
Sherif ABDELFADEEL
Wael GOMAA
Saadeldin SAAD
Mohamed NAGUIB

Meias

Raheel SABRI
AHMED NABIL
Shehab AHMED
Ahmed SHOKRY
Walid SOLIMAN
Ahmed KENAWI
Abdalla SAID
Mohamed ABOUTRIKA
AHMED FATHI
Hossam ASHOUR
TREZEGET

Atacantes

EMAD METEAB
AMR GAMAL
ELSAYED HAMDI
Dominique DA SYLVA

Técnico: MOHAMED YOUSSEF

*Lista divulgada pela FIFA

0 comentários :

Postar um comentário