segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

A bola pelo mundo #8

Na rodada do fim de semana, muitos gols na Europa e muitas taças na América

De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

16/12/2013 - Não faltou gol neste fim de semana na rodada dos principais campeonatos. Teve goleada do Manchester City, do Liverpool, da Juventus e do Atlético de Madrid. E também não faltou time levantando taça na América Latina: teve time campeão na Argentina, na Colômbia, no México e no Uruguai. Confira os destaques do fim de semana pelo mundo.


Barclays Premier League

O Manchester City fez mais uma vítima no Etihad Stadium. Provando que vai brigar pelo título e mostrando uma imensa força dentro de casa, o ataque mais letal da Europa fez 6 a 3 no líder Arsenal. O brasileiro Fernandinho foi o destaque marcando dois belos gols, além de Negredo, David Silva, Yaya Touré e claro, Kun Agüero. Embora o placar só tenha sido dilatado no final, o Arsenal não teve nenhuma chance contra o City, que dominou toda a partida.

Melhor fez o Liverpool, que foi até White Hart Lane e sapecou 5 a 0 no Tottenham. Suárez, como sempre, colocou a bola debaixo do braço e fez o que quis com a defesa dos Spurs. Primeiro, um corte seco em Dawson para abrir o placar. Henderson ampliou após duas defesaças de Lloris. Com a expulsão de Paulinho, os Reds sobraram ainda mais: Flanagan acertou uma pancada após bela jogada coletiva; Suárez encobriu Lloris para fazer mais um golaço; e serviu Sterling, que fechou a goleada.

Classificação após [16] rodadas:
1º Arsenal (35)
2º Liverpool (33), saldo +21
3º Chelsea (33), saldo +14
4º Manchester City (32)
5º Everton (31)
Artilheiro: Luís Suárez (Liverpool), com 17 gols

Bundesliga

Tudo como sempre na Alemanha. O Bayern recebeu o Hamburgo e fez 3 a 1 com tranquilidade, e seus pseudo-adversários ao título tropeçaram. O Leverkusen o fez em casa, caindo para o Frankfurt por 1 a 0, e o Borussia Dortmund teve que buscar um empate com o Hoffenheim por 2 a 2, fora de casa.

Classificação após [16] rodadas:
1º Bayern de Munique (44)
2º Bayer Leverkusen (37)
3º Borussia Dortmund (32), saldo +19
4º Borussia Mönchengladbach (32), saldo +16
5º Wolfsburg (29)
Artilheiro: Robert Lewandowski (Dortmund), com 11 gols

Serie A TIM

O Napoli parece ter se encontrado em campo novamente. Após bater o Arsenal pela Champions League, fez mais uma vítima no caldeirão de San Paolo: a Inter. Walter Mazzarri não conseguiu bater de frente com seus ex-comandados e acabou perdendo por 4 a 2. O primeiro tempo foi recheado de gols, com o Napoli indo para o intervalo vencendo por 3 a 2. A expulsão de Ricky Álvarez truncou mais o jogo, mas Callejón conseguiu bater a última pá de cal.

A Juventus recebeu o frágil Sassuolo no Juventus Stadium e só precisou da noite inspirada de Tevez para fazer 4 a 0. Tirando o segundo gol - de Peluso -, Carlitos fez os outros, marcando um triplete e botando Turim para dançar ao som da cumbia. Com a vitória, a Juventus vai abrindo vantagem e pode até se interessar pela Europa League, já que a final será na sua casa.

Classificação após [16] rodadas:
1º Juventus (43)
2º Roma (37)*
3º Napoli (35)
4º Fiorentina (30)
5º Internazionale (28)
Artilheiro: Giuseppe Rossi (Fiorentina), com 13 gols

Primera División

Neymar está cada vez mais protagonista no Barça. Depois do triplete contra o Celtic, o Barça recebeu o Villareal no Camp Nou. Mesmo com os desfalques de Cani e Soriano, o Submarino Amarelo deu trabalho para o Barcelona. Neymar abriu o placar cobrando pênalti, mas Musacchio empatou logo após o intervalo. Mas em jogada ensaiada, Neymar recebeu na área e só empurrou para definir a vitória por 2 a 1.

E se Neymar é protagonista, o que dizer de Diego Costa? O brasileiro mais uma vez foi o nome de mais uma vitória do Atletico de Madrid, desta vez por 3 a 0 sobre o Valencia, no Vicente Calderón. Todos os gols saíram na segunda etapa: primeiro, Diego abriu o placar usando o pé esquerdo dentro da área. Raúl García, o reserva mais útil do futebol espanhol, ampliou. Diego Costa teve pênalti mal marcado para cobrar, mas parou no outro Diego, o Alves. Mas o árbitro marcou outro pênalti inexistente, e desta vez Diego Costa não perdoou.

Classificação após [16] rodadas:
1º Barcelona (43), saldo +34, 44 gols pró
2º Atletico de Madrid (43), saldo +34, 43 gols pró
3º Real Madrid (38)
4º Athletic Bilbao (30)
5º Villareal (28)
Artilheiro: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Diego Costa (Atletico), com 17 gols

Ligue 1

Nada de novo no front, ou na Ligue 1. O PSG venceu mais uma, Ibrahimovic fez mais um gol, Cavani também fez o seu, e os parisienses estão na liderança da competição. A vítima da vez foi o Rennes, derrotado por 3 a 1 em casa, com gol do brasileiro Thiago Motta, além dos já citados. Ao que parece nem o novo rico Monaco vai chegar no time da capital.

Classificação após [18] rodadas:
1º Paris Saint Germain (43)
2º Monaco (41)
3º Lille (39)
4º Bordeaux (30)
5º Nantes (29)
Artilheiro: Zlatan Ibrahimovic (PSG), com 14 gols

Outros destaques

O Vitesse continua voando na Eredivisie. Lucas Piazon, mais uma vez, deu o tom da vitória que manteve o time na liderança, dois pontos à frente do Ajax. O brasileiro marcou dois gols, chegou aos 10 na temporada, e vai sendo o grande destaque do campeonato. Piazon vai pedindo passagem para ganhar espaço na próxima temporada no Chelsea.

Os mexicanos do Monterrey fizeram valer o estigma de amarelões no Mundial de Clubes. Mais uma vez, um clube mexicano decepciona quando chega na competição. O Raja Casablanca, que suou para ganhar do amador Auckland City, bateu o Monterrey de Suazo e Cardozo, por 2 a 1, na prorrogação. Os marroquinos, empurrados pela sua vibrante torcida, vão pegar o Galo na semifinal.

Teve muita taça sendo levantada nos países vizinhos da América Latina: o San Lorenzo empatou com o Vélez fora de casa, e viu Newell's e Lanús empataram também e morrerem abraçados em Rosario. Melhor para o Ciclón, que levantou a taça do Argentino. O Atletico Nacional fez a dupla na Colômbia, vencendo o Apertura contra o Deportivo Cali, e juntando com o Clausura que havia vencido no meio do ano. O Léon bateu o América dentro e fora de casa e levou a Liga MX, e o Danubio bateu o Sud America e ficou com a taça do Apertura uruguaio.

0 comentários :

Postar um comentário