domingo, 15 de dezembro de 2013

Ainda invicto

Em duelo de gigantes, Sada Cruzeiro derrota Rio de Janeiro e se firma cada vez mais na liderança da Superliga

De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

15/12/2013 - De um lado, o campeão mundial. Do outro, o atual campeão da Superliga Masculina de Vôlei. Esse foi o confronto entre os dois primeiros colocados da atual temporada, Sada Cruzeiro e RJ Vôlei, no ginásio do Riacho, em Contagem, pela 11ª rodada, a última do primeiro turno. O duelo de gigantes, com vários atletas da seleção brasileira, mostrou o quanto a fase dos mineiros é boa. Com um primeiro set avassalador e uma derrota no terceiro (apenas a quarta parcial perdida em toda competição), o Sada não encontrou dificuldades para vencer o RJ por 3 sets a 1, com parciais de 21/12, 21/18, 19/21 e 21/13, e manter-se invicto após dez partidas.

Com esse resultado, o Cruzeiro continua líder absoluto da Superliga Masculina, com 30 pontos, além de aumentar sua sequência de vitórias para 10 jogos. O time do Rio de Janeiro conhece sua terceira derrota seguida e perde uma posição na tabela para o Sesi, que é o novo vice-líder da competição, com um ponto a mais (25 a 24).

Foto: Alexandre Arruda/CBV

O jogo

Em um início avassalador, o poderio ofensivo do Sada Cruzeiro ficou evidente e o time abriu 9/3. O volume de jogo da equipe mineira era incrível e não dava espaço para uma reação carioca. Sem perder um ataque, com os saques entrando e o oposto Wallace inspirado, o Sada fechou a primeira parcial em 21/12.

O ritmo da partida não caia e, se no primeiro set o fundamento que se destacou foi o saque, no segundo, o bloqueio apareceu. O Sada fez 14/8 e deu a impressão que continuaria soberano. Porém, na volta do segundo tempo técnico, o Rio de Janeiro converteu dois pontos de bloqueio e pôde respirar um pouco mais. O Cruzeiro deixou de virar algumas bolas importantes e, dessa maneira, o RJ cresceu no jogo. No entanto, a vantagem mineira era grande e o Sada garantiu o segundo set por 21/18.

O Sada Cruzeiro voltou mais desatento no terceiro set, errando bastante, principalmente no saque. O set foi lá e cá, com um nível técnico mais baixo. As duas equipes cediam ao seu adversário muitos pontos em erros e, assim, se revezavam na ponta do placar. No fim do set, o Rio de Janeiro conseguiu abrir dois pontos e depois fechar em 21 a 18.

É no momento decisivo que os craques aparecem. Foi assim no quarto set. Quando o jogo mostrava que iria ser mais disputado, William e Wallace chamaram a responsabilidade e resolveram para o Sada Cruzeiro. Acreditando em todas as bolas, o Sada passou a converter os ataques e abriu 12/6. Essa sequência só terminou com um erro de saque de Filipe. Com a vantagem construída, a equipe mineira só teve que administrar até fazer 21/13 e determinar o resultado final da partida.

VivaVôlei para Wallace, que passa para Díaz

No fim do jogo, um episódio interessante. O oposto Wallace, autor de 23 pontos e eleito o melhor em quadra, presenteou o seu colega Luis Diaz com o Troféu VivaVôlei, destinado ao melhor em quadra. Diaz entrou ainda no primeiro set, quando o cubano Leal saiu machucado, e teve que escutar por diversas vezes a torcida gritar o nome do atleta que havia deixado a partida. Em respeito ao seu companheiro de equipe, Wallace teve esse ato de reconhecimento à colaboração do venezuelano em quadra como uma forma de repúdio à atitude dos torcedores nessa ocasião.

Ficha do jogo:

Sada Cruzeiro 3 x 1 RJ Vôlei
21/12, 21/18, 18/21 e 21/13

SADA CRUZEIRO:
Começaram: William (1 ponto), Wallace (23), Filipe (7), Leal (1), Isac (5) e Éder (9). Líbero: Serginho.
Entraram: Luis Diaz (11), Lucas (0), PV (0) e Douglas Cordeiro (4).
Técnico: Marcelo Mendez

RJ VÔLEI:
Começaram: Bruno (4), Leandro Vissotto (11), Thiago Sens (3), Vinícius (9), Ualas (6) e Rodrigão (3). Líbero: Mário Jr.
Entraram: Índio (0), Rodriguinho (2) e Satiro (0)
Técnico: Marcelo Fronckowiak

Local: Ginásio do Riacho, em Contagem (MG)
Público: 2000
Data: 14/12/2013
Horário: 21h30 (de Brasília)

Arbitragem: Luiz Coutinho (MG) e Gustavo Costa (MG)

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Wallace (Sada Cruzeiro)

0 comentários :

Postar um comentário