quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A mil fora de casa

Vôlei Amil vence Unilever no Rio de Janeiro e cola na segunda colocação da Superliga Feminina

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

18/12/2013 – Em briga direta pela segunda colocação da Superliga Feminina, Unilever e Vôlei Amil se enfrentaram no que prometia ser o melhor jogo da 11ª rodada, nesta terça-feira (17), no Maracanãzinho, Rio de Janeiro. E as duas equipes não decepcionaram, fizeram uma partida disputada e decidida nos detalhes, com vitória das bravas visitantes, que fecharam o jogo em 3 a 2. A vitória do Amil teve parciais de 21/18, 14/21, 18/21, 21/14 e 15/9, em pouco mais de duas horas de duração.

No duelo desta noite, a oposta Tandara foi mais uma vez a maior pontuadora, com 24 acertos, enquanto o VivaVôlei ficou para a ponteira Natália, responsável por 13 pontos. Com 16, a canadense Sarah Pavan foi a principal marcadora da equipe carioca.

Com Tandara e Natália em grande noite, Campinas consegue vencer o Unilever.
 (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Na casa das adversárias, o time de Campinas não se mostrou intimidado. Liderada por Tandara e por um sistema defensivo que funcionou, a equipe de José Roberto Guimarães conseguiu se sobressair. O jogo foi bastante disputado e ficou em aberto até o tie-break, quando o Amil abriu boa vantagem e contou com uma ajuda extra, a falta de concentração das adversárias. E por 15 a 9, a equipe paulista somou dois pontos e colou no Unilever na briga pela segunda colocação, com apenas um ponto de diferença.

O Amil chegou aos 26 pontos e reduziu a diferença para o Unilever, segundo colocado, para um ponto. Enquanto isso, o Molico/Nestlé, de Osasco, lidera com 31 pontos e ainda invicto. A próxima rodada da Superliga, a 12ª, é a penúltima do primeiro turno, e o Unilever joga mais uma vez em casa, dessa vez contra o Barueri, às 19h da sexta-feira (20). Já o Vôlei Amil encara o Uniara, em Araraquara, às 20h.

Quando a bola subiu...

Coladas no placar, as duas equipes fizeram um primeiro set muito regular. Lideradas por Tandara, o Campinas chegou a ficar atrás, mas se recuperou bem com um bloqueio certeiro, e fechou a parcial em 21 a 18.

Forte no bloqueio, o Unilever voltou no segundo set sem se deixar abater pela derrota na última parcial. Apesar da vantagem conquistada no inicio, o time carioca logo se viu pressionado novamente pelo Campinas. Mesmo assim, conseguiu segurar as rivais e fechar em 21 a 14.

O terceiro set foi nos detalhes. Em uma parcial equilibrada, o Rio mostrou mais seu poder coletivo. Enquanto o Campinas contava com Tandara, o Unilever tinha bloqueio, Mihajlovic, Gabi e o saque. Raça carioca nos últimos pontos e 21 a 18 para as mandantes.

Na quarta parcial, o Amil abriu grande vantagem já no inicio do set, chegando a marcar 7 a 2 no primeiro tempo técnico. O Campinas foi valente, enfrentou o forte poder ofensivo das adversárias e conseguiu o resultado necessário para forçar um tie-break. 21 a 14 para as paulistas.

O set de desempate começou polêmico. Atrás no placar, o Unilever reclamou já nos primeiros pontos de erro da arbitragem, Bernardinho levou cartão e a partida reiniciou. A equipe de Campinas não quis saber, aproveitou o momento de falta de concentração das adversárias e, pegando tudo na defesa, fechou em 15 a 9.

Ficha do jogo:

Unilever 2 x 3 Vôlei Amil
18/21, 21/14, 21/18, 14/21 e 9/15

UNILEVER:
Começaram: Fofão (0 pontos), Pavan (16), Mihajlovic (7), Gabi (13), Carol (13) e Juciely (13). Líbero: Fabi.
Entraram: Régis (3), Amanda (0), Bruna (0) e Roberta (0).
Técnico: Bernardinho

VÔLEI AMIL:
Começaram: Claudinha (2), Tandara (24), Natália (13), Hildebrand (10), Waleswka (9) e Carol Gattaz (11). Líbero: Michelle.
Entraram: Teny (1), Rosamaria (1), Priscila (1) e Ju Nogueira (1).
Técnico: José Roberto Guimarães

Local: Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 2200 
Data: 17/12/2013 
Horário: 21h30 (de Brasília) 

Arbitragem: Ronaldo Chaves (RJ) e Débora Santos (RJ)

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Natália - Amill

0 comentários :

Postar um comentário