segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

A bola pelo mundo #7

Bayern de Munique continua sobrando na Alemanha, e jovem brasileiro brilha na Holanda

De Aracaju.
Por Henrique Ferrera.

09/12/2013 - Com a aproximação do fim do ano, os campeonatos europeus vão chegando à metade de seus jogos, já consolidando os times que vão disputar o título. Mas dezembro é época também de campeonatos chegarem ao final, não só no Brasil, mas ao redor do mundo também. Na Alemanha, um abismo vai sendo aberto entre Bayern e Borussia; na França, Ibrahimovic continua a sobrar tecnicamente; e a surpresa Vitesse vai comandando na Holanda sob a batuta do brasileiro Lucas Piazon.


Barclays Premier League

David Moyes vai sofrendo um bocado como sucessor de Alex Ferguson. Parecia que o time havia engrenado, mas a derrota para o Everton em casa voltou a trazer questionamentos. E no sábado (07), mais uma equipe aproveitou a fragilidade do United para batê-lo em Old Trafford. Foi o Newcastle, que aproveitou-se também da ausência de Rooney, fez um bom jogo e definiu a vitória com um gol de Cabaye, aos 16 minutos da segunda etapa.

Arsenal e Everton prometiam fazer o melhor jogo da rodada. E assim o fizeram. Dois times de campanhas muito consolidadas protagonizaram uma partida de alto nível técnico, tático e físico. Ao longo da partida, muitas chances foram criadas, mas Howard e Szczesny iam mantendo a falta de gols, até que Özil abriu o placar após furada de Giroud, aos 35 da segunda etapa. Aí entrou em cima o prodígio Deulofeu: o garoto, que vem crescendo muito de produção, fez um belo gol e decretou o empate com o líder.

O Southampton vinha forte na Premier League até cruzar com Arsenal e Chelsea seguidamente e perder o rumo. Acabou perdendo para o Aston Villa também, e vinha em viés de baixa para receber o poderoso Manchester City. Saiu atrás, com mais um gol de Kun Agüero, logo aos 10 minutos, completando cruzamento da esquerda. Mas aí entrou em cena Pablo Osvaldo, que simplesmente marcou um lindo gol, segurando um empate no St. Mary's Stadium com os Citizens.

Classificação após [15] rodadas:
1º Arsenal (35)
2º Liverpool (30), saldo +16
3º Chelsea (30), saldo +13
4º Manchester City (29)
5º Everton (28)
Artilheiro: Luis Suárez (Liverpool), com 14 gols

Bundesliga

O torcedor do Atlético ficou de olho em Werder Bremen x Bayern para ver como se sairia o time de Guardiola sem Schweinsteiger e Robben, lesionados. E viu os bávaros mostrarem porque dominam amplamente o cenário do futebol alemão e europeu, fazendo 7 a 0 no Werder fora de casa, a pior derrota sofrida pelo time de Bremen em seu estádio. Ribéry foi destaque mais uma vez marcando duas vezes, um deles em bela jogada de Pizarro e Alaba.

Enquanto isso, no Borussia Dortmund, as coisas não vão indo bem. Ainda com muitos desfalques na defesa, o Borussia recebeu o Bayer Leverkusen em casa em confronto de seis pontos. E viu a sua contratação desesperada para reforçar a defesa - Manuel Friedrich -, entregar a bola de presente para o coreano Son, que fez o único gol da importante vitória do Leverkusen no Signal-Iduna Park.

Classificação após [15] rodadas:
1º Bayern Munique (41)
2º Bayer Leverkusen (37)
3º Borussia Dortmund (31), saldo +19
4º Borussia Mönchengladbach (31), saldo +16
5º Wolfsburg (26)
Artilheiro: Robert Lewandowski (Dortmund), com 11 gols

Serie A TIM

A Roma precisava se recuperar no Calcio, mas tinha pela frente a Fiorentina, que mesmo em casa, prometia não ser fácil. Logo aos sete minutos, Maicon, como um centroavante, abriu o placar para os romanistas. O peruano Vargas empatou com um balaço, ainda no primeiro tempo. Parecia que seria mais um empate para a Roma, mas estava escrito que a recuperação seria de um jogador que também precisava se recuperar. Mattia Destro, em seu primeiro jogo na temporada, entrou no lugar de Florenzi, e deu a vitória à equipe da capital.

Classificação após [15] rodadas:
1º Juventus (40)
2º Roma (37)
3º Napoli (32)
4º Internazionale (28)
5º Fiorentina (27)
Artilheiro: Giuseppe Rossi (Fiorentina), com 12 gols

Copa del Rey

O Real Madrid visitou o Olimpic de Xàtiva, da terceira divisão espanhola, com um time misto para rodar o elenco. Um time misto que tinha Isco, Casillas, Benzema, Di María e tantos outros jogadores de alto nível. Nível que não foi mostrado, e decepcionou os torcedores que foram à La Murta. Melhor para o Olimpic de Xàtiva, que viu um dia grandioso na sua história, ao empatar em 0 a 0 com o poderoso Real Madrid.

Ligue 1

Ibrahimovic deve ter ficado aborrecido com sua não-indicação entre os três melhores no Ballon d'Or. Principalmente ao rever sua atuação neste último fim de semana, na goleada por 5 a 0 sobre o Sochaux. Primeiro, deu belíssimo passe para Thiago Silva abrir o placar na segunda trave. Na segunda etapa, Lavezzi fez o segundo. Ibra deu mais um lindo passe, desta vez para Cavani fazer o terceiro. Não satisfeito, marcou duas vezes, fechando em 5 a 0.

Classificação após [17] rodadas:
1º Paris Saint Germain (40)
2º Monaco (38)
3º Lille (36)
4º Nantes (29)
5º Olympique de Marseille (27), saldo +7
Artilheiro: Zlatan Ibrahimovic (PSG), com 13 gols

Outros destaques

O campeonato chileno pegou fogo no final. O'Higgins e Universidad Catolica jogariam ambos fora de casa para "decidir" o título. Quem fizesse mais pontos que o rival, ficaria com a taça. Se ambos conquistassem o mesmo número de pontos, um jogo final seria marcado. A Catolica não teve problemas em atropelar o Unión La Calera, mas o O'Higgins deu susto em seus torcedores. Perdia por 3 a 2 para o Rangers em Talca, e chegou à virada só nos acréscimos, graças a gol de pênalti de Calandria. A final está marcada para a terça.

No Japão, um título inesperado. O Yokohama Marinos, de Nakamura, liderou o campeonato quase todo, mas na reta final começou a perder e perder e viu o Sanfreece Hiroshima se aproximar. Mesmo com a queda brusca do Marinos, bastava a ele uma vitória na última rodada, que não aconteceu. Melhor para o Sanfreece, que visitou o Kashima Antlers, que também tinha chance de título, mas venceu por 2 a 0 e ficou com uma taça que parecia que teria outro dono.

Na final única da MLS, o Sporting KC e o Real Salt Lake fizeram um jogo equilibradíssimo, que não poderia terminar diferente do que terminou. Após empate em 1 a 1, o jogo foi para os pênaltis, e depois de dez cobranças para cada lado - só os goleiros não bateram -, a bola na trave do Real Salt Lake deu o bicampeonato para a equipe de Kansas City, que havia levado a taça pela última vez em 2000, com o nome de Kansas City Wizards.

Na Holanda, o líder Vitesse foi até Eindhoven enfrentar o PSV, que não vive grande fase, mas é um time de tradição no seu país. Mas a equipe de Arnhem mostrou porque é líder, e sob a batuta do brasileiro Lucas Piazon, emprestado pelo Chelsea, fez acachapantes 6 a 2 no Philips Stadion. Sem espaço nos Blues, Piazon vem sendo o grande destaque do Vitesse, e não foi diferente desta vez, marcando um gol e servindo colegas duas vezes.

0 comentários :

Postar um comentário